Abrir menu principal

Desciclopédia β

Vaz Lobo

Testeparaloira2.jpg Vaz Lobo não serve pra porra nenhuma!

Se você estiver disposto a perder seu tempo com esta porcaria, vá em frente. Só que não venha reclamar dizendo que perdeu tempo, senão a chapa esquenta, morô?!


Vaz Lobo é um bairro de classe-mérdia situado entre Madureira e Irajá, dominado pelo tráfico e pela pouca vergonha, conta com a população de 15.000 favelados e mais de 70% traficantes e putas que não sabem se quer escrever decentemente.

RealidadeEditar

 
Uma lugar velho e deprimente.

Habitado por bandidos e seus aprendizes, piranhas e seus filhos, Vaz Lobo é aquele bairro que ninguém fala que mora, normalmente dizem Madureira, Irajá ou "Vicente". As poucas pessoas (de juízo) que estudam normalmente saem do bairro e vão estudar em Irajá pois as Escolas Municipais Irmã Zélia e Rodolfo Garcia são ninhos de filhos de bandidos, favelados natos e futuras mães de 12 anos. Os colégios particulares Republicano, Pirralho, Augusto Marques e Bahiense são pra os poucos putos que podem pagar pela educação dos filhos. Vaz Lobo só é bom na epoca de carnaval.

LazerEditar

Os momentos de lazer mais populares são a ida ao Carioca Shopping, bate-carteira em Madureira, ida a Praça da Light (para falar mal dos outros), compras no Mercado Mundial, feirinha do Atacadão de Vicente e Bailes do Morro do Juramento e Serrinha. O Largo de Vaz Lobo, que deveria ser o ponto principal dos encontros da favela, é esquecido, o povo só pensa no largo lá pro carnaval.

Todo empreendimento que brota logo vai à falência graças aos bandidos, enfim, não tem nada que preste nesse bairro.

Transporte PúblicoEditar

O mais famoso entre os moradores de Vaz Lobo, sem dúvidas é a linha 351 Vaz Lobo x Passeio - ele leva o nome do bairro a diversos cantos do Rio de Janeiro.

Outras linhas que infelizmente passam por lá são: 355, 560, 561, 709, 712, 721, 774, 775, 940,...