Abrir menu principal

Desciclopédia β

Villa Adriana

Romanopre.jpg ROMANI ITE DOMVM!!!

HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Ô Adriano tá me ouvindo? Cquote2.png
Aquele velhinho do Pânico na TV sobre Villa Adriana

Villa Adriana é uma villa romana, ou seja, um conjunto habitacional estilo os do Maluf só que destinado a um público mais refinado, a elite romana, aquele pessoal que não fazia absolutamente nada além de puxar o saco do imperador às vistas de todos e ficar conspirando por baixo dos panos.

A VillaEditar

 
A villa, ou o que sobrou...

Localizada em Tivoli, uma cidade desconhecida da Itália a villa Adriana recebeu esse nome por ter sido construída pelo Imperador Adriano, não aquele jogador problemático que passou pelo Bambi FC e se encostou no Flamengo, e sim o imperador romano de Roma que assolou o império no século II.

A villa é obra do próprio imperador que se meteu a arquiteto, engenheiro e decorador, se é que há alguma diferença entre essas profissões além da escolha sexual de cada uma. Adriano encheu de frufrus, prédios com cúpulas e outras frescuragens que o pessoal das épocas posteriores adorou pela completa ausência de sobriedade.

 
O belo teatro, pena que não está disponível em dias chuvosos.

AtualmenteEditar

Como toda boa ruína romana na península itálica, esta também foi nomeada como patrimônio Mundial pela UNESCO, uma entidade cuja motivo de existência é tão obscuro quanto a reposta para o a pergunta "O que as mulheres tanto fazem no banheiro?"

Hoje, o que sobrou da Villa são cacos e pedaços que foram provavelmente saqueados em algum momento da história. nem as termas encontram-se em bom estado, estão repletas de algas carnívoras e protozoários que você mata com um chinelo. Todo o resto segue o mesmo padrão, repleto de invertebrados suspeitos e muito musgo, os fungos dominaram geral. O que elimina toda oportunidade da região lucrar com o turismo na villa, isso se alguém em sã consciência fosse para lá.

Ver tambémEditar