Abrir menu principal

Desciclopédia β

Universidade Federal da Paraíba

Universidade Federal da Paraíba é a opção de supoista educação superior federal na Paraíba, quando na verdade é apenas mais um antro de criminalidade e maconheiragem.

FatosEditar

Em João Pessoa está localizado a UFPB campus I. Lá é uma imensa colônia de férias. Veja fatos importantes:

  • Tem Greve duas vezes ao ano;
  • Os servidores passam o dia olhando revista da Avon e Natura, tem péssimo humor. Devido a sua suma importância, e responsabilidade de cargos, eles estão de greve por melhores salários.
  • Existe uma área chamada "Praça da Alegria" onde qualquer tipo de substância ilícita é legal naquele perímetro. Pessoas esquisitas usam drogas ao ar livre, e a luz do dia em meio aos passantes.
  • Os alunos (não são estudantes) do CT passam o dia jogando dominó numa barraca e a noite bebem noutra.
  • Devido às greves, em Janeiro de 2007, se formou uma turma de Direito que haviam se ingressado em 1998.2
  • A noite, é possível encontrar facilmente casais transando no estacionamento ou nas salas de aula mais escondidas. As vezes lembra Woodstock.
  • A UFPB é a universidade no mundo mais parecida com Hogwarts e atrai uma legião de porras loucas todos os anos para se aventurar na sua floresta proibida onde habita "Bira" o fantasma da mata. Diz a lenda que as mulheres que andam por aquelas matas são defloradas e os homens saem totalmente "emaconhados". Diz-se que a existência do "maconhão" e da "Happy Square" como centro de fumo se dá por causa da proximidade delas com a floresta proibida. Em 2010, Bira, junto com o "monge maconheiro" foram oficialmente indiciados pela polícia federal por fornecer dorgas na instituição.
  • A UFPB também se caracteriza como pólo tecnológico e criador de tendências. Veja por exemplo o RU que é o único restaurante a servir comida transgênica e transhigiênica do mundo. A comida é toda feita com sabão que garante a limpeza em condições tão inumanas e seu sabor característico.
  • A UFPB sempre prorroga prazos. Diz-se que quando a Pró-reitoria de graduação da instituição iria lançar um edital se retratando dos descumprimentos de prazos, não conseguiu, adiou, e descumpriu mais um prazo. Caso a UFPB diga que tal resultado sai em um certo dia, espere no mínimo mais 1 ano e olhe lá.