Abrir menu principal

Desciclopédia β

Ripãblik Uga Buga Vanuatu
Vanuatu
Vanua tua mãe
Bandeira de Vanuatu
Brasão de Armas de Vanuatu
Bandeira Brasão
Lema: Somos inúteis depois de tuvalu
Hino nacional: Haluna Matata

Localização de Vanua tua mãe

Capital Port Vila
Cidade mais populosa Espiritu santo
Língua Língua melanésia
Religião oficial ...
Governo É decidido a cada 4 anos
 - ditador Kalkot Motumbo Iolu Abil Quem ganhou a briga
Heróis Nacionais Se mandaram
Área  
 - Total Sei lá km² 
 - Água (%) 100
Analfabetismo 14 só alguns melanésios não existem vanuatenses burros 
População Tú kalkot e umas negonas melanésias 
PIB per Capita 100 
IDH Água 
Moeda Latinha
Fuso horário Caloroso
Clima Havaiano
Website governamental Vanuatu


Vanuatu é um país pequeno pra caralho, lá longe, passando a Austrália, passando Tuvalu, passando Kiribati, passando o Inferno, até encontrar as ilhazinhas cagadas de Vanuatu. O país tem fronteiras marítimas com Atlântida a leste e com a água a oeste. A sua capital é o Cu do Mundo.

Índice

HistóriaEditar

Descoberto por Roger Milla, as ilhas foram colonizadas por bêbados e orcs. É conhecido como o país mais feliz do mundo, já que a população não precisa trabalhar por não haver espaço físico suficiente.

Durante o século X ocorreram na região as Sagas Infelizes, durante as quais um grupo de infelizes vindo da Islândia se aventurou procurando praias gostosas e mulheres paradisíacas, ou o contrário, e caçavam dragões do Vanuatu. No entanto, jamais puderam atacar as ilhas porque passaram batidos por elas e foram parar na Nova Zelândia.

Fora isso, a única grande coisa da história dessas ilhas é que elas foram usadas como cenário do fim do mundo no terceiro filme dos Piratas do Caribe.

Movimento separatistaEditar

 
Comida típica do Vanuatu.

Em 1969, um grupo de 20 habitantes da ilha (quase um terço da população) revoltou-se e quis formar um país independente. No entanto, acabaram desistindo quando viram que a área que pretendiam emancipar não era suficiente nem para acomodá-los todos juntos. Desde então, os vanuatuenses vivem em paz e harmonia.

PolíticaEditar

O Parlamento de Vanuatu é formado por metade da população total. São eleitos a grito a cada quatro meses. Normalmente quem tem o pau maior é eleito presidente, por isso, Motumbo impera soberano.

Por ser um estado feliz, destino de férias preferidos de noruegueses, finlandeses e outros vikings nórdicos, firmou-se entre este país e aqueles o Tratado da Liga Feliz Nórdica, pelo qual ficou decidido que todos os países nórdicos do mundo têm isenção fiscal e tributária nas ilhas, podendo fotografar sua paisagens sagradas de graça o momento que quiserem e levar para casa nativas para serem usadas como escravas sexuais.

Atualmente, esta é a principal fonte de renda da ilha.

EconomiaEditar

 
Exportações de Vanuatu. Clique para ampliar

A economia de Vanuatu é baseada principalmente na pesca e agricultura de maconha, cuja produção é exportada para a Jamaica, ou usada para consumo interno.

GeografiaEditar

Vanuatu consiste em uma ilha, bem pequena, com um coqueiro no meio e várias outras ilhotas sem nome.

Vanuatu é famosa na Oceania por um sua floresta com cinco coqueiros, chamada de A Grande Selva de Vanuatu.

SubdivisõesEditar

Vanuatu é dividido em quatro áreas:

ProvínciasEditar

 Ver artigo principal: Tafea
  • Shefa - Conhecida por ser a chefe a única que tem piscina.
  • Torba - Maior fabricante de aspirador de pó do mundo.
  • Penampa - Paraíso dos sapos atualmente é um lago.
  • Samna - Ex samoa brasileira.
  • Malampa - O QUÊ?
  • Tafea


DemografiaEditar

A maioria dos habitantes de Vanuatu (95%) são gente, o resto da população são cachorros, papagaios e um gorila.

Ver tambémEditar