Abrir menu principal

Desciclopédia β

Trish Jarvis

Trish Jarvis é a semi-protagonista do filme Sexta-Feira 13 Parte IV - Capítulo Final. Na verdade, ela é praticamente uma figurante, pois apesar dela ter sobrevivido, quem mata Jason mesmo é o seu irmão mais novo, Tommy Jarvis, um moleque piradão que não hesita em usar um machete na cabeça de assassinos que usam máscaras de hóquei. Enfim, resumo da ópera, Trish só não morreu nas mãos de Jason como qualquer outra personagem porque em todos os filmes da série Sexta-Feira 13, pelo menos uma garota precisa sobreviver, para tentar alertar as vítimas do próximo filme sobre o perigo e aproveitar-se da fama para aparecer na Revista Playboy.

HistóriaEditar

 
Trish fazendo uma cirurgia de redução de quantidade de dedos em Jason Voorhees. Alguns anos mais tarde, o vilão agradeceria, pois isso serviria como apelo para ele ganhar alguns votos para Presidente do Brasil.

Filha de dois caipiras que estavam sofrendo da crise de meia idade, Trish teve uma infância difícil. Além de morar em uma choupana de madeira localizada no coração de Crystal Lake, o pior lugar do mundo para se viver depois de Elm Street, Acre e Rio de Janeiro, seus pais se divorciaram pouco tempo após o seu nascimento, pois o chefe da família estava enjoado da velha, e queria aproveitar os últimos minutos dias antes da velhice para pegar umas cocotas. Porém, antes de largar a família, o pai de Trish despediu-se de sua ex-esposa, em uma noite regrada a muito álcool, dorgas e amendoim. 9 meses mais tarde, essa festinha resultaria em Tommy Jarvis, um moleque cabeçudo que é praticamente o clone de Jason na infância.

Vivendo em uma curralidade distante de qualquer civilização, Trish não teve a oportunidade de frequentar uma escola, e teve que passar a adolescência inteira cortando lenha e catando frutinhas das árvores para sobreviver. Sua mãe ainda estava sofrendo com o divórcio, e passava o dia inteiro enchendo a cara, com a cachaça que ela mesma produzia em um alambique caseiro. E Tommy, por ter a companhia apenas de animaizinhos silvestres super fófis, acabou sendo contagiado pelo espírito alegre deles, tornando-se um estilista de máscaras carnavalescas super coloridas e simpáticas. Enfim, a família estava perfeita, pelo menos na opinião do Capitão Sarcasmo.

No filmeEditar

Alguns meses após Trish completar 18 anos, sua mãe percebeu que era hora de sua filhinha querida perder o cabaço, e presentear a família com um escravo para cortar lenha herdeiro. Então, ela alugou a cabana que tinha construído em seus tempos áureos para um grupo de jovens que ficavam 24 horas pensando em sexo, assim como qualquer outro jovem dos filmes da série Sexta-Feira 13. Quando soube da notícia, Trish ficou animada, pois finalmente poderia conversar normalmente com pessoas normais, ou pelo menos próximas disso. Na hora que os jovens chegaram, Trish e Tommy foram recepcioná-los, e lhes desejaram os sinceros votos de que eles ficassem naquele fim de mundo por muito, muito tempo, para lhes fazer companhia.

No outro dia, após quase arrancar os olhos ao ver os adolescentes nadando peladões em Crystal Lake, Trish conheceu Rob Dier, que a ajudou a consertar seu carro, que, por estar em um filme de terror, obrigatoriamente precisava dar pelo menos um defeito. Papo vai, papo vem, e os dois se tornaram bem íntimos, mas como são muito lerdos tímidos, acabaram não evoluindo a relação para algo mais sério. No final da noite, quando a madrugada já se avizinhava, Rob resolveu voltar para o seu acampamento, e nem percebeu que Trish estava dando em cima dele, convidando-o para tomar banho. A única coisa que ele fez na hora da despedida foi dar um beijinho mixuruca na moça, que ficou muito desapontada e insatisfeita com essa atitude de banana dele. Mas enfim, após a despedida, Trish lembra-se que precisa ir comprar algumas ervas na cidade urgentemente, para reabastecer o seu estoque. Então, levando o seu irmãozinho cabeçudo, ela vai até lá, nem imaginando que, enquanto isso, sua mãe está levando algumas boas machetadas de Jason, que não perdoa nem os idosos.

Após as compras, Trish chega em casa, e percebe que sua mãe não estava lá, o que era estranho, pois já passava das 2 da madrugada. Imaginando que a velha estava tirando o atraso com os adolescentes, Trish não fica tão preocupada, mas mesmo assim vai procurá-la na floresta, apenas para tirar os pessimismos da cabeça. Após uma longa procura, Trish não encontra nem vestígios de sua mamãe querida, porém, encontra algo melhor, a tenda de Rob. Querendo fazer uma surpresa para o sujeito, Trish faz um topless, e fica esperando o cara por ali mesmo. Porém, como Rob não gostava muito da fruta, ele atacou Trish com seu machete de estimação, considerando-a uma invasora de propriedades alheias. Depois de uma pequena conversa, em que Trish teve que implorar para não ser empalada, Rob disse que quem ele estava querendo matar era o FDP do Jason Voorhees, que tinha matado a sua irmã safada Sandra Dier no filme anterior. Obviamente, Trish acha que aquilo era loucura, pois Jason tinha sido levado para o necrotério, porém, ela muda rapidinho de ideia, quando vê com suas próprias orelhas Rob levar mais de 300 machetadas no pescoço, aplicadas por Jason em pessoa.

Depois disso, Trish endoida de vez, e começa a peitar Jason, pois sabia que fugir era inútil. Então, após conseguir atordoar o vilão com algumas técnicas ninjísticas, ela imita as protagonistas de O Massacre da Serra Elétrica, e quebra uma janela com o próprio corpo, não se machucando quase nada. Então, ao invés de armar-se com qualquer coisa para tentar nocautear Jason de vez, Trish faz a pior burrada que poderia fazer, que é correr para a própria casa, e trancar todas as portas. O que ela não sabia é que portas trancadas não são obsatáculo para Jason, que é campeão mundial no desporto "Arremesso de corpos em janelas". Então, após tentar machetar Jason várias vezes, tendo conseguido inclusive cortá-lo nos polêmicos mamilos, Trish vê-se as portas da morte, quando Jason pula em cima dela e começa o sufocamento.

Quando tudo parecia perdido, eis que surge Tommy Jarvis, com o seu novo visual de Kojack, que tenta apelar para o lado sentimental/emítico de Jason, fazendo-o lembrar de sua dura infância. Quando Jason baixou a guarda, Trish aproveitou para pegar um machete e descê-lo no cabeção do vilão, que perdeu a sua máscara de hóquei e deixou a mostra seu belo rosto de galã. Agora nervoso, por ter a sua identidade revelada, Jason parte para cima de Trish, mas acaba sendo morto tirado temporariamente de combate por Tommy, que lhe acerta com o machete bem no meio do olho. Após a morte o nocaute de Jason, Trish abraça seu maninho, porém, o moleque estava em modo berserker, e não começa a retalhar Jason até não sobrar nem um bife. Depois disso, Trish é levada para o hospital psiquiátrico, onde está internada até hoje.


v d e h
Ti ti ti... Ah ah ah...