Abrir menu principal

Desciclopédia β

Teräsbetoni

Dschinghis Khan.jpg

Desencyclopédie, douze points

Este artigo contém referências eurovisivas e somente fará sentido para fãs ou portugueses (os únicos que nunca vão ganhar a porra toda). O emo que vandalizar esse artigo será pego pela Verka Serduchka


Teräsbetoni
Teräsbetoni at WOA.jpg
Foto de um show desses viados
Origem {{{origem}}}
País Bandeira da Finlândia Finlândia
Período 2002 - atualmente
Gênero(s) Heavy Metal
Gravadora(s) Warner Brothers Pictures
Integrante(s) Jarkko A.Rola
Arto Jär Virgem
Viljo R.Anta Nen
Jari Kaiohken
Ex-integrante(s) {{{exintegrantes}}}
Site oficial {{{site}}}


Cquote1.png Você quis dizer: Manowar? Cquote2.png
Google sobre Google
Cquote1.png Nuca ouvi falar! Cquote2.png
Você sobre Teräsbetoni
Cquote1.png Como não? Cquote2.png
sobre comentário acima

Teräsbetoni (em finlandês Argamassa) é uma banda de heavy metal da Finlândia.

O seu primeiro trabalho Metallitotuus foi apresentado em 2005 e foi um sucesso de vendas, com mais de 25 copias eles ficaram bem conhecidos no mundo do Metal. Teräsbetoni é fortemente influenciado pelo Manowar (Os caras fortões que usam tanga). Os temas freqüentes na letras da banda são: Metal, Glória, Metal, Poder, Metal, Justiça, Metal, Honra, Metal, Batalhas e Metal.

Índice

HistóriaEditar

Jarkko A. Rola, Arto Jär Virgem e Viljo R. Anta Nen conheceram-se em 2002 em uma sauna gay, enquanto conversavam sobre shampoo e condicionadores, decidiram formar um time de futebol, más não deu certo e formaram uma banda. Jari Kuokkanen juntou-se á banda como baterista apenas para dar uns lero, más também começou a frequentar a sauna, só depois de queimar a rosca se tornou um membro oficial.

O nome da banda se originou quando eles viram um emo que falava miguxês em russo, daí sai esse merda de nome.

Teräsbetoni fez a primeira viadagem canção em 2003. No Verão deste ano publicaram no seu Blog website as músicas Teräksen varjo (A sombra do aço inoxidável) e Maljanne nostakaa (Ergue o teu pau).

A banda começou a tornar-se popular nos circuitos automotivos underground. Alguns fans emos alienados reuniram cartões exigindo um contrato para a banda e enviaram-nos para diversas editoras. Com o perigo desses emos ficarem chorando o dia inteiro na porta das gravadoras, as gravadoras foram obrigados a lançarem essa merda.

Em 2003 Teräsbetoni deu o seu primeiro concerto. Neste primeiro concerto a banda fez alguns plágios covers de Ronnie James Bond Dio e Manowar.

Nos finais de 2004 a banda assinou contrato com a Warner Brothers Pictures e gravaram o single Taivas lyö tulta(traduz essa merda você porque eu estou com preguiça), que foi tornado público a 31 de Fevereiro de 2005 e, durante a primeira semana, esteve nos primeiros lugares dos tops finlandeses(más só durante a primeira semana !).

Em Janeiro de 2005 a banda começou as gravações do álbum Metallitotuus. Este álbum foi apresentado em 1º de Abril de 2005(ou seja era mentira), tendo ficado em segundo lugar nos tops finlandeses durante 24 semanas(em primeiro ficou um álbum do Chimbinha).

Metallitotuus chegou a platina (ou seja, não faço ideia do que isso quer dizer) em novembro de 2005, sendo a terceira banda da lista de 4 de heavy metal mais conhecida da Finlândia nesse ano(os dois primeiros foram as bandas do Zina, e do Bola).

Em Junho de 2006 foi apresentado o segundo álbum da banda, Vaadimme metallica (Nós exigimos Metal com leite). Só no primeiro dia em que foi comercializado quase chegou a disco de ouro (ou seja quase colocaram o burro na sombra !).

Em 19 de Março de 2008 foi lançado na Finlândia o terceiro álbum da banda, Myrskyntuoja, que conta com um single que representou a Finlândia no Roubeurovisão 2008.

A banda está interessada em atuar fora da Finlândia, já que só participou de uma suruba gay internacional, no Wacken Open Bar em 2005.

MembrosEditar

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

  • Metal lítodus (2005)
  • Vaadimme metallica (2006)
  • Myrskymiojo (2008)

SinglesEditar

  • Salivas löl Oculta (2005)
  • Ojantar (2005)
  • Vahva Ruin Metallica (2005)
  • Älä mané metsããn (2006)
  • Viiemei Nen tuppi (2006)
  • Pissä miehet ratsastaa (2008)