Abrir menu principal

Desciclopédia β

Vlad III, o Empalador

Nota: Para outros Vlads, veja Vlad (Desambiguação).
Night creature.JPG Vlad III, o Empalador surgiu das trevas!!

E à meia-noite vai levar a tua alma!

Puro osso.gif
Drácula.jpg ESTE ARTIGO VEIO DA ROMÊNIA!

No topo de todas suas aldeias há um castelo mal-assombrado pelo Drácula, seus habitantes sabem fazer ginástica e comem estrogonofe de fígado.

Se vandalizar, um vampiro vai te morder!

Era um belo bigode mesmo

Cquote1.png Você quis dizer: Drácula? Cquote2.png
Google sobre Vlad III, o Empalador
Cquote1.png O bambu! Tragam-me o bambu! Cquote2.png
Vlad, o Empalador prestes a empalar um turco.
Cquote1.png No cu não, no cu não, ahhhhhhhhhhhhh... Cquote2.png
Outro soldado turco sobre Vlad, o Empalador.
Cquote1.png Meu colega de escola! Cquote2.png
Ivan, o Terrível sobre Vlad, o Empalador.
Cquote1.png Eu tenho medo... Cquote2.png
Regina Duarte sobre Técnica de Empalamento.
Cquote1.png Você traiu o movimento vampírico, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Vlad, o Empalador.

Vladimir Draculino Tepes III, conhecido como Vlad, o Embalador e empacotador bigode de cocô, filho de Vlad II, o Drácula e neto de Vlad I de Valáquia, foi um príncipe romeno que mandou embalar milhares de turcos no século XYZ. Matou cerca de 99,99% da população turca daquela época. Acredita-se que, se não fosse a intervenção de Vlad, a Turquia hoje seria o país mais populoso do mundo, com aproximadamente 3 bilhões de habitantes.

Reza a lenda que Vlad bigode de bosta pessoalmente embalava suas vítimas, com muita crueldade, deixando estas pessoas morrerem aos poucos nas embalagens de papel de presente. Sua história deu origem à vários famosos contos da ficção de horror, tais como Drácula, Menina do bambu e Capitão Nascimento da vassoura.

HistóriaEditar

 
Vlad acompanhando sua obra

Vlad nasceu na Transilvânia, uma região perdida no meio do mato, no interior da Romênia. Vlad III era filho de Vlad II Dracul. A palavra Dracul, em greco-romeno, significa Dragão. Dracula significaria Dragoa, mas resolveram dizer que Dracula significa Filho de Dragão. Todo mundo acreditou e tudo bem.

 
Vlad, depois de torturar turcos

Quando Vlad era um jovem jogador de RPG, sua terra-natal estava sendo atacada pelos otomanos, que já haviam dominado metade do mundo. A Romênia era a porta de entrada para a Europa. Muitas guerras foram travadas e a Romênia estava em uma situação desastrosa. Junto com a Romênia também estavam envolvidas outros países, como Hungria, Moldávia, Bóstia e Venezuela. Tudo estava sendo arrasado pelos turcos, quando Vlad decidiu fazer justiça com os próprios bambus. Milhares de turcos sentiram o bambu atravessando seus corpos. Talvez em Campinas e Pelotas esta técnica fosse aprovada, mas na Turquia era uma desonra e uma afronta à retaguarda.

Depois de meter o bambu nos turcos, Vlad embalava os coitados com plástico-bolha ou papel de presente e mandava-os de volta para a Turquia. Todos os invasores sentiram medo e abandonaram a missão. Muitos dos que sofriam esta terrível tortura sobreviviam, mas preferiam se matar minutos depois para esquecer este impacto profundo. Assim Vlad conseguiu libertar a Romênia e todos viveram felizes para sempre, menos os turcos.

Na Romênia e em alguns outros países, Vlad é considerado um grande herói. Na Turquia ele é o vilão de novelas e seriados, tanto que os turcos nas escolas ensinam que: O corpo de Drácula foi decapitado pelos Turcos e sua cabeça enviada à Constantinopla, onde o Sultão a manteve em exposição em uma estaca como prova de que o Embalador estava morto. Também é o personagem principal de alguns contos eróticos masoquistas e bizarros contados em algumas boates do Leste Europeu.

Uma Lenda diz que Drácula acabou com os pobres em 1 dia! Chamou a pobreiada para um banquete de Natal após isso a galera foram para os quartos de hóspedes dá aquela cochilada então que Drácula resolveu Queimar rosca da galera com fogo nos quartos e todos morreram.

Ver tambémEditar


gl:Vlad Țepeș