Abrir menu principal

Desciclopédia β

Tikal

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Nota: Se procura por outros significados para Tikal, veja Tikal (desambiguação).

Tikal é um conjunto de pirâmides não tão piramidais, que pertenciam ao povo não tão bom em geometria dos Maias, que sempre são superados pelos Astecas. Dominaram Tikal o povo Echidna, espécie de maias para o jogo do sonic. O nome Tikal significa mais de 437 coisas no dicionário das civilizações Pré-colombianas e seus significados mais aceitos são "Pacote Verde", "Titica", "Que porra é essa", "pedras no meio do nada".

Índice

HistóriaEditar

 
Uma das habitantes da Antiga Tikal.

Os maias (egípcios de ultramar escravos dos fenícios), construíram em Tikal pirâmides em homenagem a seus deuses até os Deuses dizerem chega. Por algum motivo misterioso, os deuses maias nunca se deram por satisfeito e durante muito tempo a cidade aonde floresceu e viveu a civilização Echidina, ergueu várias falsificação da arquitetura egípcia, e só pararam quando morreram. Por essa incrível perseverança e fé, Tikal é considerada patrimônio mundial da cultura Echidna.

Durante algum tempo, Tikal serviu de base para a força rebelde de Star Wars na época que a América Central era conhecida como Yavin 4, um continente maior que a Ásia, mas depois que a Estrela da Morte utilizou seu hiper-canhão de destruição em massa, Tikal e a Guatemala se reduziram ao que são hoje. Na época a população ainda era formada apenas por ursinhos de pelúcia falantes.

Depois que Darwin passou pelo local, aqueles ursinho falantes evoluíram, para os atuais Echidnas e assim surgiram os pokémons. Essa foi uma grande civilização avançada, que mesmo não tendo descoberto nem a roda, nem o fogo, conseguiram alinhar suas pirâmides de entulhos com a lua e provocar efeitos sonoros sinistros. A cidade de Tikal na época antiga contribuiu muito para o aquecimento global, em seu auge, a cidade chegou a ter 2 milhões de habitantes, cada um com seu carro.

Os grandes líderes da cidade foram primeiramente a sacerdotisa Tikal, fundadora do Estado da Guatemala sendo ela a heroína nacional. O rei Siyaj Chan K'awil Chak Ich'aak, que detém o recorde de líder de estado com o nome mais foda de se falar de toda a história e o rei Hasaw Chan K’awil, o senhor Chocolate, o homem que inventou esse doce, baseado no cacau, esse fruto amargo que só servia como arma antes da invenção do chocolate.

Em virtude das constantes guerras e da dizimação promovida por Hernán Cortés, Tikal vei a se tornar a ruína que é hoje.

Atualmente Knuckles the Echidna e alguns arqueólogos estudam os restos abandonados para descobrir alguma lenda secreta maquiavélica que o Doutor Robotinik também está atrás.

SítioEditar

 
Pesquisadores saindo de Tikal, a base de operações dos rebeldes.

Tikal é repleto de ambientes vastos, aonde o Sonic pode adquirir o máximo de sua velocidade, as pirâmides já parecem grandes na superfície, mas seus subsolos labirínticos são cinquenta vezes maiores que o ambiente externo.

Nesses vários templos existem entradas secretas, calabouços, armadilhas, buracos infinitos, inimigos e tudo o que possa atrapalhar a vida do Sonic na exploração dessas pirâmides.

Não é recomendável que se entre fundo demais nessas pirâmides, pois o Inferno é sempre perto. Se perder em Tikal também é só questão de tempo.

Cidades IrmãsEditar

Artigos RelacionadosEditar