Abrir menu principal

Desciclopédia β

Teotihuacan

Mariachipre1.jpg ¡Ay! ¡Ay! ¡Ay! ¡Ay!

Esta es más una de las porquerías que viénen del México, como la Televisa, El Chavo del Ocho, Thalía y Moderatto. Lo autor está en una cantina en Chihuahua comiendo tacos con jalapeño y guacamole.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Saúde!! Cquote2.png
Alguém sobre Teotihuacan
Teotihuacan é o nome do maior conjunto de ruínas e velharias do mundo localizada em algum canto do México. Essa antiga cidade da Mesoamerica pré-colombiana é maior que Nova York, Tókio e Cidade do México juntas. Hoje são apenas muitas pedras amontoadas e alguns historiadores tendo orgasmos com cada descoberta e teoria que é feita em Teotihuacan.

Índice

HistóriaEditar

 
Panoarama de Teotihuacan (Praça da Morte - Pirâmide da Morte)

Teotihuacan foi criada durante o Quinto Sol da mitologia asteca quando os deuses, que odeiam os humanos trataram de acabar com o mundo 4 vezes (nos 4 primeiros sóis - chamados também de As 4 Pragas do México). Como Teotihuacan era a morada dos Deuses, a população foi testada, atacada por jaguares (praga 1), vítimas do Furacão Katrina (praga 2), vítimas de erupções vulcânicas (praga 3) e vítimas de um dilúvio (alagamento), causado pelo entupimento dos esgotos da cidade (praga 4). Após enfrentar todas essas adversidades, a cidade foi foicialmente fundada com uma lenda convincente o suficiente para manipular as massas alienadas.

Esta megalópole reuniu os astecas, os zapotecas, os olmecas, os melecas, os maias, os toltecas e muitos outros "ecas", além de alguns traficantes colombianos que sabem os lugares certos aonde ganhar dinheiro. Tudo junto na maior desarmonia e bagunça, se matando e se assaltando, sem esquecer de ir a missa aos domingos louvar o seu deus favorito.

A cidade é o primeiro registro de caos urbano do mundo, com bandidos e favelados convivendo com uma burguesia corrupta e manipuladora. A cidade fez tanto sucesso que foi copiada no mundo inteiro e hoje é moda esse tipo de organização social.

O declínio ocorreu quando a Cidade do México se tornou a capital do Estado Asteca do México, e os astecas, sempre invejosos e malignos, começaram a sabotar a cidade rival até a sua deserção completa.

Quando os espanhóis chegaram, encontraram ali apenas ruínas e inúmeras armadilhas. Resolveram reforçar algumas lendas para ganharem dinheiro com o turismo da cidade-velha.

MonumentosEditar

 
Pintura em vaso, feito com o sangue fresco de inimigos da cidade.

Locais repletos de armadilhas e tesouros e relíquias por todos os lados, Teotihuacan é uma das cidades preferidas de Indiana Jones e Lara Croft.

Calçada dos MortosEditar

A Avenida Principal das cidade de Teotihuacan, a Calçada dos Mortos é aquela rua que sempre congestiona aos meio-dia e seis da tarde. A rua possuía mais gente por centímetro quadrado do que a 25 de Março, por isso o nome cai como uma luva (calçada dos mortos), muitos não resistiam...

Os constantes sacrifícios humanos, também eram feitos nessa calçada.

As pirâmides principais da cidade do sol e da lua alinhadas com essa avenida provocavam efeitos místicos no amanmhecer e no entardecer aonde a luz reflete em espelhos estrategicamente posicionados a cegar quem for e traduzir isso em punição divina.

Pirâmide do SolEditar

 
Lara Croft explorando a Pirâmide do Sol.

A maior pirâmide de Teotihuacan, representa o dia, é o local de trabalho, aonde o povo asteca engravatado fazia o trabalho de escritório durante o dia.

O interior da pirâmide é um complexo labirinto cheios de armadilhas e zumbis.

Pirâmide da LuaEditar

Representa a noite, nessa pirâmide era aonde ocorriam as baladas e a vida noturna na cidade. Ali era vendido o precioso ópio e aonde podia-se encontrar prostitutas.

A Deusa da Agricultura e Fertilidade habita a pirâmide em forma de gás óxido nitroso proveniente do subsolo da pirâmide que deixa qualquer um bêbado e excitado sexualmente em menos de 3 minutos.

CidadelaEditar

O pátio militar da cidade, aonde os soldados eram treinados para arrancar o coração de seus inimigos sem ter "nojinho".

Palácio de QuetzalpapálotlEditar

 
Indiana Jones na entrada do Palácio de Quetzalpapálotl.

Palácio da Borboleta emplumada, é a mais antiga evidência de Orgulho Homossexual. Lésbicas e gays se reuniam no palácio em orgias gigantes para entreter o deus representante da cidade.

O ambiente luxuoso é todo em cor vermelha, feita do mais puro e fresco sangue dos inimigos dos astecas.

O templo de QuetzalcóatlEditar

O local aonde eram conjurados os rituais satânicos e macumbas em geral, o que garantia o sucesso da civilização asteca. Infelizmente Quetzalcóatl não foi páreo para Iemanjá, conjurada por alguns escravos dos espanhóis.

Palácio dos JaguaresEditar

Um zoológico antigo, era um bestiário aonde eram conservados bichos do tipo papagaios com corpo de cobra, tigres com asas de morcego e bico de pato e animais assim...

Edifício dos caracóis emplumadosEditar

A mais antiga estrutura da cidade. Era a casa de um alquimista do governo, louco, que tinha como sonho criar caracóis voadores.