Abrir menu principal

Desciclopédia β

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Verdade.
Verdade.
Este artigo contém...

VERDADES!

(pelo menos foi o que a Veja disse)

Material verídico: Use com moderação.



"Universidade Federal dos Mosquitos Sanguinários"


Cquote1.png Você quis dizer: UFMT Cquote2.png
Google sobre Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Cquote1.png A UFMS não tem estrutura Cquote2.png
Alguem que não não conseguiu passar na federal e foi parar na Uniderp sobre UFMS

Cquote1.png Porque tem uma Capivara na minha sala? Cquote2.png
Calouro sobre UFMS

Cquote1.png EI GAROTO, CUIDADO!!! Cquote2.png
Pádua sobre Calouro de Zootecnia

Cquote1.png Se eu não passar na UFMS eu vou acabar na Uniderp e vou xingar muito no twitter hoje, e é sério Cquote2.png
Emo que acabou não passando na UFMS e foi pra Uniderp

Cquote1.png Procurando UFMS? Compare e encontre ótimos preços de UFMS no BuscaPé em até 6x. Confira! Cquote2.png
Link Patrocinado do Google sobre a UFMS

Cquote1.png Ta... agora vamos pro Escobar! Cquote2.png
Aluno da UFMS sobre as aulas de cálculo

Cquote1.png A peroteca vai acaba... Porque os estudante vai luta! Cquote2.png
Acadêmicos analfabetos sobre Peroteca

Cquote1.png Sócs, Aristóts e Parmêns eram grans filósfs... E não é coisa de viadinho, não... Cquote2.png
Professor de filosofia da UFMS

Cquote1.png Eu não consegui passar na USP, então... Cquote2.png
Aluno da UFMS sobre suas razões para ingressar nessa faculdade

Cquote1.png A UFMS de Nova Andradina tem um... Trator? Cquote2.png
Aluno da UFMS de outra unidade se perguntando da utilidade de um Trator em um Campus que tem ADM HIST e GEO

Cquote1.png Vocês estão fazendo Bolsa? Cquote2.png
Gordinho de Geográfia que chega do nada na roda de Administração!

Cquote1.png Você conhece algum dono da empresa? você é filho de alguem? casou com quem? qual seu sobrenome? Cquote2.png
Diretor de RH sobre a importância da qualificação profissional

Cquote1.png Curso de Decoração não existe!!! Cquote2.png
Arquiteta da UCDB sobre UFMS e aluna do CENSA

Cquote1.png Ihhhhhh! Cquote2.png
Vitão, ser que ronda o Centro de Ciências Humanas e Sociais da UFMS

Cquote1.png Na última vez que eu fui pra lá, assisti Indiana Jones no Auto-Cine. Cquote2.png
Reitor(a) da UFMS sobre a UFMS

Cquote1.png O Direito a régueque roisti a ongs troloris tworiqui coquais. Cquote2.png
Mendigo do Direito sobre o curso de direito oferecido pela UFMS.

Cquote1.png Nós ganhamos mais um professor efetivo!! Cquote2.png
Alunos do curso de geografia tirando sarro dos academicos de turismo

Cquote1.png Nossa! Não sabia que existia curso de música na UFMS... Cquote2.png
Acadêmico sobre UFMS

Cquote1.png Isso é torque!!! Cquote2.png
Piubelli explicando qualquer coisa

Cquote1.png No primeiro ano o Piubelli separa os meninos dos homens, e no segundo ano a Wania separa os homens dos engenheiros. Cquote2.png
Jesus, o messias da engenharia sobre Engenharia


UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) é a gloriosa faculdade federal daquele matagal conhecido como Mato Grosso do Sul. É conhecida nacionalmente (ou não) pelo seu Reitor que nunca foi vista em público e por ser a primeira Universidade no Brasil erguida no meio do cerrado e feita inteiramente de barro socado, madeira, cacos de vidro e papel mache.

Índice

HistóriaEditar

A UFMS (Universidade-Fazenda de Medicina e Só) foi fundada por políticos interesseiros ao descobrirem que só poderiam fazer com que a fazenda fosse emancipada e se tornasse uma cidade quando tivesse uma universidade. Assim uma série de famílias que moravam na região foram retiradas (unido-se então ao grupo de sem terras) e suas casas e todo o matagal ao redor foi cercado, e aquilo foi chamado de "UFMS". Desde então alguns iludidos acreditaram se tratar mesmo de uma instituição de ensino decente se matricularam na instituição (o que não fez a menor diferença, já que eles nunca tiveram aulas), criando a primeira turma da primeira faculdade erguida no meio do nada.

 
Nosso querido Campus
 
Material de aprendizado da Universidade
 
Nem o google consegue encontrar algum resquício da existência do lendário Peró.
 
Universitários na Pista.


Imediatamente depois, lanchonetes e botecos brotaram por todos os lados ao redor dessa faculdade, fazendo com que a economia do estado finalmente girasse em algo que não fosse soja ou gado. E atualmente os acadêmicos têm inveja do fato de a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD, antigo campus UFMS) ter sido criada, pois esta conseguiu superar a inutilidade da sua predecessora. Isso levou a uma revolta imensa nos campi da UFMS. O unico problema é que em Dourados só tem gaúcho, cocaína e soja, destinando aquela comunidade aos níveis mais atrasados da babaquice.

EstudantesEditar

Normalmente estudantes pobres esforçados demais para entrar em faculdades pagas e que não conseguiram passar em universidades decentes como a USP (Universidade Sem Pudor) ou ITA (Onde só entra japonês).

Também existem aqueles que vem de fora iludidos atraídos pelas propagandas feitas ao resto do país de cursos "não-tão-ferrados" de Medicina, Medicina, Engenharia Elétrica e Medicina.

O estudante da UFMS exerce importantes funções na sociedade tais como operador de telemarketing, office boy, entregador, engraxate, manicure, mascate de bugigangas, atendente do mês do McDonald´s, mascote de time de futebol, figurante do comercial dos refrigerantes Picolino, as nobres revendedoras da natura e avon, bombons recheados pelos corredores e como vapor no morro do turano. Nâo esqueçamos dos funcionários da UFMS que "por que já estavam lá mesmo" decidiram fazer um curso superior, fizeram e com o SUPER APOIO que a Universidade dá aos funcionários que querem se aprimorar, ao término do curso conseguem finalmente.....CONTINUAR ONDE SEMPRE ESTIVERAM!! Ou seja, no cargo de origem.

ReitorEditar

Uma antiga lenda nos fala sobre um homem com o título de Reitor. Muitos acreditam piamente em sua não existência. Existe uma minoria que acredita no mesmo, e até votou para sua reeleição como reitor, de tal forma que nem mesmo sobre isso as pessoas chegam a um consenso.

Existem, no entanto, nos círculos de conversa mais obscuros, teorias sobre uma figura que manipula o Reitor das sombras, chamada popularmente de "Figura que manipula o Reitor das Sombras", e que o Reitor é apenas um boneco com articulações na boca e nos braços controlado por um mestre de marionetes.

Alguns afirmam que ele é apenas um holograma. Todos sabem que a sua presença em eventos ocorre apenas por teleconferência. Alguns poucos teóricos afirmam que a figura do reitor Peró se assemelha a mitologia da grande obra 'O Mágico de Oz', e que na verdade, quem controlaria o automato seria um gremlin, que tem como objetivo destruir a educação tal como conhecemos. Apesar de tantos boatos, muitos atestam já ter vista a famosa figura NA universidade, mas curiosamente nunca apresentaram fotos do ocorrido. Logicamente tais afirmações são rapidamente relacionadas a banhos tóxicos no lago do amor, utilização de cogumelos psicoativos e casos de esquizofrenia psicótica com delírios de majestade.

Reza a lenda que o dia chegará onde o novo Reitor será escolhido, e o mundo (ou pelo menos a universidade) finalmente encontrará paz num dia místico chamado "Eleição", mas muitos desconfiam que é apenas uma fachada para que o mestre das marionetes possa mudar para um boneco com mais funções (como beijar bebês e fazer pipoca).

Apesar da grande possibilidade da não existência do reitor, paira a dúvida sobre a necessidade de um elevador no bloco da reitoria, afinal, nem se existisse trabalharia lá.

Cursos OferecidosEditar

  • Medicina: É um curso estrangeiro ministrado quase exclusivamente para descendentes de orientais. Campograndenses ou sul-matogrossenses aqui são tão raros quando as aparições do reitor pelo campus da universidade. Talvez, essa semelhança de raridades entre médicos campograndenses e reitores existentes tenha feito do curso, o único pelo qual o reitor (se é que ele existe) se interessa.
  • Direito: Basicamente, qualquer um que não sabe o que quer da vida, mas não é tão burro para viver com o pessoal de História vai para o curso de Direito. Não por acaso, os alunos aqui pensam que estão numa passarela tamanha a modinha desfilada. Basicamente são playboys e patricinhas que compõem a existência básica dos alunos de Direito. Não por acaso, esses empiriquitados estudam numa unidade conhecida como "Shopping" gastando toda a grana que seus pais acham que vão pra educação.
  • Odontologia: uma espécie de segunda divisão do curso de medicina, apesar de ter mais a ver com o ofício de barbeiro-cirurgião que de dentista propriamente dito.
  • Fisioterapia: Massagista com diploma.A segunda opção pra quem não consegue passar em medicina,formada por uma maioria de frustrados que ainda tentam passar para medicina.
  • Zootecnia: eufemismo de "pecuária".
  • Agronomia: eufemismo de "agricultura".
  • Veterinária: forma filhos de fazendeiros ricos que não conseguiriam emprego em qualquer lugar que não pertença ao pai.
  • Engenharia Ambiental: os estudantes de jardinagem ambiental eram os nerds da sala no tempo escolar, agora corrompidos pelo "bioma acadêmico", podem ser vistos na grande maioria do tempo em um bar próximo à universidade. Os alunos são formados por garotas bonitas e rapazes pinguços apegados à vadiagem causa ambiental que andam de pés descalços e freqüentam trances. São atraídos pela causa da transposição dos rios de dinheiro e a preservação mundial.
  • Engenharia Civil: o nome do curso já é um eufemismo, quem sai formado desse curso é automaticamente classificado como um pedreiro engenheiro graduado, a coisa mais útil que se pode esperar desse pessoal é que eles movimentem o mercado de esquadros e réguas em geral, e no futuro possam fazer um muro no fundo do quintal planejar um grande projeto arquitetônico, os alunos não tem do que reclamar do curso, pois o mesmo é um dos cursos mais monótonos fascinantes da universidade, quiçá do estado.
  • Engenharia Elétrica: quem se forma é o famoso "Zé do Gato", este termo é usado muita vezes para se chamar um engenheiro eletricista popularmente conhecido como cortador da luz ou eletricista. O Curso oferece postes e relógios de luz para o aluno exercer a profissão e já encaminha para o mercado de trabalho mandando ele fazer gatos na casa de professores e afins.Apresenta o menos pior melhor laboratorio de tecnologia BATLAB reconhecida por ser a que mais sofre; seja com a falta de verbas ou as greves por mais verba.
  • Física-Bacharelado: Também conhecido como Engenharia para masoquistas, é o curso mais inútil da universidade. A expectativa de tempo para se formar nele é maior que a sua expectativa de vida, o que faz do curso muito procurados por jovens de vinte anos de idade ou mais, com idade mental de dez anos ou menos, que cursam física bacharelado só para mamar na teta dos pais e dizer que estuda na federal.

Se quiser encontrar algum acadêmico do curso, procure no escobar, no CA, na casa da ciência, ou na pokestop do multiuso. É ótimo que acadêmicos de física bacharelado matem aula pra fazer outra coisa, já que é outra coisa que precisariam fazer caso conseguissem se formar, sendo que a única diferença entre um físico e uma pizza grande, é que a pizza consegue alimentar uma família. O curso serve para provar a primeira lei de Newton: "Se uma coisa tá parada, ela vai ficar parada pra caralho, igual os física bacharelado parado em cálculo I"

  • Física-Licenciatura:

  Você quis dizer: Pedagogia com Cálculo I  
Google sobre licenciatura em física da UFMS

O curso tem tanta matéria sobre educação, com tão pouca física, que deveria chamar Educação física. Chamado de "máquina de fazer doido", a licenciatura, ao contrário do bacharelado, consegue formar um ou dois alunos por ano. A expectativa de tempo para se formar nele depende da sua sanidade mental e da sua auto estima, quanto mais baixas forem, mais rápido é o curso. A grade do curso de física licenciatura é formada por cálculo I no primeiro, segundo, terceiro, quarto e quinto semestres, Matérias pedagógicas e estágios. Não há física nenhuma, na verdade é mais fácil encontrar um japonês vesgo do que um licenciando em física que saiba física.

  • Jornalismo: forma jornaleiros e pauteiros. Aqueles que tiverem mais sorte conseguirão um emprego na assessoria de imprensa de algum político corrupto ou do próprio reitor. Alunos geralmente responsáveis por micos e exibições de felicidade plena e sem noção no corredor central da instituição. Frequentadores assíduos do Escobar. Revolucionários, adoram fazer protesto com 15 milhões de pessoas.
  • Letras: uma espécie de segunda divisão do curso de Jornalismo, também conhecido por ser um curso pega-marido e por não ter um macho sequer. Nele se formam revendedoras da Avon e homens que não gostam de futebol. É também daqui que saem as piores melhores professoras do estado. É um curso gay.
  • Economia: o curso de funcionarismo público economia é muito ruim e pouco procurado, levando em consideração a altíssima concorrência de +/- 5c/v. Da sala com 50 alunos, mais de 45 deixam o curso devido a matéria de Cálculo para Economia, visto que eles consideram esta matéria muito difícil e não estavam cientes da existência de tanta conta em um curso de humanas. Os professores são péssimos, e estão pouco se fodendo pras aulas, desestimulando os universitários de seguir carreira. Os alunos são dos mais variados tipos; entre eles: gays, dona de casa, homossexuais, policiais, juízes, jovens, bissexuais, funcionários públicos, etc. Temos pessoas de 85 anos na sala e meninos de 14, porém, na sala, nenhum aluno é de fora de Campo Grande, talvez pelo fato do curso não ter qualquer renome.

PS: Os estudantes de economia são os que não conseguiram passar em Direito nem em Administração, seja por falta de grana, empenho(inteligência) ou nome.

  • História: Curso destinado a formação de maconheiros, loucos, suicidas em potencial e rebeldes de ocasião. Frequentado por cabeludos que geralmente nao escovam os dentes nem fazem a barba. A única coisa notável lá é a qualidade do fumo. Alguns dizem que os que passam neste curso são inseridos numa fenda temporal, já que parecem que estão eternamente presos aos anos 70 e ao movimento Hippie
  • Administração: período de quatro anos para reflexão interior. O curso é tido como genérico, escolhido por aqueles que não passaram em direito ou economia, estão velhos demais ou são incapacitados de prestar outra coisa, como em qualquer faculdade. Assim que terminam o curso tem a sua excelente formação universitária, e seu supremo cargo de administrador que provavelmente vai ser ocupado por profissionais de outras áreas como médicos, engenheiros, publicitários, pedreiros, caminhoneiros, taxistas, camelôs, etc. É ministrado no DEA, reserva ecológica de capivaras, quatis, tatus e outros animais silvestres. Os pernilongos do lago do amor (mutantes e extraterrestres que têm o seu DNA alterado pela poluição do lago, sendo capazes de furar até Jeans) também participam das aulas que são dadas nas famosas e únicas salas "confortáveis" da UFMS. Diferente dos demais, as salas do curso de administração do DEA são equipadas com ar condicionado do tipo banana-split. As cadeiras são velhas e escassas, mas são acolchoadas e confortáveis e o ambiente wireless permite que os alunos mais playboys disputem os famosos campeonatos de CS nos seus notebooks durante as aulas. Os alunos menos afortunados têm a opção de se especializar em truco ou caxeta, frequentando as aulas paralelas no pátio de jogos do DEA. Para os que procuram algo mais, após o término do curso poderão concorrer às vagas de mestrado em agronegócios, elevando seus conhecimentos e cargos para capataz, caseiro ou peão de fazenda.
  • Arquitetura: esse é um curso pra quem não foi homem o suficiente para entrar em engenharia civil, e nem flor o suficiente para encarar um curso de decoração; enfim estão em um período de indecisão tanto homens quanto as mulheres, sendo assim muitos entram "Mário" e saem "Mariana", é o chamado curso da metamorfose.
  • Artes Visuais: Ao contrário de arquitetura, os estudantes de Artes já entram viados no curso. São os pseudo-hippies que sabem onde fica a Morada dos Baís e o MARCO. A maioria nunca ouviu falar do Délio da dupla Délio e Delinha.
  • Ciência da Computação: Também conhecidos com Garotos de Programa, são sujeitos que em certo momento da vida tiveram que fazer a difícil escolha entre uma vida social ativa e saudável e os computadores. Seus discos rígidos estão lotados quase que totalmente por pornografia e MMORPGs.
  • Análise de Sistemas: Formado geralmente por alunos que por não serem bancados pela família e terem que trabalhar...escolheram um curso noturno na Area de Computação. Mulheres são coisas em extinção no curso...menos de 0.000000001%, mas isso é compensado com a quantidade de coloridos...
  • Engenharia de Computação: Curso muito parecido com Ciência da Computação, também possui os Garotos de Programa que vivem jogando MMORPGs e são MONOsexuais. Por ser Engenharia, os engraçadinhos do curso tiram onda dizendo que podem roubar o emprego dos alunos de Ciencia da Computação e até de Engenharia Elétrica, porém mal sabem eles que estão cursando somente mais uma das As milhares de Engenharias do mundo e que possuem um futuro formatando computadores por 50 reais pouco promissor.
  • Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas: Uma nova opção para alunos que não aguentam Ciência da Computação e Análise de Sistemas.
  • Tecnologia em Redes de Computadores: Curso que forma técnicos especialista em instalação de Internet, Em processo de extinção, pois da FACÃO só quer cursos de Garotos de Programa.
  • Educação Física: Reúne o inútil (aquele que se presta a isso) ao agradável (jogar bola). Reparou como os professores de Educação Física estão sempre em forma? É lógico, eles morrem de fome. São gente boa na maioria das vezes, mas porquê eles dizem "Hoje vamos praticar um pouco de voleibol" em vez de "E aí, vamos jogar bola?" Alguém tem ideia de como são as provas para um curso de educação física ???
  • Ciências Sociais:"Se por cerca vira zoológico, se por muro vira manicômio e se colocar uma lona em cima vira circo" pois assim disse Tati Quebra Barraco sobre esse curso da UFMS.Os alunos desse curso tem uma duvidas que nunca cessam fazem parte da suas investigações cientificas como "O que e ciências sóciais?" "Para que serve ciências sóciais?" "Isso não e serviço social".Este curso também e conhecido por ter as piores festas da universidade e por fazer parte de um grande esquema de trafico de drogas para federal por ter um professor indiano e uma professora que nunca dá aula pois o seu gato morreu na década de 70 após um seminário de astrofisica, traumatizado-a para sempre.
  • Farmácia: Forma os famosos balconistas farmacêuticos, que vão passar a vida toda vendendo camisinhas e aspirinas de trás de um balcão. Os pré-farmacêuticos da UFMS passam cinco anos experimentando fabricando cocaína medicamentos. Já tem acesso restrito ao depósito de medicamentos, o que explica o grande sumiço dos tarja preta do estoque. Tornam-se potenciais viciados em drogas por não se contentarem em passar sete/oito anos tentando Medicina, entrarem no curso e se fuderem cinco anos reprovando nas químicas e por passaram o resto na vida ganhando novecentos reais.
  • Psicologia: Foi incluido entre os cursos oferecidos porque pensaram que é feito de cuspe e giz. Os alunos tem o prvilégio de usufruir de excelentes materiais, como as caixas de skinner das universidades particulares, e futuramente até poderam trabalhar de graça no HU. É um dos cursos mais rentaveis da faculdade, formando operadores de telemarketing e garis. Todos que cursam piscologia são pessoas absolutamente normais e sem nenhum hábito estranho, no máximo tentam se enforcar no pé de alface.
  • Ciências Biológicas: Os alunos de biologia são facilmente identificados na universidade por sempre estarem de bermuda e chinelo ou camisa rasgada e calça Jeans surrada. São facilmente encontrados no cerradinho (um mato que a universidade deixou crescer) fazendo 'sabe lá Deus o que'. O curso de biologia é também um dos únicos cursos da universidade em que uma única matéria tem 3 ou mais professores dando aula ao mesmo tempo, frequentemente fazendo com que a carga horária do curso seja 2 vezes maior do que a exigida e deixando os alunos loucos. As festas dos alunos do curso também são famosas pela depravação e uso exagerado de álcool e maconha.

EstruturaEditar

  • RU: O "Restaurante Universitário" (também conhecido por "Restos Umanos" por alguns analfabetos locais), que foi recentemente reativado para a re-eleição da atual reitora. Muito popular por ter uma fila que dá três voltas e pelo fato de que você terá sempre de partilhar o seu suco extra-açucarado ou refrigerante com as abelhas mutantes que infestam o local.
  • HU: O "Hospital Universitário", é tão ruim quanto qualquer hospital da cidade (já que tudo que as autoridades fazem na cidade é remendar o asfalto), com a diferença que os erros médicos podem ser facilmente justificados pelos fatos dos médicos serem formados nessa faculdade. Dentro do Hu ainda existem os ambulatórios:
    • Ambulatorio de Ortopedia:lugar onde os estudantes do curso de medicina aprendem a aleijar as pessoas, também conhecido como trasformador de bibas em homem...os residentes são ensinados como pegar secretarias e pacientes com perna quebrada...se não funciona mandam os caras para a ala cor de rosa(maternidade) pois eles não tem conserto...
    • Ambulatorio de Oftalmologia:lá ensinam os residentes(alunos) a como cegarem bem os pacientes...
    • Ambulatorio de Ginecologia:lá os residentes atendem as suas amantes e companheiras de balada, que sempre esquecem do anticoncepcional.
    • ambulatorio Geral: lá atendem funcionarios e alunos que não tem nada mais e querem arrumar doença, também conhecido como "ambulatorio do não sei o que eu tenho"
    • Ambulatorio de Pneumologia:lá consultam os funcionarios e residentes que fumam sem parar e estão tossindo...
    • Ambulatorio de Oncologia: lá tem medicos loucos que criam tumores imaginarios em qual quer paciente para ganhar dinheiro,ou também hematologistas que vendem medula ossea para os ricos e pra clínicas clandestinas.
  • Arquivo: É onde guardam historias obscuras ainda não descobertas pela sociedade sobre o funcionamento do hospital. É controlado por uma líder Pokemon do mal que é conhecida por tomar doce de criança e torturar velhinhas, além de ser amiga intima do lendário peró. Isso explica o fato dela sumir com arquivos confidenciais e ainda estar na liderança.
  • Banco de sangue: É onde fazem estoques de sangue para a Angelina Jolie(se ela sofrer acidente já tem), para o Brad Pitt, para o George Clooney, e outras celebridades incluindo o Lula. Se nenhum deles sofrer acidente eles repartem o sanque "qualhado" com alguns pobres locais que geralmente são alunos e funcionarios da ufms, além disso eles brigam entre si e são especialistas e falar mal do resto do hospital. Geralmente enlouquecem quem entra na direção daquele troço e ficam aguardando o próximo diretor(medico responsável) ou seja a próxima vitima pra infernizar. Eles fazem isso pois sempre quando entra um novo medico ele quer mudar o fato de guardarem sangue para a Angelina e "dividir" o sangue com quem precisa...
     
    Tereza, um dos muitos monstros que emergem do Lago do Amor.
  • Lago do Horror (op's Amor ): É um belo (e mortal) lago tóxico que só se compara ao Rio Tietê, onde popularmente diz-se que ao se colocar uma mão na água, imediatamente nascem duas no lugar, sendo que uma dessas brilha. Os únicos seres que sobrevivem ao redor do lago são as capivaras geneticamente modificadas e as moitinhas de maconha transgênica cultivadas pelos alunos de História.
  • Sucão: O "point" da faculdade; é uma barraca pequena e que fede à laranja estragada onde os universitários pobres se reúnem para tomar suco e falar mal dos professores.
  • Atacadão: Complexo mais desenvolvido da Universidade.
  • Escobar (Unidade 13): Um boteco que é praticamente um anexo da faculdade, muito usado por alunos vadios desocupados para jogar sinuca estudar vetores e encher a cara estudar o comportamento do álcool no organismo humano. Atualmente representa uma extensão do bloco 7 do CCET.
  • DEA (Unidade 10...10 horas de caminhada): Departamento de Enganomia e AdEMOnistração, um brejo perto do lago do amor, onde há rebanhos para alimentação dos universitários tais como capivaras, jacarés, ratos, ornitorrincos, cágados além de alunos que não quiseram conseguiram fazer Direito.
  • Reitoria e Pró-Reitoria: o setor mais moderno da faculdade: tem sauna, frigobar nas salas, sinuca, piscina térmica, sala de jogos, quadra de badminton, área para pratica de golf com 18 buracos além de suítes individuais para que os funcionários possam se sentir a vontade no seu ambiente de trabalho e assim buscar o melhor para os acadêmicos, que até hoje não conseguiram ligar (graças à quantidade enorme de maconha inserida nos lanches) de onde saiu o dinheiro pra tanta coisa sendo que as salas de aula estão virando focos de Malária e tétano.
  • Segurança: Os seguranças da UFMS são seres mitológicos, raramente vistos pelos alunos. Existem boatos de que eles vigiam todo o campus, mas os comuns furtos de rádios de carros e dos próprios carros desmentem essas historias. A única vez em que os seguranças agiram foi para banir o trote, em seu auge, no inicio de 2006 e em meados de 2008 para eletrocutar os alunos que protestavam. De acordo com alunos e testemunhas, foi surpreendente a forma enérgica com que agiram e, principalmente, foi surpreendente saber que eles existiam mesmo.
  • FAMEZ: Parte menos estranha da UFMS, apesar de se situar ao lado de um cemitério. É também o local onde fazendeiros trazem seus animais para serem aleijados pelos alunos, e onde academicos fazem testes como o rendimento de animais alimentados com carne humana doada pelo HU, e carne de capivara caçada no lago do amor.