Abrir menu principal

Desciclopédia β

The Evil That Men Do

Dado Dolabella diz que este artigo é um esboço que traiu o movimento punk.
Faça que nem o João Gordo e mande-o SUMIR DAQUI!

Cquote1.png Você quis dizer: Música muito foda do Iron Maiden Cquote2.png
Google sobre The Evil That Men Do
Cquote1.png Eu aprovo Cquote2.png
Deus Metal sobre The Evil that Men Do
Cquote1.png The evil that men do, lives on; the good, often interred with their bones Cquote2.png
Marco Antônio no livro do Shakespeare sobre The Evil that Men Do
Cquote1.png O mal que as pessoas fazem, vivem para sempre; o bem, frequentemente interrados com seus ossos Cquote2.png
Google Tradutor sobre frase acima
Cquote1.png The good that men do is oft interred with their bones, but the evilt that men do lives on Cquote2.png
Bruce Lee Bruce Dickinson sobre The Evil that Men Do no Rock in Rio

Eddie Morcego que foi comido por Ozzy Osbourne

The Evil that Men Do é uma música da banda britânica de Heavy Metal Começar de Novo Iron Maiden, lançada em 1988 no álbum Seventh Son of a Seventh Son.

OrigemEditar

Numa bela noite de sol, Bruce Dickinson e Steve Harris estavam lendo livros, quando Harris começou a ler um livro do Shakespeare. Eles ficaram em baixo do cobertor para ler o livro e, como o livro era muito bom, começaram a gritar e gozar no o livro. Quando Steve Harris dormiu, teve um sonho e já tinha criado uma música (assim como criou todas as músicas do Iron) e lembrando da noite maravilhosa que passou em cima ao lado de seu companheiro Bruce, fez a letra baseada na frase do livro que eles leram. A música foi tão idiota boa que eles criaram um single.

ConflitosEditar

Essa música foi muito marcante na história do Iron Maiden porque fez o guitarrista Dave Murray brigar com o guitarrista Adrian Smith que saiu da banda e depois entrou o guitarrista Mr. Janick Gers. O motivo da briga foi que Dave perdeu a guitarra e então teve que tocar com a do Adriano, mas como Dave se excitou com a música, acabou gozando jogando a guitarra na parede. Smith ficou possesso e falou que se aquele bruto continuasse na banda ele teria que sair. Resultado: Ele saiu e foi para o Acre formar uma banda muito famosa que ninguém conhece e só voltou pro Iron em 1999 com a crise econômica do Acre pela queda na produção de Chester.

Outro conflito causado foi entre o vocalista Bruce Dickinson e o baterisa Nicko McBrain. Os dois discutiram pra saber quem era o favorito de Harris e para chamar a atenção do baixista, Bruce quis começar uma carreira solo, mas mesmo assim, Harris ficou indeciso e escolheu Dave Murray.