Abrir menu principal

Desciclopédia β

Macarraopre.jpg PORCA DESCICLOPÉDIA!!

Questo articolo è 100% made in Italia ed è sotto il controllo di Cosa Nostra! Perciò sta' bene attento a dove metti le tue manacce zozze o i nostri amici verranno a casa tua per spezzarti le gambine!

Acredite, o vinho provavelmente vem de outra região da Itália

Cquote1.png Você quis dizer: Tosco Cquote2.png
Google sobre Toscana

Cquote1.png Isso é uma região? Cquote2.png
Pergunta Retórica sobre Toscana

Cquote1.png Aqueles trouxas me pagaram uma nota por aqueles bonecos-palito mal feitos... Cquote2.png
Leonardo da Vinci sobre habitantes de Toscana

A Toscana é uma região da Itália, onde tudo que é construído fica muito tosco. Os vinhos são toscos, as motos têm design tosco, as construções são mal feitas por causa de projetos toscos, etc.

HistóriaEditar

Os primeiros colonizadores da região da Toscana foram os Etruscos. Gozaram na boca da mãe do Guedes aiiiiiii.

Apesar de serem muito inteligentes, os Etruscos tinham a mania de fazer tudo pela metade. Ao invés de fazer talheres de metal, as quais são altamente duráveis, eles faziam de madeira, a fim de evitar a fadiga. Muitos acreditam que eles sejam descendentes diretos de Jaiminho, o carteiro do seriado Chaves.

 
Exemplo da perfeição arquitetônica de Toscana

Os Etruscos eram extremamente pacíficos, tanto por que não queriam pensar em guerras, quanto por que não queriam fabricar armas, era muito trabalhoso. Depois de algum tempo, os Etruscos foram ensinando a arte da sociedade para os Macacos Peludos Megalomaníacos Xenófobos da Calábria. Ao contrário dos etruscos, os macacos não tinham nenhuma preguiça e resolveram forjar armas.

Eis que um certo dia, os macacos, que se autodenominaram Romanos declararam guerra à Toscana. Os Etruscos até tentaram fazer algumas barreiras e algumas armas baratas, mas ambas eram tão toscas que os etruscos foram dizimados, dando espaço para a ocupação romana.

Sob o domínio romano, a Toscana produzia excelentes vinhos, assim como a maioria das regiões, para abastecer os generais e poderosos de Roma.

Depois da derrota dos romanos, vários povos ocuparam a região, obtendo uma mistura de culturas inimaginável, porém a preguicite aguda não alterou.

 
A propaganda da vespa é a mesma de 40 anos atrás, pois eles estão com fadiga para bolar outra campanha de marketing

Na região da Toscana estudaram grandes mestres, como Leonardo da Vinci e Michelangelo, porém eles só aprenderam a fazer bonecos-palito na escola de lá. Posteriormente foram para outras regiões, a fim de aperfeiçoar a técnica renascentista.

Um exemplo de planejamento arquitetônico tosco da Toscana é a Torre de Pisa, localizada na cidade de Pisa. A torre foi construída para abrigar o sino da catedral, porém foi construída em cima de um antigo parquinho, onde tinha um cercado de areia para as crianças brincarem. Quando o sino foi para um lado para tocar, a torre inclinou, pois foi construída em terreno arenoso e mole.

Geografia e ClimaEditar

A Toscana tem, na beira-mar, uma montanha que conclui a caneleira da Itália. Porém esta é a parte mais frágil, pois eles não tinham muita vontade de carregar pedras para fazer a cordilheira e resolveram colocar lixo orgânico, fazendo montes de terras ótimas para o plantio.

O clima é agradável, com ligeiras variações de 90º Celsius durante as estações.

EconomiaEditar

O produto principal da economia toscana é o vinho, o qual é considerado o pior da Itália, sendo consumido somente por aqueles que não tem dinheiro. Eles não deixam a fermentação ocorrer, por isso o vinho mais parece suco de uva do que bebida alcoólica.

Outro produto importante para a economia toscana é a vespa (motoneta), as quais são as mesmas do início do século XX, pois eles não tiveram vontade de alterar o projeto ainda.