Abrir menu principal

Desciclopédia β

Tratado de Versalhes

O Tratado de Versalhes foi um papelzinho higiênico criado pelos países que venceram na Primeira Guerra Mundial para foder de vez com a Alemanha, que foi a perdedora da guerra. Não foi um papel higiênico assinado para criar a paz como sua professora gostosa deve ter te falado na aula; Os milhões de judeus mortos na outra guerra que iria acontecer que o digam.

HistóriaEditar

Este papel higiênico foi escrito em 1919 usando um tipo folha dupla, para garantir a humilhação máxima da Alemanha. Ele foi criado na cidade francesa de Versalhes (ou você achou que o cara que inventou isso se chamava Versalhes?).

 
O importante papel.

Tendo sido derrotados, a Alemanha, a Áustria e a Hungria foram excluídas das negociações, mas na verdade isso foi para garantir que os países vencedores pudessem criar os termos mais humilhantes possíveis; se os três primeiros estivessem lá, estariam lá para contestar tudo, e o tratado não teria sido tão humilhante.

Na verdade a Inglaterra queria realmente paz; a França é que ficou putinha e criou vários termos pra foder a Alemanha já que a maior parte da guerra se deu no território deles, e a França estava putinha por ter sido feita de casa da Mãe Joana. Faltou só a França dizer que se os ingleses realmente queriam paz, que deveriam ir pro Céu.

Termos do tratadoEditar

  Perdeu, preibói! Passa pra cá aquele bagulho que tu me roubou  
França sobre Alsácia-Lorena

  • A Alemanha era obrigada a dar (ui!) de graça muitos dos seus territórios pra vários países, por exemplo, a Salsinha-Morena para a França, as cidades de Eu quem e Maminha para a Bélgica, e a Alta Silêncio para a Polônia (apesar de que 69% dos seus habitantes locais disseram que preferiam continuar mamando teta dos alemães).
  • Shandong foi dada de presente pro Japão em vez de ser devolvida pra China. O resultado disso é que os chineses ficaram putinhos e fizeram vários protestos como o Movimento de Aniversário do Augusto Pacheco Fraga; porque você acha que os chineses não gostam de ser confundidos com japoneses?
  • As colônias alemãs na África foram roubadas e divididas entre a Inglaterra, a Bélgia e a França, sem conscentimento dos alemães (e sem conscentimento dos afrodescendentes que viviam lá também).
  • As tropas alemãs não podiam passar de mais de 8000 soldados; quando os alemães souberam disso, responderam que isso deve ser um engano, que este tratado deve estar quebrado.
    • As tropas alemãs não podiam mais ter artilharia pesada, ou seja, não podia ter mulher feia e nem mesmo cata-putas no arsenal alemão. Se quisessem sobreviver, os alemães teriam que se virar, e não poderiam nem usar aquelas pistolinhas da época do Velho Oeste. Nem pau e pedra eles podiam usar.
  • A Alemanha foi obrigada a pagar uma indenização de 226 bilhões de marcos em barras de ouro que valem mais do que dinheiro (isso para aumentar o valor de propósito para ela ter que pagar mais). A maior parte desse dinheiro foi para os franceses que eram os maiores putinhos entre os vencedores.
  • E claro, mandaram a Áustria-Hungria com o caralho, dizendo que a bandeira deles tinha muitas cores e que lá tinha nascido o Adolfinho.

Resultado do tratadoEditar

Ah, o tratado fez muitas coisas boas pra Alemanha. Primeiro, ele fodeu a economia e deixou os alemães na merda. Segundo, alimentou o sentimento de vingança e com isso partidos nazi-fascistas se aproveitaram para dar a volta por cima e chegar no poder, e assim defender que a soberania de seus países foi estuprada pelo Tratado de Versalhes; e eles também aproveitaram pra jogar a culpa nos judeus; É claro que isso ia dar merda, e deu..