Abrir menu principal

Desciclopédia β

Varre-Sai

Inquisicaoespanhola.jpg

A INQUISIÇÃO ESPANHOLA MONITORA ESTE ARTIGO!!!

Significa que o Grande Irmão e os Santos Inquisidores estão monitorando constantemente este artigo para evitar qualquer tentativa de Humor Privado, Politicagem, Patrulhamento Ideológico, Censura ou Apologia com saudável paranóia para manter o espírito desta Desciclopédia que zoa os desiguais igualmente!!! Se quiser evitar problemas... siga as regras.

NewBouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Varre-Sai.

Cquote1.png Você quer dizer o quê???? Cquote2.png
Google sobre Varre-Sai
Cquote1.png Quéééééé???? Cquote2.png
Você sobre Varre-Sai
Cquote1.png Quem nasce em Varre-Sai é o que? Cquote2.png
Seu colega de trabalho sobre Varre-Sai
Cquote1.png Tanto lugar pra nascer... Cquote2.png
Eu sobre Varre-Sai
Cquote1.png Foi o cão que butô pá nóis bebê... Cquote2.png
Jeremias sobre Prefeito de Varre-Sai
Cquote1.png E eu que butei pro cão que butô pá nóis bebê... Cquote2.png
Prefeito de Varre-Sai sobre Cão
Cquote1.png Você é de que família? Cquote2.png
RH varressaiense sobre Emprego
Cquote1.png Amo esse lugar! Cquote2.png
Mongolóide sobre Varre-Sai
Cquote1.png Você é mineiro??? Cquote2.png
carioca sobre Varre-Sai
Cquote1.png Este lugar non ecziste!! Cquote2.png
Padre_Quevedo sobre Varre-Sai
Cquote1.png Na União Soviética, quem Sai Varre VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Varre-Sai
Cquote1.png Eu tenho medo!! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Varre-Sai
Cquote1.png Quando eu cheguei lá pensei que ia moorreee-ee. Cquote2.png
Tiririca sobre Varre-Sai

Va-a-merda-porra-(Luiz-Carlos-Alborghetti).gif Este artigo pretende ser ofensivo!

Se você não se sentiu ofendido, edite-o até se ofender.

E se se sentiu ofendido, VÁ A MERDA, PORRA!!!


Varre-Sai é um lugar muito, muito distante, sem graça, sem praia e sem emprego, localizada nos confins do noroeste do estado do Rio.

A agitadíssima noite de Varre-Sai.

É cidade onde idosos acima de 90 anos costumam achar pitoresco e bonitinho, mas duas noites depois estão levantando as mãos para os céus por sair de lá.

Se você está procurando lugares bucólicos, natureza latente, vales verdejantes, vá a Varre-Sai e quebre a cara, pois lá não tem absolutamente nada disso, só um monte de roça (que o pessoal costuma chamar de fazenda) com cheiro de bosta de vaca.

Suspeita-se que os Cavaleiros do Brasil possuam uma de suas bases secretas lá, já que o lugar é tão longe e esquecido, ninguém jamais pensaria em procurá-los por lá...(e nem que pensassem nisso se atreveriam a ir)

Índice

Vinho de JabuticabaEditar

 
Jabuticaba - A matéria prima para a elaboração do mais famoso (???) produto da cidade.
 
Homem que provou o pitoresco vinho de jabuticaba.

A jabuticaba é uma fruta preta que solta uma gosma esbranquiçada de seu interior, que os frustrados imigrantes italianos, por não conseguirem plantar uva nesse fim de mundo, acharam ela meio parecidinha com a tal fruta e resolveram fazer um vinho.

Foi inventado o famoso (não sei pra quem) vinho de jabuticaba! É a bebida da caretinha, pois é exatamente a cara que você faz depois que prova o vinho.

Festival do VinhoEditar

É uma das maiores enganações tradicionais desta mísera e longínqua cidade pequena. Paga-se R$50.000.000 por um caneco horroroso! A pessoa acha que vai beber vinho de primeira e comer caviar e queijos finos. No final das contas, tem que se contentar com a "bebida da caretinha" e queijo qualho na chapa suja da barraca, em que o dono acaba de coçar o saco dar o troco e pega o "churrasquinho" de queijo para te entregar, e ainda te cobra 5 pila por aquela nojeira.

Esta é a época mais assustadora do ano em Varre-Sai, onde o índice de assassinato tem pequenas chances de subir de 0,000000000001% a cada dez anos para 0,000000000002%.

ReligiosidadeEditar

  • Chatolicismo Carismático: São um bando de não praticantes, que dizem que amam a Deus, seguem a Deus, Falam que tem Deus em sua vida, mas não tem a menor noção de onde fica a Igreja.
  • Chatolicismo Tradicional: Na verdade, são crentes que acreditam em santos. Andam como crentes, se vestem como crentes, tem aquela Ave-Maria de sovaco debaixo do braço e também caça capeta em músicas "seculares". As missas são rezadas em Latim (aquela que um padre nervoso pode mandar a paróquia toda pros quintos dos infernos e todo mundo fala "amém"). A Igreja tradicionalista varressaiense tembém é conhecida como ITCOE (Igreja Tradicional Chatólica da Obra Eterna), pois desde 1500 a.c. todas as igrejas tradicionais passam por sérias reformas, e por algum mistério do destino ($$$) nunca são concluídas. Os seguidores da ITCOE são conhecidos como "padrecos" e "padrecas".
  • Crentismo: Tem muita coisa parecida com os tradicionalistas, mas o mais irritante são os analfabetos que não sabem falar PATAVINAS que gritam em suas igrejinhas assassinando os ouvidos dos transeuntes e a gramática ao mesmo tempo.
  • Saidismo: São seguidores e adoradores do Deus Said. Geralmente se disfarçam de chatólicos para chamar a atenção. É uma religião subdividida em Santus Vereadoriuns Perrapaduns. São adoradores da pobreza e sentem orgulho de falar que não tem dinheiro pra porra nenhuma. No livro dos Saidistas, encontra-se a seguinte máxima: "Devo, não nego, pago quando puder." (ou será que era "Devo, não pago, nego enquanto puder.")
  • Silvestrismo: Apesar de se dizerem adoradores do Deus Silvestre estes seguidores passam a maior parte do tempo se adorando. Amaaaaaaaaaam dizer que fazem parte da elite política e social da cidade. Ostentar é o foco dessa religião. São mais pulverizados na sociedade, podendo se disfarçar de chatólicos tradicionais, crentes, e até mesmo Saidistas quando lhe interessam.
  • Pembistas: (não confundir com PMDbistas) Varre-Sai está ficando excentrica mesmo, agora tem até casa de pemba. Vai um monte de gente pro morro, ouvir timbalada a noite inteira pra tentar pegar pomba-gira.

IndústriaEditar

  • Fábrica de caixão.
  • Fábrica de café.
  • Fabrica de pilantragem.

EmpregoEditar

Tendo um bom sobrenome ou sendo um ótimo puxa-saco, você pode conseguir um eprego que não te deixe passar necessidades básicas.

No currículo para a prefeitura, deve-se incluir em letras garrafais "EU SOU PARENTE" e "BOOM"! O jeitinho tá "agarantido". Caso não seja parente, deve-se contentar com a cara feia dos administrativos quando for cobrar os serviços prestados. É uma verdadeira aventura ser terceirizado em Varre-Sai.

O CaféEditar

Varre-Sai é famosa por ter sido um dos grandes produtores de café da região sudeste(sic). Quando outras cidades descobriram que dava pra plantar café por lá também, Varre-Sai deixou de ser um grande produtor de café, porque de grande Varre-Sai não pode ter nada.

Os cafeicultores vão a essas indústras pra torrar seu saco. Os cafeicultores de Varre-sai são famosos por carregar o saco nas costas.

Varre-Sai tem várias indústrias de café de um dono só, são elas:

  • Café Pratosco: É um café poderoso, forte, preto, negão mesmo, que dirige caminhão, coça o saco, masca fumo e cospe.
  • Café Du Anus: Pra sentir todo seu sabor, só no CuADor...
  • Café Varre-Sai: Ninguém sabe que existe, e quando compra não compra mais.
  • Café Ki-Sai: É o café Ki-sai horrível... todo o lixo da produção dos cafés acima é revertido neste café. Ele tem o inconfundível sabor "baratinha no saco de estopa".

PolíticaEditar

 
Clima de paz e harmonia em época de votação.

Em época de votação em massa, a cidade inteira se candidata a vereador. O número de candidados a vereadores está ficando tão grande, que dentro de pouco tempo os candidatos a vereadores deverão votar nos cidadãos. Nesta época todos os Saidistas e Silvestristas saem de seus casulos e mostram suas garrinhas afiadas.

Ganha o candidato que conseguir ofender de modo mais baixo a família do outro. Proposta de governo e participação política são coisas totalmente irrelevantes e dispensáveis.

Pontos TurísticosEditar

Apesar de Varre-Sai ser uma cidade feia pra cachorro, existem pontos turísticos importantes de igual feiura para visitar, como exemplo podemos citar:

  • Seminário: Era pra ser uma fábrica de padre. Mas como Varre-Sai é uma cidade de gente idosa, e criancinhas eram difíceis de se encontrar, acabou se tornando um hotel temporão para eventos chatólicos. Em época de Colméia (Colônia de Féria pra fanáticos chatólicos em formação), se torna uma espécie de "Motel de Cristo para Adolescentes".
  • Cemitério Tobogã de Presunto: O Cemitério Varressaiense é um espetáculo bizarro. Em qualquer ponto da cidade você consegue ver aquela coisa horrenda. A pessoa nem precisa ir visitar o falecido de perto, é só carregar um binóculo e olhar a tumba de longe e dar tchiauzinho pro seu parente falecido. Fora o fato de ser totalmente inclinado. Se der uma enchorrada feia, os defuntos vão descer chiando para o meio da cidade.
  • Rio Beirão: O Rio Beirão, é na verdade um córrego overrated. Ele é responsável pelo transporte de bosta, e pelo cheirinho de verão varressaiense.
  • Roças Fazendas: As fazendas de Varre-Sai são cheias de vacas lotadas de bérnia e rondadas por moscas varejeiras. Não tem a menor graça, a única coisa útil que se faz em uma fazenda em Varre-Sai é levar seu filho remelento pra um passeio, apontar para o bicho e falar que nem retardado: "alá o booooooooooizinhu!!!"
  • Hotel Falidozenda: O Hotel Falidozenda de Varre-Sai, também conhecido como Recanto Zoológico, é um local onde os bichos vão pra passar fome e gente vai pra passar ráiva. É ótimo pra ver bichinhos magros e sendo maltratados. O lugar é considerado um Top de Varre-Sai, mas é tão lindo quanto a Dercy Gonçalves pelada brigando de foice com a Hebe Camargo dançando macarena.
  • Morro do Calvário: Muitos desavisados confundem com o cemitério de Varre-Sai. O Morro do calvário foi construído para relembrar a Via Crucis de Maomé, depois de ter tomado café com buda e botado chifre em Jesus com Krishna.
  • Morro dos Pinicos:Varre-Sai é extremamente Style... É uma cidade pequena com requintes de cidade grande. É tão Top que tem até uma favela (que é quase do tamanho da cidade toda). Mas é uma favela diferente das outras, lá não tem prostituição e drogas, lá só estão à venda "di menores" para fins de "adoção", venda de talco para passar nas "di menores" e muitos e muitos quilos de filmes BASEADOS em fatos reais!!!...

PersonalidadesEditar

 
Batem Pau tocando uma para um Varresaiense.

A única personalidade Varressaiense só é personalidade porque saiu de lá bem rápido (logo depois que nasceu, sorte dele!).

Betem Pau nasceu na Papelaria do Levi em 1825 a.c. E logo depois que nasceu sua mãe e seu pai correram de lá o mais rápido possível para que o filho pudesse ser criado longe desse cafundó.

Batem Pau nem sabia que tinha nascido em Varre-Sai, se não fossem várias cartas o ameaçando de morte para que dissesse que havia nascido naquele cantão. Infelizmente o sujeito foi obrigado a declarar sua amarga origem, forçando-o a fugir para as Zoropa onde ficou conhecido como Baden Power Ranger.

Habitantes varressaienses o encontraram nas Zoropa, e o troxeram para Varre-Sai, para fazer um show dentro de um barracão com cheiro de murrinha. O show de MPB decepcionou muita gente, pois a população varressaiense nunca havia escutado música, só Pagode, Forró e Funk.

Batem Pau deixou uma grande frase para a população varressaiense antes de bater as botas:

  Vou tocar uma pra vocês!!!  
Batem Pau sobre Varressaienses

Ainda assim, Varre-Sai ainda é um berço de personalidades marcantes, bem quistas e de um apreço cultural e intelectual invejável. Vejamos algumas das figuras mais conhecidas da cidade, bem como frases marcantes da literatura varressaiense deixadas por eles na memória da nossa cidade.

  • Bastião Caxixa -   Pega no meu p... e espicha!!!  
  • Chicute -   Você é um pingo d'água na folha de inhame!  
  • Zé Luiz do Lucindo (popular Mazaropi) -   É a p... que lhe pariu, seu filho duma p...!!!  
  • Jô -   Seu cu! Tomar no seu cu!!  
    sobre quando mandavam ele tomar banho
  • Mumu (Mumu da Mangueira, como ele dizia) -   Vou mijar na tua bundinha!!!  
  • Zé do Rádio -   ahhh hehehehhh... me dá um pão?!  
  • Bastiana muié(muié é sua mãe piranha!!!)

Coisas que só existem em Varre-SaiEditar

Existem coisas que só são encontradas em Varre-Sai. Cientistas da NASA já tentaram encontrar vida em outros planetas e falharam. Agora eles buscam explicações para os fenômenos inexplicáveis que ocorrem nesta cidade localidade localizada num local longe pra porra de qualquer lugar.

Varre-Sai é o único lugar longínquo do universo paralelo desconhecido onde:

  • 1- O Prefeito ocupa os cargos de Prefeito e Primeira Dama ao mesmo tempo. (sem cobrar a mais por isso)
  • 2- As lésbicas engravidam.
  • 3- Os mortos brincam de tobogã em dias de chuva.
  • 4- Existem mais candidatos a desocupados vereadores que eleitores cadastrados.
  • 5- Na prefeitura, que mais parece uma empreiteira construtora, quem é parente do prefeito, ou pra algum parente do prefeito, ou faz massagem no prefeito (vide item 1 deste artigo), ou possui um cargo de confiança na prefeitura, ganha um puta casarão.
  • 6- O dono da "Casa do Careca" tem cabelo.
  • 7- O "Seu Nego", da Padaria do Nego, era branco feito vela.
  • 8- O "Nêga Véia" na verdade é um homem branco.
  • 9- O mudo e surdo (surdo!) que é apaixonado por rock e vive sacudindo a cabeça fazendo caras e bocas com a língua pra fora fazendo o sinal da mão chifrada enquanto o som tocado é o forró.
  • 10- O campeão de motocross da cidade tem uma perna só
  • 11- Os padres tem mais namoradas que qualquer agroboy da cidade
  • 12- Falando neles, na cidade não existe playboy, apenas agroboys!

Aviso ImportanteEditar

O autor do artigo (eu) está prestes a ser PROCESSADO pela Inquisição Moderna Varressaiense. Estão em votação as seguintes penas:

  • 1- Ser fervido em Óleo de Lourenço;
  • 2- Ser queimado em praça Púbica, pois acham que ele é filho do Demo (não da versão Full);
  • 3- Ser obrigado a deixar Jesus entrar nele. (ahhhhhhh!!!!)
  • 4- Ser obrigado a tomar (ui!) três canecas de bebida da caretinha vinho sem fazer careta em momento algum, sob pena de ser novamente julgado e condenado a uma das penas anteriores.
  • 5- Ser uma pessoa descontente consigo mesmo! Pois não consegue assumir a sua sexualidade numa cidade tão pequena. Sendo assim, se mudou para a cidade do lado que julga maior e vive conhecendo pessoas através de um app (SCRUFF) se dizendo discreto. Só tem o Scruff, pois não tem Iphone para ter o GRINDR.
  • Correção: O autor do texto possui um Moto G (este que ecreve), também possui o Grindr. O aplicativo também está disponível na "Play Store" como download gratuito. E já assumiu sua sexualidade tem bastante tempo. Beijo no ombro dazinimiga. :*

Normalmente, a penalidade mais utilizada é a 4ª, pois só assim alguém bebe o tal vinagre vinho. A quinta foi apenas consequência da vida mesmo.