Abrir menu principal

Desciclopédia β

União da Vitória

Vina.jpg EstE artigo não tem sotaquE, gentE!

EstE aRtigo é paranaensE, logo, sE você não tiveR intimidadE, cultura, foR um meRda ou moraR em outro lugaR do Brasil quE não seja o Paranã, não sE aproximE, pois elE não fala com gentE da sua laia! Se você avacalhaR, Requião vai ao palanquE com o Diabo e fará um pacto com o Moderador Malvado para tE baniR!

Igreja Nossa Senhora dos Navegantes em União da Vitória
Vista do ponto de vista do Cristo

Cquote1.png We are the champions my friend! Cquote2.png
Queen sobre União da Vitória
Cquote1.png You Win! Cquote2.png
Mario sobre União da Vitória
Cquote1.png Vencer ou vencer! Cquote2.png
perdedor sobre União da Vitória

União da Vitória é uma cidade na divisa entre o Paraná e Santa Catarina.

Índice

HistóriaEditar

Os primeiros habitantes dessa região foram os botocudos e os kaingangues que entravam constantemente em guerra. O motivo dessa treta toda é o Rio Iguaçu. As duas tribos queriam pescar no rio e só foi se apaziguar quando fizeram uma lei indígena na qual os Caingangues habitariam o lado paranaense e os botocudos habitariam o lado catarinense.

 
Os kaingangues que habitaram essa curva do Rio Iguaçu

e assim eles ficaram até chegar em 1700 e carro de boi o coronel Amazonas de Araújo Marcondes fez os índios se unirem e fundarem cada um a sua cidade um de cada lado do rio. Para levar o gado de Palmas até Palmeira o caminho velho fazia muitas voltas e precisavam de um atalho. E achi acharam a fazenda da Amazonas que ficava numa posição estratégica onde o rio ficava um pouco mais calmo e raso e a estrada nova foi passar justo ali. Em torno dessa estrada de carros de boi foi surgindo União da Vitória.

FerroviaEditar

Algumas famílias de italianos, alemães e poloneses chegam em União da Vitória e em Porto União que é a irmã gêmea de União da Vitória do outro lado do rio feito Juazeiro e Petrolina.

 
Avião que caiu em União da Vitória

Os índios botocudos continuaram habitando a região na base da paulada mas quando passou a estrada e chegaram os imigrantes eles não tiveram escolha e também subiram o rio. Em 1800 e trem a vapor a Estrada de Ferro São Paulo-Rio Grande colocou União da Vitória no mapa das ferrovias e o progresso começou a chegar por ali, mas parou logo na seqüência (o progresso, no caso).

Morro do CristoEditar

Domingo é um belo dia para subir no Morro do Cristo e ̶f̶u̶m̶a̶r̶ tomar uma erva, fazer uma meditação. O Morro atrai não somente os cristãos como também os macumbeiros que fazem trabalhos pesados no pé do Cristo. Um excelente passeio também é a cachoeira

 
A Cachoeira Salto do Rio dos Pardos com mais de 70 metros de altura

CachoeirasEditar

A cachoeira foz do tigre é um passeio muito legal cheio de aventuras e confusões que vão fazer sua telinha se encharcar de tanta água. A Cachoeira Salto do Rio dos Pardos é uma baita cachoeira de 70 metros, a maior de todas. A Cachoeira da Bromélias é a mais formosa e a Cachoeira Cintura de noiva é a melhor para se refrescar.

InundaçãoEditar

Acontece de vez em quando em União da Vitória a famosa inundação da cidade. Um evento muito divertido quando barquinhos circulam pelas ruas da cidade e muitos moradores tem que acampar do Morro do Cristo.