Abrir menu principal

Desciclopédia β

Vol. 3: (The Subliminal Verses)

Medinho do escuro.jpg Este artigo se trata de um álbum

E a Carla Perez já completou o dela com figurinhas da copa.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Hitler curtindo um som do Fresno. Vol. 3: (The Subliminal Verses) é emo.

Se você não respeitá-lo(a), um deles chamará o Adolfinho para lhe transformar em purpurina.


Cquote1.png Você quis dizer: Vol.3 Versos Subliminares Cquote2.png
Google sobre Vol. 3: (The Subliminal Verses)
Cquote1.png É o MeLhoR ÁlBUm DelIxX. Cquote2.png
emo sobre o terceiro álbum da banda.
Cquote1.png É horrível, por isso mesmo merece, toma o Grammy! Cquote2.png
Jurados do Grammy sobre Before I Forget.
Cquote1.png Eu não me lembro desse álbum... Lembro da Tequila! Cquote2.png
Corey Taylor sobre a confecção do álbum.

Vol. 3: (The Subliminal Verses) foi o terceiro álbum da banda de mascarados de Iowa, o Slipknot, sendo esse o álbum decisivo da derrocada da banda rumo ao Emo Metal, para depois poderem dar mais um passo rumo ao Happy Metal.

Índice

ConfecçãoEditar

 
Olha, o Corey sem máscara!

Nenhum membro se lembra exatamente o que ocorreu durante as gravações de Vol.3 (The Subliminal Verses), todos estavam bêbados demais dentro do castelo do produtor cantando clássicas músicas de corno do Amado Batista enquanto se abraçavam aos barris de cerveja gritando aos quatro ventos que o recipientes eram seus melhores recentes amigos de infância.

Entre 15 litros de cerveja e quatro garrafas de Vodka com anfetaminas os músicos trombavam um no outro e se lembravam que deviam gravar alguma coisa.

 
Bem essa é a capa do álbum, seria um zíper onde?

Assim foi por meses a fio. Em lembrança às dorgas fizeram as músicas Vermilion enquanto viravam algumas garrafas de 2 litros de Itaipava e as músicas foram saindo nos momentos de loucura total os resultados foram Duality, Before I Forget, Pulse of the Maggots entre outras, sendo muitas quase vomitadas. Aos trancos e barrancos o álbum foi terminado.

RecepçãoEditar

Quando eles encerraram o álbum e saíram do castelinho, já que o Edmar Moreira estava com ele em vista para seus negócios os integrantes pensaram "Que porra a gente fez?", mas bateu a voz da razaão e decidiram entregar do jeito que estava para evitar um novo Chinese Democracy.

 
Mick Thomson feliz com o álbum, note sua expressão de felicidade pueril.

Após deixar as músicas aos cuidados da gravadora eles foram ao bar curar a abstinência de 4 horas. Com o álbum nas lojas veio o susto, várias gurias retardadas amaram juntos com pré-adolescentes que acharam a música pesada e se sentiam "Os headbangers" ouvindo Vermilion Pt2 e Avenged Sevenfold. O pessoal de Iowa que fizera nesse álbum a versão aidética do anterior viu que música ruim é que faz sucesso, daí o gancho para o posterior All Hope is Gone.

FaixasEditar

  1. "Prelude 3.0" – 3:57
  2. "The Blister Exists" – 5:19
  3. "Three Nil" – 4:48
  4. "Duality" – 4:12
  5. "Opium of the People" – 3:12
  6. "Circle" – 4:22
  7. "Welcome" – 3:15
  8. "Vermilion" – 5:16
  9. "Pulse of the Maggots" – 4:19
  10. "Before I Forget" – 4:38
  11. "Vermilion Pt. 2" – 3:44
  12. "The Nameless" – 4:28
  13. "The Virus of Life" – 5:25
  14. "Danger – Keep Away" – 3:13

Ver tambémEditar