Abrir menu principal

Desciclopédia β

Vale de Orcia

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Você quis dizer: Vale do ócio Cquote2.png
Google sobre Vale de Orcia

O vale em toda sua exuberância, parece wallpaper que vem com o Rwindows.

Vale de Orcia é um buraco no revelo já extremamente acidentado da bota que é a península itálica, sendo um local rebaixado tal como diversos grandes clubes de futebol, no caso é um daqueles locais onde os escritores do arcadismo gozariam pelo completo tédio que ele proporciona à espécie humana.

ValeEditar

O vale é uma cratera de mais de oito mil metros quadrados de área gerada pela colisão de um gigantesco meteoro oriundo cdos confins do cosmos onde a luz solar nem chega direito. O impacto do meteoro foi gigantesco gerando o vale e foi a provável causa da extinção dos etruscos e da maioria dos palmeirenses.

O buraco que ficou logo foi recoberto de mato, tomados pelos invertebrados que se desenvolveram por lá ao ponto de se possível devorar elefantes em instantes, sendo o único animal que sobrevive sendo os homens que apresentam alta taxa de colesterol e não são muito gostosos devido a intoxicação de sua carne graças ao McDonald's.

 
Lista de coisas que você pode fazer caso vá para o Vale de Orcia.

Dentro do BuracoEditar

Sem sacanagem. Dentro do vale apareceram algumas cidade, na verdade vilarejos que ainda expiram seu tom medieval de moradia de camponeses tão famintos quanto aqueles comunistas que gostavam de comer crianças sem o sentido pedófilo da expressão.

A UNESCO determinou o local como um patrimônio mundial, motivos? Todos obscuros, aquilo é um matagal sem dono, com casinhas no estilo medieval e com pessoas também no estilo medieval, só que não servos e sim trabalhadores pseudoassalariados, com salários de criança filipina contratada pela Nike.

Ver tambémEditar