Abrir menu principal

Desciclopédia β

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho


NewBouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.


Cquote1.png Você quis dizer: Colômbia Cquote2.png
Google sobre Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Cquote1.png Você quis dizer: Me chupa Araraquara Cquote2.png
Google sobre Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Cquote1.png You shall not pass! Cquote2.png
Málvaro sobre Alunos de Contabilidade da FCLAr
Cquote1.png A sua vaga já foi minha! Cquote2.png
USPiano sobre Unesp
Cquote1.png A minha não! Cquote2.png
Unespiano aprovado em primeira chamada de um curso coxa sobre comentário do USPiano acima
Cquote1.png Se puta fosse arma e viado munição, a Unesp estaria pronta pra defender a nação! Cquote2.png
Uspiano sobre Unesp
Cquote1.png Não vou deixar a Unesp atrapalhar meus estudos Cquote2.png
Aluno sobre Unesp
Cquote1.png Loko...loko, loko, loko, loko, EU SOU DA FEG!!! Cquote2.png
Facção de Guará no interunesp
Cquote1.png Na USP não tem InterUNESP! Cquote2.png
Unesp justificando o porquê de ser "melhor" que a USP.
Cquote1.png E na Unesp não tem o diploma da USP! Cquote2.png
USPiano trollando o unespiano que proclamou a afirmação acima.
Cquote1.png Unespiano, mas que otário! O meu estágio é maior que seu salário! Cquote2.png
USPiano retratando a realidade, denovo.
Cquote1.png Unespiana, mas que otária! Estudou tanto pra virar minha secretária! Cquote2.png
USPiano punheteiro recalcado retratando a realidade do seu mundo.
Cquote1.png Éééééééééé num sei Cquote2.png
Casagrande sobre Unesp
Cquote1.png GREVE!!!! GREVE!!!! Cquote2.png
Pseudo-revolucionário retrógrado unespiano sobre como resolver os problemas do mundo.
Cquote1.png Quando eu faço merda, minha família me apóia! Unesp Lindóia, Unesp Lindóia!!! Cquote2.png
Unespianos perdidos no Engenharíadas
Cquote1.png Ão, ão, ão / Segunda opção! Cquote2.png
USPiano sobre UNESP
Cquote1.png Alias, TERCEIRA! Cquote2.png
USPiano lembrando que também deixou um unibambi na lista de espera
Cquote1.png Pelo menos eu não vou sair da faculdade virgem... Cquote2.png
UNESPintudo sobre USPianos


A Unesp - Universidade Estadual da Pinga Júlio bebe Moscowita e Fulô, foi criada em 1943 d.JN (depois de Jesus Negão) para vestibulandos transeuntes e pingaiados que passam todos os anos de seus cursos fazendo festa e se lamentando por não serem NERDS virgens que entraram na USP!
Hoje, conta com mais de duzentos e cinco cursos, cujas matérias obrigatórias são:

  • Prática Alcoólica I, II, III, IV e V (as demais VI, VII, VIII ... XXX são optativas).
  • Organização de churrascos sem carne, mas com cerveja e pinga I, II e III.
  • Introdução ao Open Bar I e II.
  • Administração de Destilados I e II.
  • Pegar vadias metedoras da USP e da UNICAMP, FACAMP e UEL I e II.
  • Butecos I e II.
  • Topicos Avançados em Administração de Boi na Sombra I, II e III

Índice

Os AlunosEditar

 
Alunos da Unesp, num típico dia de aula.

Muitos deles costumam estudar e serem sérios... antes de entrarem. Lá dentro, ficam eufóricos. Libertam-se da pressão da mãe e do pai e mudam radicalmente.

Em menos de um ano, começam a se vestir de formas variadas. As alterações mais radicais ocorrem nos ingressantes dos cursos de Filosofia, História, Ciências Sociais e Geografia. As roupas das mulheres se tornam roxas, misturadas com verde, azul, lilás, abóbora, e com um cheiro típico de maconha. Quanto aos homens, crescem a barba pra ficarem como o Che Guevara. Ninguém acredita como os pré-vestibulandos se transformam...

As Vantagens de se estudar na UnespEditar

  1. Pode dizer: "eu estudo numa pública".
  2. Poder se considerar um/a privilegiado/a porque é um dos poucos neste país que tem acesso ao Ensino Universitário;
  3. Será um bom empregado de alguém que, na maioria das vezes, sequer terminou uma faculdade, como o Bill Gates;
  4. Pode ficar debochando e ridicularizando a cara daqueles que não passaram no vestibular e daqueles que estão fazendo faculdade particular;
  5. Você não sairá virgem da faculdade, como um aluno da USP.
  6. Durante 4 dias no ano tem o INTERUNESP.

CAMPI (ou acampamentos)Editar

Devido ao grande número de "vielas" que necessitavam entrar no mapa, a Unesp abriu diversos campi no sertão paulista e desconfia-se que inclusive foram abertos campi também fora do estado (como é o caso de Ilha Solteira, o lugar mais distante do mundo, e Presidente Prudente). Independente da distância dos campi para civilização oriental, todos os alunos passam por uma bateria de testes antes de se matricularem (vide provas do InterUnesp).

Segue abaixo a relação completa dos campus da Unesp.

AraçatubaEditar

O campus de Araçatuba é famoso por: A unesp de Araçatuba é conhecida por ficar perto do inferno, pois é quente pra caralho. Possui uma das melhores faculdades de Odontologia e Medicina Veterinária da América Latina. Estudantes dizem que já viram dois capetinhas comprando ar-condicionado. Possui os cursos de Medicina Veterinária e Odontologia, mas os alunos desses dois cursos não se conhecem por um ficar perto do zoológico e o outro isolado da cidade.

  • Estudantes de Veterinária : A maioria tenta mudar o mundo no primeiro ano, mas ficam frustrados e viram protetor dos animais, querendo fazer parte de ONG´S e brigando com professores pelo bem estar animal. Suas mulheres são famosas na cidade por serem ninfomaníacas e os alunos de modo geral por tirarem leite de boi!
  • Estudantes de Odontologia : Muita mulher bonita, gostosa e patricinha....como a faculdade fica na rodovia, os NERDS motorizados tem uma certa chance de perder a virgindade! . Na cidade, o curso é conhecido como cheira bafo. São frequentadores assíduos de botecos, algo notado após o segundo ano pela pança adquirida. Usa somente uma roupa o ano inteiro (branco/amarelado), parecendo um pai-de-santo. Possui três hinos que os alunos vangloriam cantá-los na "boate" (leia-se refúgio dos sempre mesmos) Calypso. Os hinos são:

1 - GERAL - Unesp Araçatúúúba, chega e regáça! Os homi são bunito e as muié cheia de gráça! É longe pra carálho, e mais quente que Ilha, os hômi sem noção e as muié uma maravilha! Eu abro as minhas pernas, cê chega com a vara, eu chupo a tua rola e lévu pirú na cara! E pau na coxa, na buceta e na virilha, aqui nós tiramos u cabaço da tua filha! VeTêêêêeerináááriooo, Dentiiiiista gostosãããoo, as mina de araça são o maior tesão!! SEXO, SURÚBA, UNESP ARAÇATÚBA! (leia-se Araçatóba!)

II - Veterinária: Trá, tralalá! Trá, tralalá! trá, tralalá! Istudei pra entrá agora eu quero zuá! Estudá pra quê se o bom mesmo é metê! Eu curo, custuro, opéro e sálvu! Praq ser médico se eu sô veterináriu! Unesp Araçatuuuba, vai ti fudê! Vamo joga, vamu metê, vamu gozá até morrê! Me bate uma punheta, que eu toco a siririca, tira sua rôpa e vem chupar a minha pica! E põe do cú, põe na bucêta, sobi um poquinho eu vo lambê as suas têta! Meti na minha xana, lamber os meus peitinhu, gozar na minha cara só não põe no meu cuzinhooo! eu pónhú sim! Que é mais gostôso! Apertadinho e deliciôso! É cobra, é cobra, é cobra urutú (?), mexeu com araçatúba a unesp põe no cúuu! UNÉÈÈÈÈÈÈÈÈEESPÊÊ!

III - Odontologia: BÚUUUUU-CÊÊÊÊÊ-TÁÁÁÁÁ! Pegá na sua bênga, fazê endurecê, molhá no lenga-lenga e gozár até morrê! Metê na sua búnda! Varar a sua xana! Lamber os seus peitinho e fazê cê xupá câna! Metê, fudê, gozár em Bacanais! ODONTO ARAÇATÚUBA É ISSO TÚDO E MTO MAAAIS! O-DOOOOONTÔÔ! VETERINÁÁÁRIA (INTRUSOS), O-DOOOOONTÔÔ! VETERINÁÁÁRIAAA (INTRUSOS)

AraraquaraEditar

O campus de Araraquara é famoso por:

Dominarem os Jogos Alternativos no InterUNESP, com direito a record consecutivo na modalidade bola-beque, 9'78" em 2002 e 9'27" em 2003, créditos a Magro e Animal! Maravilhoso cheiro de Laranja! Revidar os gritos do torcida feana (a macacada chorona)com a clássica música "Só estudei não fiz mais nada... e não dei nem um metão! Eu sou só mais um bobão! Eu faço FEA RIBEIRãO - e - Eu fui prestar vestibular, não estudei fiquei com medo, Eu sou o refugo de SP, FILIAL Ribeirão Preto!". Também famoso por trazer a beleza ao InterUnesp, pois ARARAQUARA É UM TESÃO!!!!!!! É também a terra do Rei do InterUnesp.


  • Estudantes de Ciências Sociais/Socialistas?!?!: Costumam ser contra tudo! São contra o PSDB, o PT,PTB, STV, CQC, SBT e HQ, são contra o reitor, o direitor, as tias da limpeza, os caras do xerox, e contra tomar banho. Acham os alunos de administração e economia alienados e dizem que isso é coisa de burguês por isso eles votam 16 (quem bate cartão, não vota em patrão). São bastante conhecidos pelas invasões ao bandejão, por fazer comida com o cabelo solto, pelos quebra-quebra na facul, e mexem o suco com a mão. "- Cientista Social, não é Cientista Socialista?" (típica primeira pergunta de um bixo de sociais).

Adendo: São as atuais vítimas da repressão da Tropa de Elite e do Capitão Nascimento (resposta a quem invade a troco de nada). Viraram Mártires. O p*apa cogita tornar alguns em santos.

  • Estudantes de Economia: Se acham os boys e as patys... Muitos deles ganham um carrinho humilde, como um Golf do ano, ou uma BMW aos dezoito anos. Se acham melhores que os outros, porque Economia é essencial para uma nação! Mal sabem que só vão aprender Economia Social aqui. Geralmente se dão bem depois de formados indo trabalhar como faxineiros, office-boys ou mesmo de seguranças em bancos. Quando dão sorte, trabalham em empresas de consultoria e auditoria oferecendo a alma para o diabo à prestação. Têm duas vertentes: a extremamente burguesa e capitalista e a socialista (existe isso em economia? Só em Araraquara mesmo...),
  • Estudantes de Pedagogia: Elas namoram ou são noivas há no mínimo 10 anos. São as que se acham mais lindas, mas ainda colecionam papel de carta, andam com seus fichários do Mickey e da Miney apoiados na barriga e sonham com o príncipe no cavalo branco.Como cavalo vem do oeste, adoram ficar com os garotos da unesp presidente prudente.
  • Estudantes de Administração Pública: Mais conhecidos por não serem estudantes. Nunca têm aula e quando têm, não estão presentes (ou assinam a lista de presença e vão pra cantina). Alias, é de se questionar qual é a real utilidade do curso, pois, para que serve um bacharel em administração pública que não seja servidor público?. Vão ao campus somente para se socializar no Giga (a lanchonete do campus). Brincam de ser políticos (no CAAP) ou mega empresários (na Paulista Jr.). São bem conhecidos pela sua incrível capacidade de organizar festas, beber pra carai e administrar bocas de fumo. Atualmente contam um mercado crescente de repúblicas universitárias que os procuram para desenvolver suas festas, pagado-lhes com os mais diversos tipos de drogas...

Tem matérias como: - Administração de Boi na Sombra I,II,III e por ae vai... - Tópicos Especiais em Customização de Abadás - Organização de Jogos Universitários - Maquiando o Desvio de Verba - Nepotismo I, II e III. - Trabalhando na Empresa do Papai - Fitagem Avançada

  • Estudantes de Letras: Futuros professores (repare na concordância). Entretando, poderia ser usada a seguinte sentença: "FuturAS ProfessorAS". Homens? Existe uma lenda datada de antes de jesus negão que sim, eles existem nesse curso, mas nada ainda foi provado.

É importante notarmos o termo "Homem" sendo exposto com letra maiúscula, notabilizando assim a criatura que estamos tratando, pois, evidentemente, os outros tipos seriam enquadrados junto com a segunda sentença: "Futuras Professoras".

  • Estudantes de Odonto: Metidos e antisociais, são os mais ricos e playboys de Araraquara. Vão disputar uma vaga de emprego com ninguém porque de tão antisociais todos montam seu próprio consultório sozinhos e no máximo com somente 1 secretária baranga. São tão metidos que criaram sua própria versão do InterUnesp, o InterOdonto, onde se isolam em apartamentos e não participam das festas.

Nota: Apesar de diversas tentativas, eles não passaram em Merdicina.

  • Estudantes de Química: O resto do Campus pensa que o aluno de Química é nerd, mas na realidade ele passa o dia no laboratório usando e abusando das dorgas. Têm fácil acesso ao clorofórmio e a diversos outros tóxicos que derretem a mente. A Química possui o Dom Bronha, funcionário da mão melada que assiste filme pornô nas dependências do instituto. Sem contar o estacionamento, que virou um drive-in. Alguns trocam nota por sexo, sem dó pelo asterisco. Sem falar de outro funcionário que envia email para a maioria dos alunos contendo cenas de sexo com cavalo e acha que todos são atraídos por cavalo como ele. E a outra funcionária que bebe whisky durante o trabalho e xaveca os alunos... Na química existe uma quantidade absurda de mulheres feias. Já ouviu falar que Araraquara é um tesão? Pois seria muito mais sem as barangas que assombram esse curso. Não bastando as mulheres feias, os homens são escrotos, uma vez que a maioria não sabe dirigir a palavra a um ser vivo do sexo oposto sem ter uma ejaculação. A maior tradição dos estudantes do IQ (Instituto de Química) é participar do famoso TIQ (Torneio InterQuímicas), Jogos Universitários onde o esporte é a menor prioridade e a galera se junta pro Open Bar de entorpecentes alternativos. Gostam de se aproveitar dos recursos da FCLAr, visto que são a maior praga frequentadora do R.U. (Bandeijão).
  • Estudantes de Engenharia Química: Tudo bixão. Não bastando terem escolhido a UNESP (terceira opção de qualquer ser humano com meio cérebro) cursam um curso recém criado, na esperança de que um dia ele seja reconhecido no mercado de trabalho, mesmo sabendo que diploma da UNESP só serve pra limpar a bunda. Muitos dos alunos são folgados e as mulheres se acham as patricinhas de Beverly Hills. Aprendem a projetar baldes, canos e valetas onde os profissionais de verdade exercem suas funções. Curso famoso pelas mulheres gostosas, porém desconhecidas.
  • Estudantes de Engenharia de Bioprocessos: Reza a lenda que em algum lugar do Acre existe um estudante deste curso, mas ninguém nunca conseguiu chegar lá pra confirmar. E talvez nunca encontrem, já que o curso nem formou turma e já tem tudo pra ser encerrado.
  • Estudantes de Farmácia: Tem uma fama infundada de filé mignon da UNESP Araraquara, são presas fáceis para os Administradores (que fazem as festas) e para os Economistas (que têm carro...). São conhecidas por sempre darem bota nos USPutos, já que eles não têm nem ideia de como chegar numa mulher...Também são conhecidas como parque de diversões dos Só Carlos (estudantes da UFSCar e do CAASO, em São Carlos que, por ter 99% da população universitária formada por machos, apelam para festas da farmácia em Araraquara).

"Farmácia, Farmácia é curso de menina. 3 anos de cursinho e não passou em Medicina.

Estudantes de Economia e administração são refugos da FEA Ribeirão, que não aguentaram a FUVEST.

AssisEditar

A Unesp de Assis, mais conhecida como "Terra do Nunca" geralmente é o primeiro campus a entrar em greve e o último a sair(normalmente sai após o fim do ano letivo). A Faculdade de Ciências Ocultas e Letras Apagadas É conhecida por terra do nunca, pelo fato de os alunos nunca se formarem, se tornando depois de muitos anos, gatos pretos e doentes. A Unesp de Assis fica localizada na Avenida Dom Antônio. Ou seja, para chegar até lá você vai andar pra caralho debaixo de um sol desgraçado, ou enfrentará ventos cortantes e que sempre se direcionam contra você. Famoso pelo Ex-tensão (Um semi-bar-borracharia-xerox que fica em frente) onde todos se reunem pra beber, jogar sinuca e fumar um baseado. Uma mistura entre Playboys, palhaços, GLBTTTS, gostosas, grevistas, nerds, anarquistas, seres da floresta, machos ou fêmeas, barbudos e mendigos compõem o campus de Assis

Os Professores

Normalmente, os alunos não conhecem seus professores pessoalmente. As aulas são ministradas por alunos de pós-graduação, ou mesmo professores substitutos, muitas vezes com formação bizarramente diferente da aula.

Quando vêm a conhecer seus professores esses têm o habito de, em uma aula de 50 minutos, chegar 20 atrasados, sair 10 adiantados e durante 20 minutos ficarem contando piadinhas. Nos cursos de humanas.

Calendário UNESP Campus Terra do Nunca

FEVEREIRO: Semana do bixo (ou calouro, como insistem em chamar agora)
MARÇO: Apresentação das disciplinas/páscoa/semana do bixo (outra)
ABRIL: Tiradentes
MAIO: (Muitos) feriados/pré-greve
JUNHO: Greve
JULHO: Férias
AGOSTO: Jogos
SETEMBRO: Mês da pátria I
OUTUBRO: Feriados e eleições
NOVEMBRO: Mês da pátria II
DEZEMBRO: Entrega de trabalhos e festas de final de ano

Conheça mais sobre o Campus

"Campus muito doido meu, mais conhecido como LUGAR DO CARALHO. Lá tem umas floresta legal, véio, muita brisa, marofa, vez em quando nois ouve um som de capoeira, tem uma exposição bem noiada sobre parada gay e coisa e tal, nas sala, tipo assim, nois ouve uns cara tocando no bar, mô barato véi..." (Nativo)

Os alunos que jubilaram ou mesmo os que se formaram e não quiseram deixar a Terra do Nunca são amaldiçoados e por conta disso transformam-se em gatos que vagam pela Unesp procurando serem cheirados ou até mesmo fumados. Por conta da falta de higiene, os gatos pós-unespianos contraem toxoplasmose e infelizes com isso têm a necessidade de transmitir para os veteranos ou bichos desavisados (não cheire um gato unespiano). Tétano também é uma doença muito comum de se contrair, principalmente próximo aos semi-bebedouros onde a água tem particularmente uma grande quantidade de ferro (ferrugem mesmo).

Cursos

  • Biologia: ou boiologia. Fadas. Ninguém nunca viu, mas eles estão ali. Geralmente marombeiros, que vivem na bio corpo (academia de assis). Vivem lá, vegetam lá.... observa-se na fila do r.u. (pois é, como são "filhinhos de papai" têm também o péssimo costume de furar a fila!) seus papos tais como: "mudou o corte de cabelo da atriz principal da malhação", "ai, você viu aquele cara, sou mais musculoso que ele", " você vai no santa(agora eleva) hj? estou afim de pegar e ser pego...ui"
  • Engenharia Biotecnológica:O Curso que (pensa que)salvou este campus da extinção, pois é o único que recebe verbas. Mais conhecidos como Biotecstreet Boys ou boiotecnologia. Eles também ficam escondidos. Mas as vezes surgem para te incomodar. Se parecem promotores de degustação de supermercados com umas camisas que imitam o símbolo do tic tac... Pessoal menos nerd da faculdade, bebem, cheiram, não metem e não fumam maconha, pois é coisa de pseudo-revolucionário (como seus pais bem ensinaram)...não fazem porra nenhuma....frustados no vestibular de medicina, cuja maior diversão é ler "fisiologia e bioquímica do caralho a quatro" e "fundamentos da biotecnologia aplicada".
  • Psicologia: Os loucos, cortam os pulsos, ouvem Nx-Zero e leem Fróuidí.Os caras ficam no curso com as mais gostosas da facul mas não comem ninguem, vendo o fato de que todos os caras sao extremamente bizarros e mais parecem artistas do circo que fica na dom antonio. as meninas usam saias de ripongas, conversam como ripongas, comem como ripongas, dão o cu como ripongas... Mas andam de carro e, ante a qualquer problema financeiro, logo passam o cartão de crédito dos seus pais. Estão sempre preocupados(as) com o aquecimento global, efeito estufa e essa coisa toda. Leem Foucalt, Freud, Klein e sempre em suas conversas tentam te analisar. Nunca façam uma pergunta do tipo "aonde é o banheiro?", por que você será interpretado conforme a segunda geração de Freud, com correntes psicanalísticas ameaçadas subalternas do ordem do grau três... ou seja... mije nas calças mas não converse com uma estudante de psicologia. Tem, em seu prédio, uma área conhecida como maconhódromo, cuja única função é cediar alunos apreciadores desse entorpecente, enquanto o cheiro se espalha pelo prédio.
  • Letras: um curso conhecido por seu gosto sexual. Praticamente 173% dos alunos tem preferência por homens. Incluindo os homens. É o povo mais agitado da faculdade, sempre organizando seus importantíssimos murais sobre parada gay, loucura, lésbicas ou xintoísmo. Sua aula inicia-se sempre as 8 AM e termina as 11:30 AM, periodo diurno e 7:20 PM e termina 11:00 periodo noturno. Sempre. Invasão militar no Brasil? Lula deposto? Terceira Guerra Mundial? Você descobriu que sua mãe é uma puta? Não importa. Sempre começará e terminará nesse horário. Não raramente encontram-se alunos fazendo recortes, pinturas em livros de crianças, jogando dados ou pulando amarelinha. Ou seja, curso mais infantil do campus.
  • História: Mais conhecida como Sorbonne do brejo, pois só lêem historiadores franceses (em português, claro), julgam-se intelectuais, mas pisam e respiram terra e não produzem nada de relevante. Os alunos não tomam banho. Ponto. Barbudos e fedorentos, nunca tem aula, sempre vagam pelo Campus. Por ser os mais antenados com o mundo exterior, sempre são os primeiros a entrar em greve. Mais conhecida como "Navio Pirata" - Só dá barbudo e canhão, mas sempre tem uma princesinha pra ser resgatada. Conhecidos por marcarem assembléias gigantescas (15 pessoas). Ou são comunistas, ou são anarquistas, mas sempre tem um tucano no meio para marcar presença! Tem como foco formar professores pra Rede Pública (pergunto: precisa de diploma superior pra isso, MESMO?)

BotucatuEditar

Frases caracteristicas: Pau no Seu Cú, Bixo tem que se fuder,bixo bom é bixo morto, Cala boca bixo Só tem safada e todos sabem disso. Devido a Revolução Botucatuense os futuros médicos conceito B no provão foram expulsos da cidade de Botucatu e foram obrigados a fundar a faculdade em outra "cidade" de nome Rubião Junior. Papiros encontrados na antiga catedral, relatam a existência de um outro campus chamado Lageado, que de tão desconhecido quase não é citado.

Os estudantes de Botucatu são oriundos dos lugares mais distantes e inabitáveis do Universo e para retornar as suas constelações, só conseguem sair de Botucatu de Rapel, pois desconhece-se ônibus que vem ou saem dessa cidade que localiza-se sobre uma serra denominada "Serra do Caralho" (pelo menos para quem tem que passar por ela). Todo ano Uma leva de merda de bixos chega na cidade, achando que vão bombar pq sao os mais novos, mas logo na primeira semana percebem que nao possuem sexo muito menos opinião propria, sendo assim escravinhos dos mestres veteranos. Aqui nao possuimos casas e sim republicas muito unidas(KESSS)
A cidade não produz nada (somente cana-de-açúcar, que pode enquadrar-se nessa classe), vivendo então da sugação dos estudantes (mercado e moradia, das piores possíveis, custam uma fortuna neste mundo) que debandam aos montes em feriados e finais de semana, deixando a cidade mais deserta do que o Atacama. Além disso dizem que existe a EMBRAER aqui que é como o Saci, "todo mundo fala que existe mas ninguém vê". Falando em Saci, nesta cidade está localizada a Associação Brasileira dos Criadores de Sacis (gostou?).
Nesta cidade, os estudantes dividem-se em dois grupos onde, de um lado estão os playba e as patys (normalmente Médicús ou Batatero)e do outro a plebe (normalmente da Biologia ou pós-graduandos), isto é notável nos estacionamentos dentro dos campus ou nos pontos de caronas (a plebe não consegue nem comprar passes de ônibus). As patys possuem o dom do falso pudor, onde se você ousar comentar sobre genitálias perto delas, fazem caras e bocas e até podem esnobar a sua pessoa. Porém isso é só um falso pudor, pois as más línguas dos homens daqui denunciam o que acontece antes, durante e depois dos cortejos. Apesar das diferenças entre os grupos, vivem em "harmonia" participando das mesmas baladas, fumando o mesmo baseado e até mesmo comendo as mesmas fêmeas ou dando para os mesmos machos.
Relacionamento difícil existe entre os Botocudos e os estudantes, os quais acreditam serem muito melhores que os nativos que por sua vez vivem da Universidade, mas não reconhecem isso. Acredita-se ser difícil tal relação por ser incompreensível a língua falada pelos Nativus que é derivada de um pircorócócór de Pira, porém muito mal falado.
Vale ressaltar que se for no campus de Rubião, não coma no RU pois ele não existe assim como não há quadra esportiva e nada que lembre uma universidade pública.
No Instituto de Biociências (IB), existem centenas de laboratórios, cheio de dinheiros, pós-graduandos (acreditam serem os seres vivos mais cultos de todo o Universo e para todo o sempre), alta produtividade e pesquisas de ponta, que no fim das contas, não servem e talvez nunca servirão para nada.


Comporta os seguintes cursos:


VETERINÁRIA: Os alunos da veterinária se orgulham de estudar no que dizem ser o melhor curso de veterinária do país (leia-se: Grande bosta!). No seu dia-a-dia sempre são aqueles que não têm muitas aulas ou que têm aquelas com os nomes menos importantes. Geralmente não são encontrados pelo campus, visto que estão salvando a vida de hamsters, leitoas, poodles e mascotes em geral.

ZOOTECNIA:Os zootecnistas, ao contrário dos veterinários nunca salvam nada, pois são aqueles que lavam os poodles, enterram os bois mortos, recolhem a bosta do cavalo, enfim, fazem um serviço de peão. Apresentam entre outras funções, abrir a porteira para o Gronomos (estudantes de Gronomia).

AGRONOMIA: Popularmente chamada de Gronomia por seus alunos, ou de Batateiros pelos dos outros cursos, o curso de agronomia possui diversas áreas de atuação, desde aparar a grama do campus até ajudar os alunos da Bioogia a plantar seus "mascotes". Mas de útil mesmo só a Festa Junina do Lageado, que parece ocorrer todos os dias do ano, visto que a maioria dos Batateiros estão sempre a caráter (leia-se:Botina, calça jeans, cinto de fivela, camiseta xadrez por dentro da calça e um boné, ou chapéu de palha), tipo os médicos com seus jalecos. Os estudantes de gronomia (gronomos) raramente aparecem na faculdade e quando o fazem geralmente não conseguem encontrar suas aulas pois estão sob o efeito do álcool ou outros alucinógenos. Aproximadamente 90% dos gronomos só faz gronomia porque algum familiar tem uma fazenda. Sempre são vice campeões do masculino do Intercursos.

ENGENHARIA FLORESTAL: Cuidado, não se aproxime muito, pois, se houver uma blitz policial e você estiver por perto, você poderá pegar de 10 a 20 anos no xadrez. Geralmente carregam consigo uma quantidade absurda de marofa, o que explica o fato de nenhum aluno do curso ter sido visto totalmente lúcido até hoje. Possuem grande contato (pessoal e "profissional") com os futuros biólogos.

MEDICINA: Possui a maior concentração de babacas por metro quadrado que andam de cabeça erguida por saberem que são a única razão do campus existir. Para encontrá-los basta procurar uma rodinha de pessoas esquisitas conversando entre si e não olhando pra ninguém mais. Existem aqueles que tentam se fazer de amigos de todos, mas estes são os mais esquisitos ainda. Na medicina você só encontrará caras realmente estranhos (leia-se: Barangos nojentamente anormais) e meninas não muito diferentes dos caras (não há dimorfismo sexual neste curso.) Apesar disso os machos possuem notável sorte sexual primeiramente devido ao fato de 70% da sala de aula ser feminina e se considerar boa e demais para ficar com alguém de outro curso e também devido a presença das estudantes de enfermagem e nutrição. Um fato engraçado é que sempre perdem os torneios que participam, sejam eles o intercalouros, o intercursos ou até a intermed, apesar de treinarem toda hora, louca e constantemente, organizam esforçam e continuam a perder.

BIOLOGIA: São maconheiros, gays, bichos-grilos, iludidos e grevistas em geral. Passam metade do curso planejando greves e a outra procurando campos disponíveis para plantar seu "pézinho-de-meia". Quando adultos costumam tornar-se pós-graduandos. Para mais informações procure colômbia no google.

NUTRIÇÃO: Curso composto por canhões (maioria) e por meia dúzia de viados. Como o curso é noturno, muitos bixos não acreditam na existência destes seres. Ao final do curso tem diploma de cozinheiros

ENFERMAGEM: Gostosas. Querem agarrar algum futuro médico, mas dão pra todos os cursos antes disso. Além delas existem os enfermeiros, que, somados todos os 4 anos do curso, totalizam 3 ou 4 estudantes. Estes, assim como suas colegas, também querem arranjar um futuro médico.

FÍSICA MÉDICA: Ninguém sabe o que fazem. Dizem os profetas que se Deus soubesse o que faz um Físico-Médico estaria na Bíblia. Quando indagados, respondem a resposta pré-combinada no primeiro dia de aula: "Uns negócios com equipamento médico.". Na verdade nem eles sabem o que fazem. Dizem que são excluidos mas a verdade é que não conseguiram passar nem em Medicina, nem em Biomedicina, logo escolheram o único curso que sobrara com "med" no nome.

ENGENHARIA DE BIOPROCESSOS E BIOTECNOLOGIA: O curso mais novo de Botucatu, que ninguém conhece, por conta disso e do nome grande, todos os alunos dos outros cursos, isto é, quando sabem que o curso existe, chamam ele de "o curso novo". Ninguém sabe de fato o que a profissão faz, nem mesmo os próprios alunos. Assim como Física Médica, é o único outro curso de exatas do campus, por que engenharia florestal não é exatas, e portanto é formado em sua grande parte por virjões.

BIOMEDICINA:Curso composto por alunos frustados que não passaram em Medicina e agora dedicam suas vidas à arte de ficar mexendo em cocô e filtrando xixi e sangue. Surpreendentemente, é um dos cursos com mais mulher em Botucatu, perdendo apenas para a Enfermagem e a Nutrição, e proporcionalmente em número de viados, uma vez que se faz Biomedicina e não é mulher, só pode ser viado.

Músicas Essa faculdade tbm apresenta um hino, onde apenas os bixo e bebados cantam com muito orgulho, pois é a verdadeira merda cantada e o pior de tudo é que existem 2!

É um, É dois, É tres, BOTUCATU despregueia interra infia e poem no cu, "Meu pau levanta e abaixa"(machos) "Minha perna abre e fexa"(femeas), VEM AI BOTUCATU, é "zoo/agro/flo...bio",é "zoo/agro/flo...bio" zootecnia/agronomia/florestal...biologia, BOTUCATU pau no seu cu.

Também existe um hino completamente desconhecido e nunca antes ouvido por ninguém em festa alguma, os únicos conhecedores são os batateiros:

Solta a cobra, SOLTA, solta a cobra,solta,solta cobra sururu, bobio,bobio,bobio nois poem no cú é agro,é agro, AGRONOMIA, botucatu PAU NO SEU CU.


O campus de Botucatu também possui alguns projetos de extensão, e todo filha da puta participa em pelo menos um para cumprir horas se quer possivelmente se formar após 7 longos anos de reprovas:


IBB Júnior - Empresa Júnior: Assim como o curso de Física Médica, o que realmente fazem é um mistério, alguns alunos do campus teorizam que a Empresa Júnior é o projeto de extensão focado em forjar horas falsas de trabalhos inexistentes, uma vez que ninguém sabe o que fazem e ninguém nunca vê os produtos que saem desta merda. Suas atividades podem ser resumidas por:

-Vender curso de Excel e cancelar de última hora.

-Vender chinelo e ser barrado pela Atlética.

-Fingir que faz análise de água de piscina, sendo que nenhum lugar de Botucacity tem piscina.

Como podem ver, todos os produtos dão errado por algum motivo, e não se sabe o que fazem além de ganhar horas e ficar esquentando marmita numa salinha apertada na Central Velhíssima. Alunos do IB sem outras opções, não admitidos nos processos seletivos do PET ou do Cursinho, ou até mesmo do MDA (Médicos da Alegria, projetinho de extensão que serve pra cuidar de criança ranhenta, que vai tudo morrer de câncer), vão para a Semi-Empresinha Pseudo-Júnior.

Ver artigo principal: Unesp Botucatu

BauruEditar

Bauru é mais foda!!

Bauru tem amigoooos !

Bauru tem um artigo só pra ela !

Ver artigo principal: Unesp Bauru

FrancaEditar

O Campus mais velho da América Latrina, construído na época medieval e sua fundação é anterior á própria cidade.

O antigo castelo, transformado em faculdade só não cai porque está baseado em um alicerce muito firme, e de baseado a Unesp de Franca entende muito bem. Segundo alunos mais antigos o prédio (chamaremos aquela construção de prédio) é assombrado por fantasmas-comunistas de centro esquerda e que voam livremente pelos corredores.

Por ser um antigo convento, as portas e janelas do "prédio" vivem abrindo e fechando involuntariamente, provavelmente ação das freiras, insatisfeitas com a falta de sexo à qual eram submetidas.

Diante da indignação de 104,3% dos "estudantes" com a condição de não haver um único banheiro não ocampus e também espaço suficiente com terra para abrigar um mísero pé de Cannabis, a Associação de Cheiradores de gatinhos do Campus, com o aval do Padre Quevedo, resolveram cagar, mijar e vomitar no chão ao lado do Reitor para que desta maneira fosse rapidamente resolvido o problema de banheiros e espaços públicos deste campus.

Infelizmente estes exemplares alunos foram proibidos de frequentar a faculdade (coisa que não precisava por que nunca frequentaram mesmo) e em seguida expulsos ao som de marchinhas de carnaval (Mamãe eu quero e Me dá um dinheiro aí)

Veja link externo para o fato: http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI679247-EI306,00.html

E, apesar de tudo, em 2009 a Interpol entrou em alerta ao saber da existência de saraus nudistas e arrastões psicodélicos que ocorrem com perigosa regularidade nesta pacata cidade de Jesus Cristo. Vide links abaixo.

http://www.comerciodafranca.com.br/materia.imprimir.php?id=50000 http://www.cabecadecuia.com/mundocao/2009-11-18/universitarios-sao-presos-tocando-guitarra-pelados-em-avenida-59457.html

Hoje, em um campus novo situado na puta que pariu na periferia francana, as hordas de cachaceiros não possuem sequer um bom bar para tomar suas porcarias (tais como a famigerada "Farmacinha", proibida pela Vigiláncia Sanitária), ou mesmo repúblicas que se prezem, forçando-os a permanecer em seus apartamentozinhos com o Facebook ligado o dia inteiro, falando do clima, especialmente dos eventuais Katrina's que assolam a cidade. Tradições como o refrescante banho na fonte central da província e o glorioso Bundão perigam de extinguir-se e os veteranos de velhas épocas estão em uma corrida contra o tempo para que a Skarloff de canecas não seja substituída pelo Leite com Pêra.

Além disso, a "faculdade" fica na cidade que, com certeza, é o aglomerado de gente mais feia, enjoada, metida a grande coisa do interior de São Paulo. Alías, Franca é uma cidade que pensa que é grande, pensa que tem um pólo industrial, e só pensa, pois a única coisa que existe lá são os nativos cuspidores de taxinhas e os universitários que vêm de longe pra encher a cara e fumar um monte de orégano Jamaicano. Segundo pseudo-mineiros moradores, falta Jesus no coração dos unespintudos locais.

Os cursos:

História: Graduação de pseudo-revolucionários maconheiros hipócritas. Apesar dos esforços contínuos de estabelecimento de um diálogo com estes hippiesestudantes, o efeito colateral das parangas impede uma fixação do que foi conversado. A expressão "falar com a parede" toma força neste sentido. Forma indivíduos para militarem como professores na Rede Pública (precisaria de faculdade pra isso?), como acadêmicos ou, em geral, para atuarem no comércio local, como vendedores ou balconistas (afinal, pode-se apenas fazer coisas que já se fazia antes da universidade, pois o diploma em História não serve pra muita coisa mesmo). Mas, mesmo assim, quem ousa seguir uma carreira rentável ou sonha em ser funcionário público é visto como "ser inferior" ou, na mesma categoria, como "alienado". Claro, né: afinal é fundamental para a vida ler algum calhamaço de Braudel ou algum outro livro de Pedagogia e morrer pobre.
Direito: Gente que pouca gente conhece, o curso do período matutino sequer existe. Apesar de se vangloriarem por serem muito melhores que os alunos da USPintinho, são tão coxas quanto. Com uma maior afinidade com os alunos de RI da faculdade, questiona-se a opção sexual de muitos. Anualmente, reúnem-se em Jogos Jurídicos para lembrar o quanto Unespintudos superam quem paga faculdade e quem não tem InterUNESP.
Serviço Social:É pré-requisito ser do sexo feminino. Apesar de isso aparentemente significar a felicidade dos homens heteros da faculdade, não é a verdade. Amplamente requisitadas como base das pirâmides humanas, em jogos.
Relações Internacionais: WOOOOOOW! Simplesmente um LUXO de curso! Esse monte de futuros de desempregados aprende UM MON-TÃO de coisas, todas inúteis muito interessantes. Possui alguns discidentes comunistas hipócritas, mas com certeza é o curso que mais alegra o campus perrr-fei-too de Ciências Humanas e Sociais.

HINOS

"A faculdade de Franca

Escola no meio do mato

Invés de ensinar Direito

Ensina a fazer sapato"

(Que hino é esse meudeuducéu?)


FRANCA, GADO, SAPATO, ADVOGADO!! PUTA QUE PARIU EU COMO UM CU, BEBO UM BARRIL!! DEPOIS DE MUITA CANA ATÉ ENCARO A PAULISTANA!! É FODA A MINHA CONDUTA EU NAO ESTUDO EU COMO PUTA!!!

UNESP EU SOOOO!! BEBER EU VOOOO!!

UNESP ÊOOOO...FRANCA! UNESP ÊOOOO...ATÉ MORRER!!


Sou UNESPIANO maconheiro e cheirador! Ô! Sou UNESPIANO maconheiro e cheirador! Ô!

Eu não jogo nada, mas eu do porrada! Eu não jogo nada, mas eu do porrada!

A torcida é desunida mas minha pica é comprida! A torcida é desunida mas minha pica é comprida!

A torcida é pequena mas minha pica é grande! A torcida é pequena mas minha pica é grande!


GOOOORFAAA! Eu vou gorfar
Dessde o aloja
Vou me acabar (Vou me acabar, vou me acabar)
UNESP... É putaria, de noite e dia
Vamos beber!

Vou festejar (Vou festejar)
E se perder, me embriagar
Vamos fazer integração
INTERUNESP é um tesão
Unespiano sem noção
Sou Unesp Franca de coração!

JaboticabalEditar

O campus de Jaboticabal é dividido basicamente em dois grupos: Estudantes de agronomia babacas filhinhos de papai (salvo nenhuma exceção), e os Maconheiros (maioria da Biologia e Administração) que são em grande quantidade. Em alguns indivíduos, a quantidade de maconha é tão grande, que o baseado passa a consumi-lo ao invés do contrário.

O campus é conhecido por alguns pela organização da SECITAP (Semana de Ciência e Tecnologia Agropecuária), uma desculpa bonita para não ter aula uma semana inteira, ir em festas todos os dias e ainda ganhar um certificado de bosta no final do exaustivo período.

Jaboticabal é um campus tradionalmente agrário, da pra sentir o cheiro de bosta do campus de Araraquara. Sua composição é formada por seis cursos:

  • Peão Plus (Agropecuária): Pensam que são peões de rodeio, mascam fumo o dia inteiro e fingem serem os bons. A maioria deles vivem querendo ser agrônomos,veterinários e zootecnistas, mas estão lá por não terem passado nesses cursos. Além de cultivar alface na água, ainda aprender a cozinhar e lavar panelas no RU. Saem de lá formados em Lavrador, tratador de gado, coleho, galinha, porco, minhoca e outros animais esquisitos, pedreiro, faxineiro, cozinheiro e se abusar bandido. Os Agropecuários, andam tomando o lugar de muitos agronomos por fazerem esses serviços a preço de banana (macacos).

As mulheres quase não existem, mas as que se habilitam são muito feias, porque para encarar tem que ser bruto. A que Dão, Dão!, e as que não Dão... Dão Tamen!

  • Capa gatos (Veterinária): São pessoas frustradas por não passarem no vestibular de Medicina, tem as mina mais (e únicas) gostosas da faculdade, o dificíl é encontra-lás, o tempo de exposição das capa gato é durante e somente o almoco no RU, depois é impossível achar qualquer pessoa desse curso. Futuro da profissão: Pet Shop Boys.
  • Os pé de alface (Agronomia): Se acham, mas não tiram a mão do cabo de enxada. Curso com absoluta falta de mulheres,mas as poucas que aparecem usam gilette mach sensor ultra cortante. Além dessas mulheres sererem confundidas com vacas e outros animais do campo, a agronoma ataca qualquer ser do outro sexo (ou não). O curso é marcado também péssimo gosto musical, os chapeludo (engenheiro Agrônomo)escutam Sertanejo onde quer que vão. Futuro da profissão: tirar leite do pau .
  • Capa-gatos frustrados (Zootecnia): Também conhecido como Sub-curso. Se já não bastasse os capa gato serem frustados, por incrível que pareça, esse curso só existe para algumas pessoas falarem que estudaram na Unesp. São frustrados por não fazerem veterinária. Futuro da profissão: Problema social.
  • Curso Emo (Biologia): Pós graduação em ciências do ensino médio, destinado a mulheres, os que não nasceram com racha estão se esforçando para terem. Na verdade é que ninguém sabe como o curso funciona, pois não tem professor, não tem sala de aula, não tem depatamemento. O que importa de verdade são as pseudo-gostosas que "frequentam" esse curso durante o dia e casas de família (zonas) durante a noite. Futuro da profissão: Professoras do Ensino Médio Público.
  • Ociosidade (Administração): Esse deveria ser o verdadeiro nome do curso, ninguém entende por que esse curso foi parar em Jaboticabal, mas felizmente eles vieram. São um bando de vagal que não fazem nada o dia inteiro, dizem que tem aula noturna, mas nunca vão, são muito alinhados com a Zootecannabis. Futuro da profissão: Agênciadores de modelos e produtores de filmes eróticos.

GuaratinguetáEditar

Basicamente habitada por futuros Engenheiros cachaceiros e barangas bigodudas, fica próximo a Aparecida do Taboado no Acre. Costumam comer as piranhas de Bauru, Marília, Araraquara, Araçatuba, Botucatu, Potim, Piquete, Aparecida, Lorena no Interunesp, porem ficam só na punheta para as biscates de Franca.

Ver artigo principal: Unesp Guaratinguetá

Ilha SolteiraEditar

OOooooOOO ilha solteira ..PARAPAPÁ fiica mais um pouquinho...PARAPAPÁ você é admirável, você é admirável.. mas é longe pra caralho.. PARAPAPÁ

campus mais admirável da unesp.. não são muitos alunos, mas são bem loucos, e onde vão causam (destruição.. falta de bebidas entre outros)

Só tem putas? Correção a parte das putas: SÓ NÃO TEM MULHER Diferentemente dos outros lugares em que as mulheres sobram - tem dois machos para cada cara. Sabe porque sobra tanto homem em Ilha Solteira? Pra cada aluno ter o seu.

Não se sabe ainda se este campus fica no estado de São Paulo. As notícias que chegam a civilização é que existe um monte de maconheiro que se reune uma vez por ano pra cantar em volta de uma fogueira. Chamam isso de Festival de MPB.

Corrigindo: Na verdade os maconheiros, não pertencem a Ilha Solteira, e sim dos outros campi que vêm para a Cidade. Essa época é muito importante para os participantes da unesp, já que a cidade passa a ter umas mocinhas...

De fato a cidade é a que mais vende cerveja proporcional no Estado de São Paulo, e bem barata. Você escolhe um dos grupos ser NERD ou ser ALCOOLATRA. os unicos que escolhem o grupo "NERD" fazem engenharia eletrica.. logo o ponto (boteco) a tenda entre outros lugares onde se vende cerveja barata varias vezes na semana se veem sem cerveja para servir.

Os --caiçaras-- "nativos" não se familiarizam bem com os universitários.. já que a cidade gira em torno desses alcoolatras. As festas de Ilha Solteira tem a fama de ser as mais legais, pois nao tem ninguém para infernizar, a polícia nao faz nada, os vizinhos nao fazem nada.. o unico desafio são os nerds que moram perto das mesmas.

Ilha Solteira é marcada por duas estações: O verão e a estação Rodoviária. (Se quiser comprar um ar condicionado ou um ventilador é só falar com algumas pessoas por aqui que tem roubado quase todas as repúblicas, eles também tem notebooks...) caralho vamo que vamo unespiranhas

Os alunos são bem variados: Agronomia: geralmente fazem uma roda e ficam falando de botas, botinas, e chapéus, camionetes e fazendas que sua familia possui, além de fazer competição pra ver quem vomita mais depois de uma festa (nem precisa de uma festa). Os alunos ficam falando disso e esperando o sinal tocar. Então eles se lembram que estão na faculdade e que não há sinal, e que, infelizmente tem que voltar pra aula, felizmente tem amigos que assinam a lista para eles e nao sao isolados como os tontos das engenharias. Quando entram na sala, está vazia, a aula já acabou e pegam seu material para ir almoçar.

Zootecnia: O curso mais difícil, e os melhores alunos. Peixes I, Cabras II e Bufalos IV são as matérias mais difíceis. Por causa deles, os alunos sempre são surpreendidos com um porco correndo no meio no campus, e sempre tem um aluno correndo atras do porco. Disputam com a agronomia para ver quem bebe mais, mas a agronomia já está ocupada com a disputa entre os integrantes do proprio curso. Curso que auxilia na quantidade de mulheres na cidade, já que ano pós ano elas aumentam e quase dominam a sala de aula. Procuram engenheiros eletricistas para o casamento, já que cuidar de vacas e porcos não rende tanto assim...

Biologia: É o que salva Ilha Solteira. Se não fosse a biologia, a concentração de mulher cairia de -5,7/Km2(com o curso) para -28,5mulher/km2. É composto por um bando de desocupados e gostosas. Só vão a faculdade à noite e de dia ficam caçando pelo câmpus central. Sorte dos homens da engenharia, que sonham todo dia com uma bióloga.

Matemática: São os que mais se acham na faculdade e os que menos tem crédito. Passam no vestibular com menos de 15% de aproveitamento e querem aprender calculo em 40 minutos. Dormem até as 6:45 da noite e vão pra aula às 7. Por isso (e outras razões) que logo no segundo semestre tem em média 4 ou 5 alunos fazendo o curso.

Física: é o povo mais sem sal. pensam que einsten se formou em ilha solteira. Prestam física porque não conseguem passar em nenhuma engenharia e depois de um ou dois anos pedem transferência. Forma-se 1/2 aluno a cada 3 anos.

Engenharia Elétrica: tem, em média, 14 creditos por semestre, e as salas de aula se tornam grandes piscinas, de tantos nerd babões que existem. Não se vê um provável engenheiro eletricista em uma festa. Mulher? Uma a cada 27 anos aparece por lá.

Engenharia mecânica: chegam em casa com a mãe cheia de graxa e acham que são os engenheiros top. São bem pra frente, se acham fortões e gostosões, e acham que pegam geral em ilha solteira, mas no fim gostam é dos seus companheiros de turma mesmo. Resistência dos materiais é a materia mais dificil, quase impossivel, com um indice de reprovação de 122% (geralmente os professores reprovam os monitores e orientados que nem fazem a materia). Na verdade, sonham em trabalhar em uma grande empresa (BMW, etc) mas não vão virar mais do que mestres formados por Bauru (vai toma no c*)ou peoes na volkswagen com um salário mediocre.

Engenharia Civil: são tão bons que geralmente os experimentos desmoronam, colocando em risco a vida do cidadão ilhense. Sofrem de tanto fazer calculos, mas no final acabam indo tomar uma pinga no primeiro bar da esquina (Bar do Tuíta I, II ou III), e vão fazer provas bebados (imitando os alunos da agronomia). Sonham em transformar a Fazenda da Unesp (que a propósito, fica em MS) em grandes arranha-céus que vão cair com o primeiro temporal. Na verdade, gostariam de estar fazendo arquitetura, mas ára não admitir a tendência-gay natural de alguns cursos, partem para a Engenharia Civil. Corrigindo >>>> Eles não sofrem com cálculos, o curso é tão coxa que eles têm tempo pra ficar se achando por aí. Conhecidos como os burgueses safados, são muito chatos e não se misturam.


Ver artigo principal: Unesp Ilha Solteira

MaríliaEditar

Campus famoso por situar-se perto do bar Kanashiro, pelos maconheiros da pracinha, pelo E.T. Jésus que escolheu Marília pra iniciar a revolução intergaláctica, que em breve chegará a NY, pelos patetas da patética e pela quantidade estrondosa de 5 mulheres para cada 2 caras (sendo 1 deles normalmente gay) graciosas, porém reprimidas e algumas virgens de 17 ou 18 anos, que chegam quase sempre namorando, mas na primeira festa (festa do bixo)acabam dando pro primeiro veterano que aparece, e depois acabam dando pros colegas de república dele, e adjacentes, completando todas as repúblicas masculinas (+- umas 10 no máximo) em menos de 4 anos. Lembrando-se também que pela falta de homem no campus, os poucos heterosexuais que lá existem não precisam ser nem de perto bonitos, basta serem heterosexuais, por isso o campus de marília é considerado o mais fácil de pegar mulher e todo ano os engenheiros da FEG e de Ilha fretam onibus para matar a secura.

Cursos da FFC (Faculdade dos Filhos Carentes).


  • Pederastia Pedagogia Curso que reune maior número de semi-virgens conservadoras loucas-pra-casar, bibas, e síndromes de Peter Pan. Não é raro encontrar uma turma de Pedagogia pelos corredores brincando cabra-cega, pega-pega ou esconde-esconde. Passam também grande parte de seu tempo na brinquedoteca, onde se divertem horrores, é o curso mais infantil e divertido da FFC, uma boa preparação para estragar os nossos filhos. Sem falar no LUDIBUS, que levou o pessoal para o INTERUNESP.

As futuras mal-comidas pedagogas, juram que vão dar uma estudada melhor em nossos filhos. PS. As festas da pedago tem os melhores nomes, vide PEDCABARÉ...


  • Ciências Sociais Famosos pelos cabelos compridos e pelo Cú de Ferro, pois não é qualquer um capaz de ler o que eles leem... Uns se dizem Machos Marxistas Dominantes, outros, Weberianos de esquerda (?), no final duvidamos que realmente saibam daquilo que falam. São muito pedantes e acreditam que vão mudar o mundo (KKKK).

No final, acabam mudando o temperamento sórdido fumando maconha e enchendo a cara no Kanashiro e depois no Oswaldão. Mais o curso apresentou uma latente mudança nos ultimos anos. As novas turmas se pareçem com integrantes de grupos como RBD, Malhação e High Schooll Musical. Eles andam e bando, bebem bebidas caras e vivem nas festas de saude. Os homens se tornaram presidentes da patética e as mulheres do curso vivem maquiadas e com roupas caras. Porem os pseudo intelectuais ainda pregam a revoluçao, so que dessa vez usando um adidas ou uma bolsa cara, tudo em nome do proletariado e com o dinheiro do papai e da mamãe!


  • Filosofia Se acham pessoas excepcionais, mas não tiveram seu lugar na APAE, gostam de pensar que conhecem Habermas e Hegel. Os "filósofos" acham que fazem filosofia, quando na verdade, fazem um curso de história mal contada da filosofia européia, que morreu antes de ter havido faculdade de filosofia no Brasil.

Historiadores da filosofia tão mal contada e autistas dignos de estudo... Mas, cá entre nós: isso não serve pra nada mesmo!


  • Fonoaudiologia. As fonéticas são as mais fofas da faculdade e acham que vai ser rica com o salário,acredita que vai ganhar igual um médico, embora não sejam de muita conversa, a não ser que você de uma gaguejadinha. Elas gostam de línguas grandes e passam as aulas pintando quadrinhos e preenchendo lacunas de textos primários. São lindas e cheirozinhas, apesar de às más línguas dizerem que elas não lavam os cabelos para não desmanchar a chapinha. Apesar de passarem grande parte do tempo no Campus 2, mas isso só as deixa mais atiçada para irem as próximas festas e garantir um dos poucos homens que lá tem (obs: o campus 2, não deve ter mais de 10m2, onde pacientes, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, e terapeutas ocupacionais atendem com medo de que a próxima chuva possa derrubar tudo)


  • Terapia Ocupacional (ou treparia ocupacional). Um !!! estas são demais, também lindas e fabulosas, porém ressentidas por não terem entrado em medicina ou psicologia, mas se apaixonam pelo curso logo de cara! Algumas dizem que a melhor terapia ocupacional é o sexo. Normalmente são as primeiras a completarem as 10 repúblicas masculinas! E são consideradas as mais fáceis da faculdade.
  • Fisioterapia (ou fisiotreparia) Alguns dizem que eles são ressentidos por não terem sido capazes de fazer medicina, mas isso não passa de intriga da oposião (causada na maioria das vezes pelos Machos Marxistas Dominantes e Weberianos de esquerda). O bando de meninas não são mimadas e nem filhinhas do papai e não são acompanhadas de trogloditas (é um grupo heterogêneo, como qualquer outro). Ficaram famosos pelas festas da FIFO (junto com as meninas da fono). Entre os três cursos da saúde são as mulheres que mais se acham, pela sua note de corte mais alta, mas não conseguem superar as T.O´s em nível de sexo casual, normalmente chegam namorando, e continuam namorando, porém isso não as impede de tem mais 1, 2, as vezes 3 namorados ao mesmo tempo, se acham superiores na inteligência, mas no final acabam caindo no mesmo xaveco estúpido dos mesmos caras que pegaram suas amigas de república, sempre gerando grandes brigas, por isso mesmo no final dos 4 anos normalmente elas moram sozinhas.


  • Biblioteconomia- São-paulinos, Cara de secundaristas, mentalidade de secundaristas, atidudes de secundaristas, usam materiais escolares de secundaristas...até o 4º Ano quando dos homens [homens? anhãm sei...] que freqüentam o curso, 50% se tornam maconheiros e cachaceiros (verdade cachaceiros). A outra metade é de viados e emos que fingem não saber disso, contudo nos últimos anos a maioria já entra no curso sem não fingir mais, são assumidos e se pegam geral (isso mesmo, acreditem...). O Curso de Biblioteconomia dedica toda sua atenção a pesquisa da real função da biblioteca do campus, embora ainda não tenha atingido sucesso.


  • Relações Internacionais - erraram o caminho da Unip (errado...da UNB ou PUC), vieram pra Unesp jogar War por 4 anos e torrar o dinheiro do papai em cerveja, maconha, ácido e bala. Dizem pelos corredores que serão diplomatas, porém são incapazes de se relacionar até com o porteiro da Faculdade. Um dos poucos cursos com metade de homens e metade de mulheres, porém ainda não se sabe calcular a quantidade de gays nesse curso, sabe-se porém que é bem alta. Pagam de gatões durante as festas, pois são quase os únicos homens que conseguem dialogar, sem falar de política e de greve. Porém no final das contas pegam as mesmas biscates que todos os outros amigos pegaram, quando dão alguma sorte, pegam uma bixete que se diz virgem (vai saber!).


  • Arquivologia - Baixo clero do Departamento de Ciência da Informação, até hoje desprezada pelos professores bibliotecários ortodoxos, há boatos que no ano de 2578, os arquivistas terão um laboratório para a realização de práticas profissionais. São, com raras excessões, certa e inequivocadamente, os mais babacas e esquisitos de todos. Não é a toa que são filiados à Patética...Alguns de seus estudantes dizem que nasceram para o curso, o que não passa de uma desculpa, uma vez que já estão cursando arquivologia mesmo (esse curso fantástico e interessantíssimo). Em contrapartida, constantemente se ouve alguns estudantes de arquivo dizendo: "Ó, meu Deus, onde eu fui me meter?". Para tentar sanar o naipe da cagada que fizeram, vivem usando a mesma desculpa: quando quiestionado o porquê dessa escolha tão esdrúxula, respondem: Porque os concursos são muito bons... (coitados)


Os novos cursos criados na FFC (Fisio, TO, Arquivo e RI) vieram para desmobilizar uma geração antiga de filhinhos de papais enrustidos que pagam de ReBelDes politiqueiros. O Reitor pensou: "vou mandar um monte de mulheres e de babacas com mentalidades vazias para Marilia, assim, esses ReBelDes bárbaros não farão mais greve nem ocuparão mais a direção". É desmobilizou... ele foi feliz... Porém, o Tullo vai mandar RI e Arquivo para o novo Campus da UNESP em Avencas...E de CS e Filo para São Tomé das Letras [MG, mas anexo de SP] ou Guantánamo [Cuba, mas foda-se...].

AH! A patética quer dizer atlética... Lugar onde a geração saúde com drogas finas se reune para celebrar os esportes. Porém, a diretoria ganha muito dinheiro nos interunesps e ninguem sabe disso. São patéticos pragmáticos porque agem desta forma, enquanto o movimento estudantil reivindica ocupar a direção!!!

Sem esquecer, é claro, do nosso querido movimento estudantil. Diferentemente da patética, eles realmente sabem se mobilizar! Com sua dúzia de pseudo-revolucionários que recebem salários de partidos políticos (ou mesmo como funcionários da Unesp) se acham superiores a todos os outros mais de dois mil alunos. Assim como outros "movimentos" dos quais fazem parte essa mesma dúzia de pessoas, que, aproveitando-se da idiotice dos bixos, consegue doutriná-los, mas por no máximo uns dois meses. Depois disso eles caem na real e mandam todo mundo se foder. Além de serem hipócritas e comparecerem a todas as festas da patética e da saúde, onde vão atrás de xoxotas. Infelizmente não conseguem, gerando inveja pelos caras de RI, Fisio, e da patética.

Presidente PrudenteEditar

Localizado no extremo oeste paulista, chegando a ponta onde começa o inferno, com seus amenos 100 graus a sombra, o campus de Prudente - o mais rural da Unesp - é famoso por ter as melhores festas, tudo por preços baixos e todas sendo Open bar. Famoso também por realizar os Leva e Bebes em repúblicas, vilas ou nas próprias ruas da cidade. No entanto, todas acabam quando a força tática da polícia federal chega.

Apesar de serem orgulhosos de seu complexo esportivo, onde o máximo que se faz é deixar a criançada brincar de pega-ladrão na melhor pista de atletismo do país, a Unesp de Presidente Prudente é famosa por todos os anos tentarem ganhar o Interunesp (jogos internos da Unesp) para o pessoal da Unesp Bauru (Hey...Bauru Vai Toma no Cu!).

Também é conhecido pelo supercomplexo museográfico da 10º região da alta sorocabana, onde conservam pedaços de indios lascados, restos de muita coisa achada por ai e artefatos domésticos. O prédio é uma caixa d´água, que serve de ninho de urubu, mas que na verdade era para ser ampliado como ponto para pouso de discos voadores, porém não vingou essa possibilidade, pois temeu-se a abdução do gado na região, artigo valorizado e amado, o qual figura na bandeira da cidade, com os dizeres "Sou desse Chão, onde o Rei é Pião".

Umas das principais áreas do campus é a área de estudos da biblioteca, onde muitos vão para paquerar e jogar conversa fora, mantendo um clima agradável para aqueles que querem escapar dos estudos.

No campus, pastam os seguintes cursos:

  • Arquitetura: O curso, também conhecido como "Arquiteputaria" é famoso por ter as meninas mais bonitas do campus. Quando entram na faculdade todas são inibidas e mitidinhas. No últimos anos, se soltam geral, fazendo jús ao nome "Arquiteputaria". São apelidadas de divas pelos rapazes dos outros cursos. Também é o curso que tem o maior índice de viados por sala em toda UNESP. Vira e mexe, apresentam algumas exposições ridículas pelo campus.
  • Geografia: Os alunos e professores se vangloriam por ser um dos melhores cursos do Brasil, apesar de seus alunos na grande maioria sererm os fracassados da Fuvest. O curso é famoso por ter a maior concentração de desocupados do campus. No entanto, os atuais alunos dizem que ao contrário dos seus veteranos tomam banho, cortam o cabelo, não vão para a faculdade de chinelo, apesar que este geográfo não é conhecido no campus de Presidente Prudente. Os melhores alunos da universidade são os da geografia, quando estudam!!! Mas isso não acontece!!! Reza a lenda que os alunos de geografia só se alimentam das frutas das mangueiras do campus, e só tomam banho na piscina.
  • Pedagogia: É também conhecido como curso "Caça-Matrimônio". O curso é composto por 99% de alunas mulheres, sendo dessas 74% casadas, 13% noivas, 22% idosas, 9% lésbicas e 63% gordas (Fonte: Curso de Estatística da FCT-UNESP) Por isso, são também carinhosamente apelidadas de "Pedagordas". Além disso, são as maiores compradoras de Avon e Natura de todo o campus!
  • Matemática: São no geral as pessoas mais feias da faculdade. Homens com caras de nerds frequentadores da mesa de ping-pong do D.A. Mulheres também com caras de nerds frequentadoras assíduas da seção de exatas da biblioteca da faculdade.
  • Química: Mesmo estudando em um dos piores cursos de química, são todos felizes! O curso não tem laboratórios, falta professores, materiais...Mas são felizes!!! São também os maiores fornecedores de Loló de todo o Oeste Paulista. depois de um ano na faculdade ficam liberais. Alguns possuem tantas Dependências (DPs) no histórico escolar, que fica parecendo que algumas disciplinas em vez de serem semestrais são tri-anuais.
  • Física: São os caras mais estranhos da faculdade. Raramente se encontra uma mulher no curso. Em geral, são todos pingaiadas!
  • Estatística: Embora o curso tenha 4 anos de duração, e as turmas sejam de 35 alunos, cerca de 94% dos alunos terminam o curso em no mínimo 6 anos com média de 7,8756 formandos por sala. Desses, uma média de 68,954657% arranjam emprego ao terminar a faculdade. ( Fonte: Departamento de Matemática e Estatística da FCT-UNESP).
  • Fisioterapia: É o curso mais isolado e antisocial do campus. Por se vestirem de branco, os alunos criam a ilusão que estão no curso de medicina. Juntamente com a Arquitetura tem as meninas mais bonitas do campus. Nas festas, é comum você ouvir: " A Fisio não tem amigos"!!! O curso é também conhecido como Fisiotreparia.
  • Educação Física: Ao contrário do que deveria ser, as meninas da educa não são as mais bonitas do campus. No decorrer do curso, boa parte delas engordam, tornando-se assim depressivas. É o curso que tem a maior concentração de lésbicas e sapatas no campus. São também os alunos que menos frequentam a biblioteca. Existe caso de alguns que não sabe nem onde ela se localiza!!! São também os maiores frequentadores de festas.
  • Engenharia Ambiental: Também conhecidos como "pseudo-engenheiros" não passam de geógrafos que sabem fazer contas, apesar de ser o curso mais concorrido. Na atualidade fazem as melhores festas da faculdade, porque não precisam estudar mesmo!
  • Engenharia Cartográfica: O único curso da América Latina e Caribe, o problema é que a faculdade ainda não arranjou uma ocupação para os alunos depois de formados, já que todos os mapas já estão desenhados e disponíveis de graça no Google. Também é notória a aplicação desses profissionais em FDP: "Fotometria Deploration on Pay", que se estende por FDP 1,2,3 e Hard, onde muitos saem com nariz empinado e achando que sabem tudo, tentando palpitar em outros cursos com seus incríveis e não pouco inúteis softwares de georeferenciamento. Por conta disso, é fácil perceber que muitos desses alunos são mal resolvidos e anseiam em reafirmar que são um curso "foderengo", de modo que corre um projeto para a criação de um Campi destinado a essa espécie, onde haverão seções de massagem de ego e de sadomasoquismo aplicado. A finalização desse empreendimento de alto padrão em pagação-de-pau, só depende do levantamento topográfico da área entre a Casa da Mãe Joana e a Ilha de Caras-de-pau. São famosos na faculdade por realizar "os dias do Teodolito", onde conta nota as caras e bocas feitas, como se estivessem fazendo algo importante, mas na verdade ficam pastando mesmo, algo muito praticado depois da vida acadêmica.
  • Ciências da Computação: São os maiores nerds na faculdade. Não frequentam festas e raramente são vistos na faculdade. Dizem as más línguas que eles trocam o dia pela noite, pois durante a madrugada ficam fixados jogando jogos nos computadores. E só tem filho da puta também, viu. Tirando osgorda que é mó ponta firme.

Rio ClaroEditar

Rio Claro é uma cidade pacata do sertão paulista, porém conta com a existência de muitos Alcoólatras, Maconheiros, Gnomos e garotas muito gostosas que nunca ficam sem um copo na mão. Não podemos esquecer que ESTE CAMPUS NA VERDADE ERA PRA SER UM GRANDE HOSPÍCIO. Isso mesmo, muitos loucos foram mandados para la, recebidos como professores e estão la até hoje dando aula e com medo de serem descobertos.

Alunos e professores de Rio Claro não veem a hora de fugir do hospício (ops... do Campus) para se reunirem diariamente no Sujinho's bar. La professores ensinam as melhores maneiras de fumar maconha, beber pinga e jogar baralho. Há disputas de baralho, de arrotos e de arremesso de garrafas. O aroma do Sujos (nome carinhoso do Sujinho's) é de urina, fezes e a mais pura cannabis sativa (símbolo oficial da Unesp de Rio Claro junto com a Pinga de Feijão.

A Unesp tem um campus vasto com muita plantação de grama e ar livre, tendo assim um bom ambiente para seus alunos estudarem as disciplinas:

  • 1° Bolação I,II;
  • 2° Dixavação Integral;
  • 3° Administração de bebidas alcoólicas.
  • Pós graduação em Metodologias e Tecnologias de atividade Alcoólica e suas permanências.

Alunos de Rio Claro também são conhecidos por não serem estudantes preconceituosos, apesar de não serem engenheiros eles pegam qualquer ser que tenha uma buceta entre as pernas, não discriminando feias, caolhas, aquelas minas feias que se acham e ecólogas de suvaco peludo. Dividem-se em 2 institutos: o IGCE(Instituto de Guloseimas e Culinária Especial) e IB (Instituto de Balé). Segue abaixo a relação dos cursos do campus Rio Claro, e o fenótipo de seus alunos:


  • Biologia: Reconhecido pela beleza de suas estudantes e trejeitos muito particulares de seus alunos (no mundo existem os heteros, os homos, os bis e a biologia). Todo o conhecimento adquirido nas aulas são usados para o plantio da maconha e para deixa-la mais produtiva. O estudo de campo é feito em puteiros disfarçados de repúblicas, onde os alunos tem a oportunidade de enjaular seus colegas e estudar seus comportamentos após a ingestão de grande quantia alcoólica (sério). Esperam um ano inteiro para participar do Interbio, onde encontrarão um bando de gente sedada como eles, e quando o asunto é drogas só perdem no quesito álcool, para a Computação. É um dos cursos famosos (competindo com a Geografia e a Geologia) por ter dinossauros que estão no campus há 12 anos e não pretendem ir embora tão cedo.

  • Ciências da Computação: A principal função desse curso é ensinar os alunos a fazer programas. No entanto, os alunos deste curso juntos formam um mini-hospício dentro de um hospício (afinal este Campus era pra ter sido um Hospício como já comentado). Cada aluno tem uma doença da cabeça diferente, retardos mentais leves a severos, doenças mentais irreversíveis, autismo e antissociais é o que mais tem. Tornou-se o único curso onde é possível 'catar' todas as mulheres da sala (afinal são 3 em cada 35 alunos, mas uma sempre é lésbica e outra tem fobia de pessoas). Isso se você tiver coragem pois geralmente são "canhões", e se você não for um computeiro, por razões óbvias...). A razão de homens e mulheres também é expressa pela proporção Changeman (5 japoneses para cada um monstrinho). Alguns alunos normalmente se utilizam do método Salsicha. Mas a maioria prefere o método do Software Livre (do qual são bons adeptos). Neste método, todo conhecimento de tarefas e provas são copiados, compartilhados por todos e entregue de forma idêntica, só mudando o nome.

Possuem a maior reunião de babacas do mundo, conhecida como Intercomp, o qual todos passam alucinados de tanta droga e putaria(acreditem)

  • Ecologia : São conhecidos por não tomar banho e fumar muita maconha. As meninas sempre de saias largas até a canela, pernas peludas, suvaco cabeludo, sandálias de couro e uma bolsa a tiracolo (sério, também). Os rapazes com muita barba, sempre meio bêbados e fedendo como um burro molhado. Algo muito peculiar é que é comum encontra-los portando uma flauta de bambu. Costumam fazer pinturas corporais com jenipapo (gostam de parecer índios) e ficam mais de um mês com a mão colorida de azul escuro (ha os que preferem outras cores). Esses seres também são falsos adeptos ao movimento sem terra, assim como alguns geógrafos e alguns biólogos que não sabem direito o que estão fazendo na faculdade. O gosto musical se resume em um disco velho e riscado do Ney Matogrosso que toca em todas as festas da ecologia, podendo variar para Funk Como Le Gusta ou alguma música sobre o período da ditadura brasileira. Isso tudo sem falar dos vegetarianos e ovolactovegetarianos defensores ferrenhos dos animais. As alunas da Ecologia, por algum motivo, parecem ter uma predileção por alunos da Computaria e da Geologia.

  • Educação Física: Vulgo Acéfalos.É o único curso de toda Unesp a adotar um uniforme. Homens: Camiseta regata e shortinhos anos 80 (muito gay). Mulheres: (sempre meio gordas ou com culotes): Roupas de academia coladinha que em geral pressionam sua camada adiposa como se fosse um corpete. O local predileto deles é a cantina, que chamam de Gigabyte. Quando não estão lá, estão na academia ou na sauna gay. Os homens se acham gostosões, mas não comem ninguém. Uma das possíveis razões é que por tomarem muita bomba para parecerem fortes, a maioria já não tem mais próstata e consequentemente viraram gays (alguns deles dão mais que muitas mulheres juntas). As mulheres se acham gostosas, mas por mais tentem, só a computação tem coragem de come-las, e muito bem por sinal

  • Engenharia Ambiental: Geralmente filhinhos de papai que ao se formarem passam a fazer projetos de jaulas de animais e gaiolas de passarinhos. Não fumam tanta maconha quanto os ecólogos, não bebem tanto quanto os geólogos, não são tão bobos como os computeiros, não dão tanto o rabo quanto a educação física, nem brincam tanto de Twister pelados como a biologia. Também não ganham nada nos esportes, não têm nem um departamento. Tadinhos...

  • Física:Recentemente integrados ao resto da comunidade unespiana de Rio Claro, esses futuros professores frustrados de cursinho podem agora ter contato com mulheres, algo que ainda não conheciam. Conhecidos por serem chegados a uma pinguinha com limão e gelo, hoje eles não abrem mão de um bom brinde de Vila Velha Carvalho, agora não mais com limão e gelo. Há apenas alguns focos de consumidores de cannabis sativa, porém estes representam por todo curso, aproximando o nível de THC ao dos geógrafos, que se encontram em 2º lugar do ranking. Os futuros físicos se dividem em loucos em repúblicas, e nerds em quitinetes e pensões. As reps mais conhecidas são a Véia Loka (por ser um antro de loucos já formados que continuam a pegar bixetes), Sedex (por dar PT até as 10 da manhã do dia seguinte), a Toka do Shrek (por xavecar as bixetes antes mesmo delas passarem no vestibular) e a Antissocial (que têm o péssimo hábito geográfico de fazer greve e que quer ser conhecida a todo custo, mas devido à sua antissocialidade é sempre muito pouco frequentada... pelos alunos da física!). O curso vem se destacando nas cervejadas de começo de ano devido ao grande índice de bixetes, que fazem o pedágio gerar um lucro nunca antes visto.... São tão loucos, que ainda não decidiram o que fazer, se rasga merda ou se come dinheiro, afinal, tudo é relativo, até mesmo as suas loucuras.

  • Geografia: Entram na faculdade pensando fazer uma revolução e então mudar o mundo. Em geral tem mulheres deliciosas que os próprios geógrafos não dão conta (pois geralmente preferem ficar fumando maconha). Não conseguem ser primeiro em nada, são os 2º que mais bebem (perdem para os Computeiros), 2º que mais "dão um peguinha" (perdem pra Ecologia), 2º mais dementes (perdem feio pros computeiros). Além disso, são sempre a segunda opção das próprias mulheres da geografia ou sempre os últimos á saberem que a mina que estavam pegando pega outro cara. Tem uma divisão clássica: os geógrafos "Xiitas": são mais revoltados, se vestem como hippies, carregam um grande livro de Karl Marx embaixo do braco e querem instalar o Comunismo no Brasil. Che e Fidel são ídolos incontestáveis. Aqui, raros exemplares de Gurias Retardadas filhinhas de papai que gostariam de fazer uma revolução enquanto andam por aí com um Peugeot do ano. O 2o grupo são os geógrafos "Sunitas": são mais calmos, preferem a Maconha á discussão sobre teoria política, e não suportam seus irmãozinhos "Xiitas".

  • Geologia: Os terceiros mais bêbados da universidade. Ninguém sabe ao certo porque bebem tanto. Provavelmente devido a tomarem muitos chifres ou algo parecido. Vivem numa realidade alternativa ("Geologia way of life"), são antissociais (nem os próprios geólogos sabem onde eles estão) e vivem em suas saídas de campo (aliás, é o curso que mais viaja), geralmente pros lados do Acre, quando aproveitam pra ficar em acostamentos de pistas, martelando pedras, fingindo ouvir um professor que finge explicar algo que nunca aconteceu, pra depois irem pra algum bar na beira de uma estrada pra passar a noite bebendo. Sofrem de Antropofobia, pois não vão em festas que não sejam da Geologia. Consideram quem não é da Geologia gentalhas... Os que conseguem se formar provavelmente terão os melhores salários. Afinal o que importa é pedra... oops, rocha! Os professores desse curso moram nos prédios do departamento e tem como costume ficar trabalhando até o cu fazer bico, momento em que põem de lado seus martelos, livros e rochas e vão dormir e sonhar com trabalho. As aulas começam pouco depois das 8:00, que é o horário que a segurança do campus abre o Museu de Paleontologia para acordar os professores.

  • Matemática: Seus estudantes são conhecidos como "Futuro da Nação", mas são apenas engenheiros frustados. Os "estudantes" da matemática não fazem festa, não tem perspectiva profissional e são apenas os primeiros no quesito caretice. Seu departamento possui uma feira de hortaliças (do sítio do titio Vanderlei) ao lado do Departamento, todas as terças e sextas-feiras! Aprendem tanta coisa aprofundada sobre matemática que esquecem como fazer contas simples de adição e subtração.

  • Pedagogia: Curso formado por velhas, gordas, evangélicas xiitas e viados. Todas estão em busca de um príncipe encantado e rico (inclusive os viados), normalmente provenientes do cursos da computação, afinal eles não tem o mínimo de distinção. Contudo, no final das contas, oque elas querem mesmo é desencalhar. Parte delas se faz de santinha, mas são essas que gostam mais de sexo selvagem uhullllll e dão mais que os caras da Educação Física. Algumas curtem meter a noite toda na faculdade. Costumam andar fantasiadas ou com nariz de palhaço pelo campus, durante as aulas aprendem brincadeiras de roda, musica da formiguinha. Quando a sêca está braba, elas fazem uma balada grande e cobram mais barato de quem for homem. Aí ficam todos bêbados e elas conseguem alguma diversão.

São José dos CamposEditar

Dentistas gostosas e safadas!!!!

A maior proporção de virgens por habitante da UNESP. E também de viadinhos e outros gêneros de provinciais sub-gêneros. Também denomonada "Paraíso" pela grande quantidade de "calças brancas com calcinha enfiada no rego".(Ou NÃO!!) E também conhecida como o menor campi e também o único sem R.U., D.U., C.U.,..

Devido a microscópica área habitável, mas exceletemente localizada no meio do centro do olho da cidade, toda a cidade paga um pau para os ex-tudantes.
Os funcionários são levados na rédia curta, primeiro atraso desconto no pagamento, segundo processo pra demissão por justa causa, mas isso não funciona pra todos, depende do nível de puxa saquismo ou fazer parte do sistema.

Chefes contando historias de pescador para motivar os funcionários, com peixes e carangueijos gigantes.

Engenharia Ambiental

O campi mais migué da univercidade paulista, aliás sequer é um campi, possuindo um microscópico complexo de 6 salas de aula emprestadas pelo parque tecnológico da cidade. Os unespianos percorrem diariamente cerca de 40km para ir e voltar do centro da cidade até o parque. Como não é possível estabelecer moradia próximo ao parque técnológico os unespianos da engenharia se estabelecem no centro da cidade com intuito de (comer as gostosas da odontologia) ficar próximos aos demais estudantes da univercidade

São José do Rio PretoEditar

O câmpus de São José do Rio Preto se destaca pela quantidade de mulheres, dos dois sexos. A Unesp é tão importante para a cidade que nem os taxistas a conhecem por este nome, só ouviram falar de um tal de Ibilce. Apesar de possuir cursos das três áreas (Erratas, Boiológicas e Inumanas) não se conhece pesquisa que preste que tenha origem neste Instituto, a não ser o cachaceiro que ligou 10 computadores em um hub e saiu espalhando que tinha feito supercomputador. Entre um hamburgão do Marcão e uma partida de sinuca no DAF (Diretório Acadêmico Folia) os vagais deste instituto ainda fingem pertencerem a um destes cursos:

  • Engenharia de Alimentos - A melhor formação para donas de casa modernas que salgam a comida em mols. Entre uma aula de Doces e Bolos e outra de Fermentos, as cozinheiras e os afetados deste curso organizam as festinhas mais organizadas demonstrando serem prendadas para a minoria macha que só vai a cozinha para buscar cerveja.
  • Letras - Sem o domínio da culinária as meninas fofinhas de letras jogam pesado na procura de maridos nas festinhas (nas outras noites recebem os "clientes" nas suas casas) elas brigam por nerds e cdfs como se fossem pote de ouro no fim do arco-íris. Por falar no assunto, os homens (bichas) deste curso não causam contrangimento pois se contentam em relacionar entre si. Nunca se ouviu falar se algum macho ibilceano que assuma ter um amigo homem (você entendeu) deste curso. Na verdade o curso é povoado por gordas que se acham gostosas e que "frequentam" esse curso durante o dia e casas de família (zonas) durante a noite. Futuro da profissão: Professoras do Ensino Médio Público.
  • Tradução - Cursos da bichas loucas que depois de duas biritas começam a falar francês nas festas. Qualquer dicionário ajuda mais a traduzir do que os ignóbeis alunos, pelo menos você não corre o risco se assediado por um barbudo ou coçadora de pseudosaco. As meninas do sexo feminino desfilam no câmpus como executivas, sem dar bola para nínguem, reiterando a visão preconceituosa quanto a sua preferências.
  • Matemática - Quiseram fazer computação e não conseguiram, se contentaram com a segunda opção. Aprendizes de carrasco estes hps aprendem com os doutores as práticas de torturar alunos. "Num papel você escreve 'a frase do verso é falsa' você vira e escreve do outro lado 'a frase do verso é falsa', pronto você entrou numa diagonal".
  • Biologia - Algumas pessoas insistem em dizer que existe este curso no Instituto, contrariando até o manual, a verdade é que este curso não existe, os alunos que passam no vestibular ficam perambulando pelo câmpus durante todo o dia, pois realmente não têm nada para fazer, de vez em quando organizam greves unânimes em assembleias que só eles tem tempo de participar.
  • Computação - Núcleo de resistência macha do Instituto, tão macha que eles não se relacionam com mulheres. Além de tendinite aguda estes seres desprezíveis ainda possuem o mal do autismo, pois nem com as caça-maridos da Letras rola nada. Quando vão em festas falam de informática, fazem piadas que nínguem ri e depois riem porque nínguem riu. Seus professores estão entre os maiores pesquisadores do Brasil em tecnologias obsoletas pelo bem da computação.
  • Pedagogia - O magistério avançado para futuros grevistas é um curso recente e notivágo, não há amostragem sificiente para identificar o perfil deste tratantes.
 
Típica calculadora da HP barata, usada pelos estudantes dos cursos de erratas, para a resolução dos exercícios.
  • Física Biológica - Os alunos deste curso renegam a viadagem 'Biológica' e se dizem físicos, como se fossem grande coisa. Os futuros especialistas sem mercado de atuação são como camaleões, tem traços do comportamento de todos, principalmente pelo fato da maioria ser desistente e/ou jubilado dos outros cursos Curso campeão absoluto dos jogos alternativos do Intercursos, devido ao alto número de alcóolatras e fumantes.
  • Química Ambiental - Um bando de enganada, disseram que era curso novo, inédito e quando viram de perto, pura viadagem. Também relegam o 'Ambiental' e se dizem Químicos. Seus alunos entraram diretamente do ensino fundamental tamanha é a concorrência por uma desgraça sem futuro dessas. Os professores os elogiam por serem os únicos a pedirem licença para sair da sala. O laboratórios são os mais modernos almoxarifados do câmpus.


Hino dos maconheiros, vagabundos alunos do IBILCE

Com gono, com sífilis, caralho resentiu-se mas a buceta era cheirosa e a trepada repeitu-se. Nosso time é muito foda, é o time do IBILCE. Me bate uma punheta, que eu toco a siririca, tira a mão do bolso e vem pega na minha pica. Eu como, eu meto, é a Unesp de Rio Preto. Suru (suru), suru (suru), surubaba. É cu (é cu) é cu (é cu), é curtição. As meninas do ibilce são maior tesão. Pinto, caralho, bunda. gonorréia só da coceira. unesp rio preto é a primeira. Eu fumo, eu bebo, eu chero sem pará. unesp rio preto.. rá rá rá! cerveja, maconha, mulher e putaria. unesp, rio preto, só da psicodelia!

DAF (Diretório Acadêmico fajuto Filosófico)

O DAF é vastamente conhecido e frequentado pelos alunos vagabundos do IBILCE, ou seja todos. Com uma decoração de merda descolada, abriga vários sem tetos da UNESP que procuram o lugar para fumar, foder ou apenas dormir em um dos confortáveis sofás. Ainda nao foi descoberto o verdadeiro uso do DAF concedido pela reitoria da UNESP, alguns dizem que sua utilidade é para a reunião de membros intelectuais mas ainda não foram constatados tais membros neste campus.

 
bandeja deliciosa do RU

São PauloEditar

Sim, sim sim, existe um campus na cidade de São Paulo. Pelo menos é o que diz no manual do Vestibulando e vamos tomar isso como base ok, mesmo sabendo que a Unesp é uma faculdade criada com intuito de desenvolver o vasto sertão interiorano(interior paulista). É o núcleo gay da UNESP, quem vai ao Interunesp sabe bem disso (e não pense que é apenas por causa dos atores).

Na falta do que fazer, alguns políticos e reitores muito bem intencionados fundaram um instituto para abrigar os transeuntes que ficavam no Vale do Anhangabaú tocando sanfona e tirando sons de pratos e tralheres. Foi desta maneira que surgiu o famoso Instituto de Artes de São Paulo.

Os alunos, vindos da mitologia de Tolkien, se aglomeram no "prédio" do Instituto. Uma lenda muito antiga, cravada em runas numa pedra diz que "Um dia, os alunos do Instituto de Artes rumarão para o Paraíso, localizado na Barra Funda, onde haverá espaço para todos, isolamento acústico e um Bandejão."

A população de São Paulo felizmente paga regularmamente seus impostos, e estes são revertidos em formas de benefício para esta população sendo parte deste dinheiro investido nos "cursos" superiores da Unesp. Nessa maravilhosa faculdade, são ministrados os seguintes "cursos":

  • Composição e Regência: São músicos chatos que se acham os melhores no que fazem. Geralmente eles são, mas mesmo assim são tão chatos que nem as piadas sobre eles têm alguma graça.
  • Instrumento: Há cursos de bacharelado em muitos instrumentos: piano, violino, viola, orgão, flauta, cuica arcaica, batuque mesopotâmico, etc.

Todos os alunos são segregados entre sí. Não bebem e não fumam maconha, ou seja, são formas inferiores de vida.

  • Educação Artística e Artes Plásticas: Daqui há um ano não vão mais existir.. é tudo o que você precisa saber.
  • PIAP: Percussão do instituto de artes do planalto. Esses talvez merecem nosso respeito, pois são pessoas malucas que estudam até de madrugada e ainda sim conseguem comer meninas nas principais festas como símbulos de masculinidade que são (apesar de muitos boatos de serem todos viados). Eles têm a própria caverna.
  • Canto: São aqueles que trabalharão em óperas. Ou vão fazer covers de bandas como Roupa Nova ou Sandy.
  • Artes Visuais: Curso que tem como premissa "faça tudo para parecer que fez alguma coisa". Depois de formados os alunos figuram nas estatisticas de desemprego.
  • Educação Musical: A maior atividade deles é ser chacota dos músicos de verdade.
  • Artes Cênicas: A maior atividade deles é andar pelado por aí. Há algumas alunas gostosas, safadas e a maioria (99,99999999999999999...%) dos alunos homens (se é que podem ser assim chamados) são gays (pré requisito exigido na matrícula).

Unidades Experimentais (Pois é...)Editar

Unidades Experimentais são campos de concentração onde enviam os professores mais corajosos (ou sem amor à vida) para lecionar em locais onde ninguém mais tem coragem de ir. Tais unidades são freqüentemente confundidas com presídios ou hospícios devido às suas muralhas de arame farpado e furiosos cães de guarda. Geralmente estão instaladas no pior gueto do pior bairro da pior cidade da região, motivo pelos quais há muitas baixas entre os alunos e professores (latriocínio). Os atuais campus experimentais remanescentes são:

  • Araçoiaba da Serra: Banana, Goiaba... UNESP, UNESP, UNESP Araçoiaba! A UNESP Araçoiaba foi fundada no dia 1 de abril de 2000, com o objetivo único de formar um campus voltado para a inovação e necessidade do Brasil de atender a demanda de civilizações cada vez maiores e mais competitiva entre seus indivíduos. Apresenta os seguintes cursos: Iluminações públicas, Ligações internacionais,Cortes Bovinos (licenciatura), BCA (Bacharelado em ciências dos azulejos),Democracia com ênfase em ditadura, Ecologia Nazista, Agronomia aeroespacial, Engenharia Capilar, Engenharia sensual(NOTURNO),Administração de suplementos(NOTURNO), Números com ênfase em impares, Enfases em ênfase( NOVO ). Cursos Técnologos: Gestão de ingestão em gestantes e Tecnologia do sanito. Possui grande rivalidade com a UNESP campus Bofete!
  • Dracena: Ninguém sabe, pois perdeu-se o contato com este campus à (há, aprenda a escrever!) mais de três anos.
  • Itapeva: Campus novo, especializado na formação de alunos para o manejo do Pau (Ui !!!!!) Os engenheiros industriais madeireiros aprendem fazer coisas feitas de madeira, fazer outras coisas de madeira e fazer mais coisas feitas de madeira, etc.
 
o bom aproveitamento da madeira

É impressionante a utilidade da madeira e a variedade de coisas que podem ser feitas com ela. As pesquisas do campus são voltadas para a criação de mafagafos que preferem comer Madeira a humanos (como acontece com os humanos sempre tem alguma biba vegetariana ou viado vegetariano).Agora Itapeva existe e está no mapa. É uma cidadezinha pacata do interior, quase do tamanho de tangamandápio, que agora possui tambem o curso de engenharia de produção (se é que é uma engenharia). É um campus cheio de gostosa (só que nunca levam), e a unica coisa legal que esse povo leva pro inter é aquelas caneca de madeira. Os hinos são: "Produção e madeira que bebe a noite inteira, bebe pinga bebe cana, chacoalha e não derrama, as mina pede pica, os mano pede xana, a pegada é boa, o sexo é sacana, se come uma vez, ja diz que me ama, vem, ousadia, vem, pornografia, vem, alcolemia, sexo, mulher, cerveja e muita putaria, elas pede na xana mas é no cu que leva, Unesp itapeva, unesp itapeva, Eles vem de machadinho e nóis vai de motosserra, Unesp Itapeva, unesp itapeva, O campus é pequeno mas a gente se integra, unesp itapeva, unesp itapeva.." "Pinto gigante, saco anormal. Madeireira estadual!"

  • Ourinhos: Terra de gente feliz, Ênfase em climatologia, isso mesmo clima o que? Geografia para desocupados, maconheiros, bebuns, piriguetes, mina cherando a maconha e jubilados, a maioria fica lá por 5 anos, sai sem ter aprendido muito de geografia, porém, muito sobre como a universidade atrapalha os meus estudos!!! Recebem o diploma de bacharel, e O mais incrível é que alguns sonham em trabalhar na petrobrás. Loko, loko, loko eu sou da Unesp. é o lema ideal! Tem como mascote da sua atlética o Ramon Valdez!
  • Registro: Pessoas que pensam em "plantar" em terra alheira.
  • São João da Boa Vista: O bebe da Unesp guiado pelo Tio Ganso. Campi mais novo portanto não há nada além de barracões com carteiras dentro.Os alunos são divididos em duas categorias: Os mulambentos, que andam de batas dos mais variados campus unespianos e cabelos desgrenhados pertencem ao curso de eng. em telecomunicações. Já os que andam de terno e cheirando talco, sendo confundidos (sempre) com os docentes, pertecem ao curso de eng. aeronáutica. A proporção do campus é bem equilibrada, um cara pra cada três homens. Em época dos bixos novos, o campus pode ser facilmente comparado a um TG. Odiados pela comunidade, causam em qualquer festa meia boca (os primeiros a gorfar no pé alheio). Fumá, bebê, pegá DST, a Unesp São João não tem medo de morrê.
  • Rosana: Nas alturas ??? Joana, fulana, ciclana, como uma deusa, perdidos no Pontal do Paranapanema, uma cidade LONGE, onde SÓ se sobrevive bebendo muita Askov, 51,Jamel, etc. Estudantes do curso de Turismo que vivem viajando na cachaça e nunca estudam. Campus mais próximo do famigerado campus de Presidente Prudente que fica 200km de lonjura. Seus "alunos" são reféns da empresa de ônibus Andorinha, pois sem ela não conseguem sair de lá. A não ser com seus conversiveis carros ganhos pelo imenso esforço que fizeram para passar no vestibular, e então já dentro da Unesp torram todo o dinheiro dos pais-burgueses-magnatas em pinga, para esquecer que a unidade deles é diferenciada porque eles são diferenciados de todo o resto da população unespiana, por isso foram isolados como pratica de homicídio social por parte dos outros campus da Unesp para com eles.

Rosanaaaaaaaaaa,Rosana só tem xanaaaaaaaa! Que penaaaa, que junto vem a caraaaa!

  • São Vicente: Biologia Aquática Marítima Marinha na praia? Maconha, maconha e maconha. O campus ficou famoso após um acordo dos alunos com o PCC para o livre comércio da erva. Antes deste, a média de baixas (devido aos constantes tiroteios entre policiais e traficantes) era de 6 alunos por semestre, agora é de apenas 2,5. A proporção XX é incrivelmente alta nesse campus, 37 mulher pra cada homem. A coisa mais famosa de lá era um cão de guarda chamado Neguinha (in memory) e a lenda do prédio em "L", cuja versão atualizada diz que sua construção será na cidade de Long Beach Praia Grande. O campus Praia Grande nada mais é do que um puchadinho da Unesp São Vicente e por esse motivo que não será considerado como um campus à parte.
  • Sorocaba: sem muitas mulheres ----boas é o campus mais rico e mais bem administrado de todos, fazendo valer a expressão "não importa o tamanho do campus e sim o dinheiro que ele tem", conhecido as vezes como "campus do titanic" (sim ele mesmo o lacraia) o campus em ascensão canta "não é mole não primeiro ano, primeira divisão" aliás "tá com a mão limpa? então pega na minha tromba e balança". Possui os cursos de Engenharia de Controle e Automação (média de conclusão do curso entre os alunos: de 10 a 20 anos) e Engenharia Ambiental (Depoimento do Chaves: "ahh, essa é fácil, passa outra mais difícil!").
  • Tupã: John Merick é um ídolo !!!! Tupã apresenta a maior concentração relativa de bêbados e maconheiros conhecidos como Lixos, antigamente concentrados no famoso "Complexo Esgoto". Apesar de ser uma unidade nova, já conta com grandes experts nas matérias Bolação I e II, Baldada I e II, Pigaiada I e Fudeção de Katilanga I e II e Bravatas I e II (pré-requisito para ser aprovado no "vestibular"). Apesar de não ter porra nenhuma na faculdade, a Unesp Tupã fundou a torcida "Quebra-Galho", cujo símbolo é um tupãzinho trajado devidamente como unespiano (um copo de breja e uma banza nas mãos). A unidade apresenta o curso de Administração de Empresas e Agronegócios(Agribisna), apesar da maioria não seguir nesse tipo de crime. A maior parte desses imbecis universitários são filhinhos-de-papai que não sabiam o que fazer da e escolheram Administração. Vão às cachoeiras, tiram racha com os carros que ganharam do papai e não sabem ganhar dinheiro . Só sabem gastar, fumando maconha, bebendo e fudendo... A cidade tem alguns pontos turísticos como o Boteco BLUE SKY e com seu famoso drink "MACACO HIDRAÚLICO"...

As festas (zonas) da Rep Praiera (com o famoso "FUNIL") e da Mansão Playboy são bastante populares com open bar de PROSIT e consequentemente, as biscates oriundas da cidade (ou das particulares FADAP/ESEFAP) ficam loucas com os unespintudos, representados ilustramente pelo lendário "Bengala" ou Tripé !! Para coroar, no período destinado ao estágio, os loucos Unespianos de Agribisna de Tupã vão à SP para tentar tirar as vagas dos nerds da USP !! No entanto, nunca conseguiram pois um diploma na unesp não tem valor algum perto de um da USP !!

Unidades Complementares (hã?hã?)Editar

  • Instituto de Física Teórica: Ignorados e rejeitados pelo resto da UNESP, bando de nerd que passa o dia fingindo que estuda física, mas na verdade ficam batendo papo (ou punheta) na sala 8.

Fica no Campus de São Paulo, mas os seus estudantes nunca entraram em contato com nenhum outro instituto

CURSOS (ou cursis)Editar

Aluno da Unesp nas horas vagas também estuda, e pra isso nos campus foram abertos diversos cursos para que esse tempo vago seja preenchido com algo que não fosse maconha e cerveja. Segue uma lista de alguns cursos disponíveis nos diversos campus.

  • Arquivologia

Um curso implantando no campus de Marília. Na verdade é apenas uma reunião de pessoas que não tiveram capacidade para passar biblioteconomia ou museologia (cursos superconcorridos com vaga garantida no mercado de trabalho).

  • Biblioteconomia

Um curso que reune todos os alunos que não sabiam o que prestar na hora da inscrição do vestibular e morriam de medo de fazer mais um ano de cursinho.

  • Desenho Industrial

Preferência entre 9 de cada 10 emos da Unesp. Compartilham com Rádio o título de curso "para-raio de esquisitos e viados".

  • Direito

Curso de maior concentração de todos os tipos inusitados unespianos. Contendo tanto maconheiros e cheiradores que são filhos de políticos como mauricinhos estudiosos e bem situados financeiramente, fazer Direito na Unesp é uma experiência nova. Todos os alunos, frustrados por não terem conseguido estudar na Faculdade de Direito da USP, no Largo de São Francisco, encontram um dos dois caminhos supracitados para inibir a frustração: ou se drogam e bebem muito, ou estudam muito. Com uma grade espetacular, feita à época de D. Maria I (a louca) e contendo matérias arcaicas, as turmas são compostas tanto de barbudos que se acham socialistas como playboys que votam no Alckmin. Realmente o antro unespiano da disparidade.

  • Engenharia

Existem muitas Engenharias na Unesp, muitas mesmo. As que conseguimos catalogar são: Engenharia Biotecnológica, Civil, elétrica, produção, química, aeronáutica, náutica, astronáutica, astrologica, de tecidos, de alimentos, de tecidos alimentares e militares, físico-química, de perfumes, de hologramas, de sistemas acrianos, de bandeiras, de comunicação, musical, de relógios, de relógios musicais entre outras.
A relação completa de Engenharias está disponível nos volumes I-XIX do manual do vestiburlando.

Como já dito todos os estudantes de Engenharia são machos pra caralho. Média de cento e trinta homens por metro quadrado. O número aumenta nos horários de pico. Ui, delícia.

  • Matemática

Me parece que Não existe ou esta perdido em uma dimensão paralela.

  • Rádio e TV

O curso mais "legal", com os melhores professores doutores, a melhor estrutura, etc., etc. Ou não. O único problema é a fama panssexual do curso que convenhamos é totalmente descabida. No fim do curso os alunos podem escolher entre escrever o jornal do bairro ou apresentar o telejornal do meio dia. As alunas mais gostosas aplicadas vão para TV e as barangas esforçadas pro jornal. Os homens ??? não se tem noticia destes cursando Rádio e TV até o último vestibular.

  • Relações Internacionais

A maior reunião de mauricinhos de toda a Unesp. Possui também um grande número de aspirantes a modelo (gostosas) que curtem um Gatinho. E algumas marmottas briguentas.

  • Física Médica

Um curso que até hoje ninguem sabe dizer "oque faz um físico médico?"

UNESP versus USP (ou Como fingir que ficou com a melhor quando ficou na segunda)Editar

Todo Unespiada aprende inúmeros argumentos pra se sair da depressão de ter ficado com a segunda, ou melhor, terceira opção e começa a ficar vomitando coisas sem sentido como um retardo em seu facebook, twitter ou trabalho de faculdade, coisas tais como Xusp ou Usp não tem Internunesp, existe alguém que realmente acha esse argumento válido afinal?

INTERUNESP (ou interunespis)Editar

 
Interunesp na ilha com a presença do mano satã


Todo ano é realizado o Interunesp, uma competição interna internacional intergaláctica criada para entoarmos nossos hinos preferidos: Pau no cu da USP, A USP não tem Interunesp, Rosanaaaa, Rosana só tem xanaaaa! e Ei Bauru,vai tomá no cu.

Ver artigo principal: Interunesp

UNESPIRANHAS (ou unespiranhis)Editar

 
Unespiranha indo buscar uma breja gelada

Toda aluna vagabunda que frequenta a Unesp é uma unespiranha em potencial.
As unespiranhas vivem em repúblicas e só saem em bando para caçar um pretendente (otário) para um futuro promissor em são paulo, pois o curso que elas fazem apresenta um desemprego da ordem de 109,2%.
Basicamente as unespiranhas tem como preceito básico a premissa do amor não remunerado, que leva aos habitantes das cidades onde estão instalados os campus da Unesp preferirem este tipo de mulher do que as putas convencionais.
Enfim elas tem buceta (coisa que as menininhas da USP- filhas de Eloísa Helena - não tem) e isso é o que interessa.
Veja o vídeo desta unespiranha da FAAC da Unesp Bauru numa rave: http://video.google.com/videoplay?docid=-207878593291991794&sourceid=docidfeed&hl=en

Ver tambémEditar

v d e h
Universidades de   São Paulo