União de Nações Sul-Americanas

Bandeira da UNASUL.

Cquote1.png Experimente também: URSAL Cquote2.png
Sugestão do Google para União de Nações Sul-Americanas
União de Nações Sul-Americanas ou Unição Nacional Associada das Sociedades Unidas Ligadas (UNASUL) é uma versão genérica, pobre e podre da União Europeia, só que na América do Sul. Seu objetivo é agrupar de maneira unida associando todas as sociedades que se encontram unidas e ligadas dentro do eterno movimento comunista dentro do universo fantasioso da saudosa turma comunista que tomava vodka e torcia pelo Trotiska da segunda divisão de Vladivostok.

SobreEditar

 
Países membros da UNASUL.
 
Gostosa das FARC, filha do Mula Lula, discursando na sede da UNASUL

A ideia surgiu em um sábado a tarde depois de uma partida de tombola quando o pessoal estava já estava bem loco depois de várias pingas de alambique que o Lula havia levado para a reunião, de copo em copo e de cartela em cartela, o povo foi ficando animado e ao embalo de muita conversa pra boi dormir resolveram alugar uma sala em Vila Nhocuné em São Paulo e dividir o aluguel e conta de luz ao invés de ser reunir no quinta da casa da avó do Fidel Castro, já que a velhota é chata e reclama do barulho toda vez que o pessoal se reúne.

O Lula traz a pinga de alambique um final de semana e no outro seguinte ele traz uma de cambucí, o Hugo Chavez faz o gato na TV a cabo pra pegar os canais do Sport TV pra poderem assistir os jogos, o Nestor Kirchner tras os salgadinhos, o Evo Morales se encarrega de trazer o "lance" pra dar barato pois festa que é festa tem que ter aquele "lance" ou não dá graça alguma, a Cristina Kirchner prepara os petiscos e lava a louça, o Fidel se encarrega de reclamar de tudo e de encher o saco já que ele é um zumbi que precisa vir acompanhado com o irmão ou vai sair querendo comer o cérebro de todo mundo (mas até hoje a ninguém saiu ferido já que ninguém nessa reunião possui cérebro mesmo).

O principal intuito de organizar as nações sul-americanas tais quais as nações da UE, dessa maneira surge a Conmebol da mesma maneira que existe a UEFA filiada à UE. E assim os países da América do Sul poderiam manter a sua política de pão e circo promovendo um torneio futebolístico conhecido como Copa Libertadores da América.

Como já existem organizações como Mercosul e CAN, a existência da UNASUL é quase totalmente despercebida.A língua oficial do bloco econômico foi estabelecido como o português brasileiro e um dos principais objetivos do grupo é manter o Brasil como potência imperialista do continente enquanto a América Espanhola se fode.

Outra preocupação do bloco é a Floresta Amazônica, há planos para aproveitar toda a madeira que essa rica fonte de matéria-prima possa oferecer.

O objetivo principal porém, é mandar algum time futebolístico sul-americano para ir jogar futebol em Tóquio em dezembro.O Méxicoe o Panamá participam como franco-atiradores.

Membros, convidados e penetrasEditar

 
Fidel Castro e Che Guevara em uma suruba reunião da UNASUL
 
Lula em Cuba, antes de virar miguxo do Fidel

Todos aqueles países que participam da Libertadores:

  • Brasil: Costuma aparecer mas tá sempre atrasado e reclama do preço da entrada. Vive chorando, mas paga a prazo.
  • Argentina: Fala arrogantemente sobre sua participação, caga regra adoidado mas vive dando calote na hora do pagamento.
  • Paraguai: É o membro mais antigo que no passado tentou formar uma versão própria da UNASUL que foi chamada de PARAGUAIA-SUL que foi constituída de partes da Argentina, Uruguai e Brasil, não deu muito certo já que o Paraguai chegou de sopetão sem avisar, hoje participa como membro convidado e os demais preferem não deixar os carros estacionados muito perto.
  • Uruguai: Ninguém conhece direito mas tá sempre presente, os demais membros vivem dizendo que um dia irão visitar mas nunca vão;
  • Chile: É o esquisitinho da turma já que é o único que entende de vinho e se considera europeu demais pra ser latino.
  • Bolívia: Fornecedor do barato de cada reunião, anima e levanta o astral da turma, mas costuma tomar os pertences dos mais animados, os outros membros costumam evitar que bolsas, carteiras, usinas e refinarais, fiquem ao seu alcance.
  • Equador: Dizem que é o membro que mais entende de café, já que café no cuador é mais forte.
  • Peru: É o membro de honra, pois é o fornecedor de todas as piadas de duplo sentido das reuniões.
  • Colômbia: é o membro honorário em homenagem ao saudoso Pablo Escobar inspiração da banda Legião Urbana.
  • Venezuela: Costuma ocupar o posto de penetra, mas vive roubando a cena toda vez que é retirado da reunião pois vive dando chiliques e leva todo mundo a loucura com suas choradeiras dizendo que não vai se retirar e blá-blá-blá-blá...
  • México: Além de fornecer comédia e tequilas fornece acesso fácil aos Estados Unidos, talvez o único país que tenha algo de valor a oferecer para os demais.

Todos aqueles que estão por perto:

  • Guiana: Penetra, ninguém conhece e nunca vai entrar se depender dos demais.
  • Guiana Francesa: Penetra metido, tem pai e mãe gringos e se acha bom demais pra andar com pobres.
  • Suriname: Pensa que é holandês mas tá enfiado no meio de um matagal que leva dois dias de trilha pra atravessar.
  • Acre: Entrou de gaiato pois acredita-se que fica localizado na América do Sul.
  • Panamá: Recebeu um trato dos americanos e por isso vive sendo convidado pra falar como é bom ter algo que funciona de verdade, costuma causar espantos dentre os demais membros mais primitivos como a Bolívia que descobriu como domesticar o fogo há apenas alguma semanas.
  • Trinidad e Tobago: Que porra é essa? É algum prato servido com o momento do cafezinho nas reuniões?
  • FARC: VIP! Possivelmente o único membro com capacidade de organização dentre todos os demais.

Ver tambémEditar

Organizações internacionais
v d e h

Blocos econômicos: AECALBAALCAAPECASEANCAFTA-DRCANCAOCARICOMCEDEAOCEEACEEACCEIMercosulNAFTAOCDESADCUAUEUMAUNASUL

Outras panelas: BRICSCOICommonwealthCPLPCruz VermelhaEixo do MalFIFAFrancofoniaG1G3G4G5G8G20G77G193GAAAAALiga ÁrabeOPEPOTAN