Abrir menu principal

Desciclopédia β

Transporte

Transporte serve para que ninguém tenha que usar a força da mente para ir de um lugar a outro, ou seja, andar é transpassar de um lugar a outro, andar é um transporte, correr, nadar... mas em geral, transporte não se refere a locomoção natural, pois o porte se refere à carga, então se você estiver montado em um jumento(não precisa ir embora, não é um xingo dessa vez), o jumento sim é um transporte porque está com uma carga que é você e possivelmente algumas tranqueiras suas.

História do transporteEditar

 
Veloz, seguro e com bela vista.

Tão logo a luz (essa maldita como sempre), se propagou surgiu o transporte, mas ainda não haviam seres para chamar isso de transporte, e a luz continua transpassando tudo que a deixe ir, desde que não seja algo opaco, e mesmo que o seja, a luz apenas o pula e quem atesta isso é a sombra que apesar de não andar sozinha como a luz, ao menos ajuda a delatar para onde a luz está indo. Mas de uma coisa a natureza já havia se tocado alguém precisa fazer isso andar. Oras, aqueles corpos celestes todos sem porra de órbita nenhuma, não teriam o respeito de ninguém, embora eles no lugar corressem menos perigo, mas também seus habitantes não descobririam nada. Então ficou acertado de que tudo no espaço teria uma órbita, mas para que ninguém reclamasse, a órbita sempre voltaria ao mesmo lugar...

 
Não há nada tão bom que não possa melhorar.

...o que ninguém achou ridículo pelo seguinte: Apesar de voltar sempre ao mesmo lugar, existiriam órbitas pequeninas e órbitas grandes e outras enormes, e outras mais enormes ainda. Para você entender, as órbitas pequenininhas como a Terra se arredondando em volta do Sol, já servem para que a fauna descubra coisas entre a luz e a penumbra, andem, caguem, se acasalem e etc. Imagine então uma órbita de dezenas, centenas ou milhares de anos(luz) em que a geração do primeiro macaco pode passar o conhecimento ao seu tetratetratetratetratetratetratetratetratetratetratetraneto de que ele viu uma estrela verde de onde saíram serezinhos parecidos com besouros, mas que andavam e falavam como gente, e que pelos planetas passarem relativamente um perto do outro puderam trocar ideias com esses seres, ideias do tipo bem democráticas, como nós somos os deuses, vocês os súditos... Como presente pela adoração, veneração, trabalho no garimpo para os deuses, cada tribo poderia ganhar um gnomo de presente, mas isso alguns podiam ver o presente, outros apenas tomando chá.

Isso tudo foi permitido graças ao transporte, no caso do espaço as forças que fazem os corpos celestes se moverem ainda não foi definida, alguns dizem ser coisa de deus, outros do capeta, outros de Newton. Por enquanto podemos dizer que é força da natureza, ela não debate, nem reclama, nem enche o saco e tudo continua andando sozinho por aí... Andando modo de dizer, pois, como se sabe o caminhar pode ser um transporte, mas não é o que mais surge na cabeça quando se fala de transporte.

O que levarEditar

 
Algumas cargas são bem abusadas.

O porte se refere à carga, massa, peso, e tals, ainda que você carregue a sua própria carcaça pois tem trans para isso, ou seja, energia própria e membros saudáveis (ou nem tanto, mas isso não vem ao caso aqui), não pode ser um meio de transporte apenas andando com essa mochila encardida por aí, a não ser que você carregue alguém se tornando o transporte dessa pessoa, ora alguém pode precisar de ajuda, mas se for só por carregar, e a carga não esteja precisando mesmo de ajuda, que ao menos seja algo que o valha, sendo um daqueles bichos estranhos que você insiste em levar para casa, depois é obrigado a soltar por aí, pois nem você mesmo pode com a criatura, então você é o transporte dele, tanto quando veio como quando se foi.

Quando se transporta alguma coisa, a carga é o que há de mais importante, então o meio de transporte deve estar em boas condições, mas é claro que você já pode ter visto coisas muito estranhas conseguirem fazer um percurso sem nenhum problema, mas isso fica na escala dos milagres, pois em geral o meio de transporte deve ser muito bem supervisionado antes de partir, seja atravessar uma rua, ou ir de um planeta a outro. A carga seja de pequeno ou grande porte deve estra o mais intacta possível ao chegar no destino, ainda que tão logo lá esteja, seja para ser comida em poucos minutos, mas o importante é que chegue intacta.

Tipos de transporteEditar

  • Elefantes são meios de transporte seguros, duráveis, que se replicam sem que seja preciso extrair metais e passar por um complexo maquinário. Eles suportam grandes distâncias sem mostrar cansaço e levam muita coisa, além de um ou dois macacos no alto de seu lombo, então só depende de quem arruma a carga fazer o serviço bem feito e tudo chega ao destino inteirinho, inclusive o elefante.
  • Aviões não tão bons quanto uma águia te capturando pela cacunda e levando por uma grande distância, mas eles podem cobrir uma grande área elevam muita coisa, inclusive um bando de criaturas em seu interior. Eles dependem apenas de estar em boas condições de uso, o piloto e o copiloto também devem estar em boas condições de uso de modo que os passageiros fiquem em boas condições de uso, bem como o restante da carga.
  • Formigas, excelente meio de transporte, carregam muitas vezes o próprio peso e demoram muito para se cansar, andam rapidamente e comem qualquer coisa que acharem dando bobeira.
  • Trem, passa rápido e nunca sai de uso, no máximo pode ser aperfeiçoado, como o trem sem trilho, que alguns chamam de metrô sem trilhos, mas oras, metrô é outro aperfeiçoamento do trem. E o trem que sai dos trilhos sem que ocorra nenhum acidente merece ser um bom transporte, ainda que a emoção não seja a mesma do trem com trilhos, se o trem fora dos trilhos já não os tinha, qual é a graça?