Abrir menu principal

Desciclopédia β

Valter Araújo

Bandeira do Estado de São Paulo.svg.jpg Salve, mano! Este artigo é paulista: não gosta de gaúcho nem de carioca e se acha um puta trabalhador, né, meu! E não tá completo, pois o vacilão foi tomar um chôps e dois pastel, meu!
Emblem-sound.svg.png Valter Araújo
Valter slim.jpg
Slim sob efeitos da erva
Nome Slim Rimografia
Origem São Paulo Bandeira do Brasil Brasil
Sexo link={{{3}}} Masculino
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Nenhum
Gênero Hip Hop
Influências Jay-Z
Nível de Habilidade Baixo, ruim, pobre...
Aparência Negão
Plásticas Nunca fez, mas bem que devia
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Drogas
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Boninho

Cquote1.png Você quis dizer: Walther Negrão Cquote2.png
Google sobre Valter Araújo
Cquote1.png Meu irmão?! Cquote2.png
Taís Araújo sobre Valter Araújo

Valter Negrão Araújo é um fulano desconhecido aí que cansou de ser anônimo e decidiu se inscrever no Big Brother Brasil. Antes disso, tentava ganhar a vida se prostituindo como rapper na periferia de São Paulo, obviamente sem obter o menor sucesso. Nas horas vagas, também aproveitava para fugir da polícia quando pichava muros acreditando ser grafiteiro.

História de vidaEditar

Não há muito o que contar a seu respeito, porque o cara não tem praticamente nenhuma relevância para a mídia. Porém, até a Wikipédia tem um artigo sobre ele, portanto a Desciclopédia não poderia ficar de fora e ignorar sua existência, ou sim?

Nascido em 12 de setembro de 1978 em alguma casa de parteira, sofreu de raquitismo durante toda a infância, motivo pelo qual foi apelidado por sua família e amigos de Slim (fino, em ingrês). Na adolescência, viciou-se em crack e ficou mais fino ainda, além de adquirir uma extrema dificuldade em pegar mulher, já que não somente era feio, mas também pobre e nem sequer as putas faveladas tinham interesse em ficar com ele.

Indignado com as injustiças sociais que vivia, Slim começou a ter pensamentos destrutivos em relação à humanidade, e como não tinha dinheiro o suficiente para frequentar um terapeuta e desabafar suas angústias, ao menos comprou um diário feito de papel higiênico reciclado. Aquele pequeno caderno tornou-se seu melhor amigo, onde escrevia e anotava todas as merdas que lhe vinham à cabeça. Como é semianalfabeto, comete mais de 8000 erros gramaticais e ortográficos, dificultando assim a compreensão de suas palavras.

Em janeiro de 2014, sequestrou Boninho e obrigou a Rede Globo a colocá-lo no Big Brother em troca do resgate. Não que alguém estivesse sentindo falta daquele velho, mas para evitar maiores escândalos, acataram o pedido de Slim.