Abrir menu principal

Desciclopédia β

Valeriano

Romanopre.jpg ROMANI ITE DOMVM!!!

HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg


Cquote1.png Você quis dizer: Vallium? Cquote2.png
Google sobre Valeriano

Este artigo é relacionado à história.

E foi feito na imprensa de Gutemberg.

PepinoVerde.png

Cquote1.png Mastigue raiz de valeriana Cquote2.png
Médico do clube da luta sobre Valeriano
Cquote1.png Não passava de um patricinho... Cquote2.png
Júlio César sobre Valeriano
Cquote1.png Se fudeu quando tentou derrubar meu império! Cquote2.png
Alberto Bacellar sobre Valeriano

Valeriano não tinha nariz.

Públius Licínius Patrocinius Femininus Valeriano (200-260), foi imperador romano desde 253 até 260, durante a crise do chiclete Valda. O seu título completo era IMPERATOR · CAESAR · ANVS NOSSVS · PVBLIVS · LICINIVS · PATROCINIVS · FEMININVS · VALERIANVS · PIVS FELIX · INVICTVS · AVGVSTVS. Ao contrário de outros usurpadores durante a crise do século III, Valeriano pertencia ao patriciado romano; dividiu os homens que trabalhavam na defesa militar do Império em um bacanal com seu filho Galiano, assumindo o encargo do Oriente, onde ao combater o Império Sassaricando, foi derrotado e empalado pelos persas, morrendo no cativeiro.


A infânciaEditar

Valeriano, filho de pai solteiro, o jovem Valeriano teve uma infância difícil. Aos 5 anos, ao abaixar para colher uma margarida foi brutalmente atacado por um touro que viu nele uma vaca no cio. Aos 15 anos, quando foi para o exército acidentalmente seu sabão caiu e teve de abaixar. Nesse momento conheceu Picus Durus, o único centurião negro de Roma. Picus foi amigo e confidente de Valeriano durante anos. Se conheciam profundamente.

Após o serviço militarEditar

 
Moeda com a face de Valeriano

Valeriano saiu do exército fascinado com o pau do crioulo as táticas de guerra e decidiu estudá-las de um outro ponto de vista. Estamos na era da grande Roma. Domínio do mundo. Valeriano, achava que ganhar era fácil então achou que deveria ver como era perder para os bárbaros. Para tanto, precisava de PODER! E para conseguir poder nada melhor que uma boa eleição. Valeriano pegou alguns de seus amigos do balneário e disse que se votassem nele ele lhes daria cargos importantes na política. Dito e feito! Valeriano venceu e assim que pode matou todos os que o ajudaram (gente boa heim). Colocou sua face estampada nas moedas e começou sua estratégia de derrota. Valeriano tinha tudo pronto. Ia para a aldeia de maior sucesso entre os bárbaros do globo, Sassaricando.

Valeriano e sua estratégia infalívelEditar

Valeriano tinha tudo. 10.000 homens e uma estratégia infalível. Mandou seus homens armados de armas de bambus com tripas de porco, atiradoras de feijão. Claro que não deu certo. Alexandrus Frotus, general inimigo o capturou. Ele então explicou sua estratégia, a qual os Sassaricandos tiveram o maior prazer em ajudar. Deixaram que ele ficasse preso até a morte para entender como funciona no mundo bárbaro.


Imperadores Romanos

Júlio-Claudianos
Otávio AugustoTibérioCalígulaCláudioNero

Guerra Civil e Flávios
GalbaÓtonVitélioVespasianoTitoDomiciano

Antoninos
NervaTrajanoAdrianoAntonino PioMarco AurélioCômodo

Severos
PertinaxDídio JulianoSétimo SeveroCaracalaMacrinoHeliogábaloAlexandre Severo

Zorra Total ou Quem der mais leva
Maximino TrácioGordianos (I, II e III)Filipe ÁrabeDécioTreboniano GaloValerianoGalienoCláudio II GóticoAurelianoProboCaroCarino

Tetrarquia e Constaninianos ou Agora somos cristãos, Amém!
DioclecianoConstantino MagnoConstantino IIConstanteMagnêncioConstâncio IIJuliano ApóstataJoviano

Valentinianos e Teodosianos ou Corra que os bárbaros vêm ai
Valentiniano IValenteValentiniano IITeodósio MagnoHonórioConstantino IIIValentiniano IIIPetrônio MáximoÁvitoMajorianoLíbio SeveroAntêmioOlíbrioGlicérioJúlio NeposRômulo Augustulo