Abrir menu principal

Desciclopédia β

Trauma Center

Virtualgame.jpg Trauma Center é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Maxwell escreve algo em seu caderno.


SUS: The Game
Whore Center.png
Logotipo
Gênero Simulador de SUS, simulador de açougueiro
Desenvolvedor Atlus
Publicador Atlus
Plataforma de origem Nintendo DS
Primeiro lançamento Trauma Center: Under the Knife (2005)
Último lançamento Trauma Team (2010)

Trauma Center é uma série de jogos de simulador de SUS com elementos de visual novel (ou seja, muitíssimo papo furado). São jogos desenvolvidos pela Atlus, uma filial da Nintendo, e exclusivos para o Nintendo Wii, um console que as pessoas tem apenas como mobília pois nunca o ligam para jogar, o que explica por exemplo porque a série Trauma Center nunca se ouviu falar, sendo que até o bugadíssimo Surgeon Simulator é mais conhecido.

JogabilidadeEditar

Os jogos da série são direcionados para pessoas com graves problema de coordenação motora, estes jogadores são então expostos a pedaços de carne virtuais os quais deve fatiar para que estes sejam vendidos no açougue para consumo. A necessidade de coordenação motora ou conhecimentos medicinais ou veterinários são nulas, o jogo é na verdade destinado para a azaração da enfermeira que é sempre uma gostosinha, com essas fases de fatiar os outros somente como ilustração de um cenário no qual os japoneses adoram um fetiche. A ideia é ir fazendo coisas que normalmente seriam nojentas ou repugnantes, como tratar de uma hérnia peniana ou um prolapso anal num ambiente bem rosado e bonitinho acompanhado por uma enfermeira loira de olhos verdes.

O jogo foi visivelmente desenvolvido por pessoas que nunca foram aprovadas no vestibular para medicina e que frustrados não conseguiram virar nem enfermeiros e muito menos limpador de privadas de hospital, acabaram se tornando programadores de joguinhos de videogame, o que resulta em aberrações, como o fato de que o antibiótico é um medicamento mágico que cura feridas instantaneamente, usado para reverter os danos causados pelo Doutor e derrotar o pus, ou então que se você der uma injeção de qualquer coisa ela vai servir para matar vírus e reativar o coração.

Outro instrumento muito utilizado é a agulha com um fio, utilizado para fechar o corpo do paciente, fechar os órgãos, fechar os tumores e entregar para o paciente e fazer tricô. Mas o item mais comum é de fato o bisturi, pois é o instrumento que faz o maior dano.

JogosEditar

  • Trauma Center: Under the Knife - Jogo que conta a história de Dr. Stiles, um recém-formando em medicina que percebe que agora que é um médico tem a seus pés escravas sexuais chamadas de "enfermeiras", e ele escolhe uma que fosse loira de olhos verdes, porque é um racista. Em um ponto o Dr.Stiles descobre que tem o dom de Esculacho, ou seja, que ele é o fodão pica das galáxias e que possui o poder que lhe permite operar pacientes na velocidade da luz. Graças a esse dom, Dr. Stiles e enfermeira Angie se mudar para outro hospital para pesquisar sobre a cura da AIDS, mas acaba ele próprio pegando AIDS devido à sua relação com a enfermeira, e aí o jogo acaba.
  • Trauma Center: Second Opinion - Remake do primeiro jogo, somente 1 ano após o lançamento do primeiro, porque o primeiro jogo era exclusivo para o Nintendo DS, e decidiram lançar uma versão decorativa para Wii, que ninguém jogou, igual o primeiro.
  • Trauma Center: New Blood - Neste jogo conta a história do Dr. Markus Vaughn e da Dr. Valerie Blaylock. Após uma cirurgia bem sucedida de ninfoplastia na vagina de Elena Salazar, a loirinha acaba tornando-se a escrava sexual do Dr. Markus, criando-se um triângulo amoroso no jogo. A grande doença e ameaça do jogo é a Zika, que assola países imundos e podres onde não há higiene e os mosquitos proliferam. Como o Doutor não é um agente sanitário, ele passa o jogo inteiro curando os leprosos que foram atacados pela zika.
  • Trauma Center: Under the Knife 2 - Jogo que se passa no carnaval de Salvador onde todo dia tem alguém esfaqueado, baleado, espancado ou com AIDS, gonorreia e afins para ser tratado, sendo um jogo bem frenético.
  • Trauma Team - Esse é para Wii U, então ninguém conhece ou nunca jogou, mas vendo pela capa parece ser uma espécie de Grey's Anatomy em anime.
v d e h