Abrir menu principal

Desciclopédia β

Wish You Were Here

Capa03.jpg Este artigo se trata de um álbum

E provavelmente tem só duas músicas que prestam.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Primeira das 2 versões do que poderia dizer a capa do álbum Wish You Were Here

Cquote1.png Puta merda, era para eu estar rico. Cquote2.png
Syd Barrett sobre Wish You Were Here
Cquote1.png 7 anos sem Cidão. Vamos comemorar Cquote2.png
Roger Waters sobre Wish You Were Here
Cquote1.png Xáaaainôm iú crêêêêizi Dáimooon! Cquote2.png
Você cantando uma das músicas.
Cquote1.png Atenção, estamos ricos! Vamos homenagear o Barret, que está pobre, ele vai adorar Cquote2.png
Waters sobre Wish you where here


Wish You Were Here ou Wish You Were Sick (Queria que você tivesse Doente) é um álbum que falava sobre a doença de próstata de Cidão e seus vícios de cheirar gatinho e fumar um cigarrinho do demônio 20x ao dia. Wish You Were Here foi o sétimo álbum da banda inglesa Pink Floyd sem Cidão. Comparado aos outros álbuns, é o mais mela-cueca e o que provavelmente costuma dar mais sono.

O Wish you were here ou sick, como dito acima foi um álbum dedicado a expulsão de Syd Barret o cidão da banda, pois só depois disso os integrantes pararam de usar roupas bregas e cafonas e ainda mais comemorando o sucesso absoluto, já que o álbum anterior Dark Side of the Moon vendeu mais que água devido ao pacto esforço feito pelo capeta pelos integrantes. Por isso tudo eles descobriram que poderiam dar conta sozinha da banda.

Mitos dizem que durante a gravação da música Shine on you crazy, yooooooooooooou craaaaaazy diamond! que falava da vida de Cidão, o próprio Syd Barrett apareceu nos estúdios de gravação, careca, gordo, com a barba mal feita (Futuro David Gilmour 20 anos mais tarde) tentando pedir emprego. Tudo isso depois que eles começaram a fazer sucesso graças ao álbum anterior. Mas felizmente infelizmente ninguém reconheceu aquele gordo, e continuaram gravando, dizem que Roger até reconheceu a desgraça o mendigo músico, mas fingiu que nunca viu mais gordo.

Foi também nesse álbum que Roger Waters estava se descobrindo o talento de vocalista dele. Talento, não é a palavra certa. Já que no álbum anterior, Roger arriscou algumas músicas, gostou de sua voz bizarra e resolveu cantar metade do álbum Wish You Were Here... Foi a partir dai que alguma força do mal encarnou no corpo de Roger Waters, e ele se tornaria a partir desse álbum o Roger Waters, dono do Pink Floyd!.... Isso até ele dar chilique e sair da banda anos mais tarde.

última versão (E possivelmente a mais provável) do que poderia se tratar a capa do álbum

Músicos, malucos e drogados responsáveis pelo álbumEditar

  • Davi Gilmar - (Voz/Guitarra/Violão/Viola/Sanfona/Banjo) Um dos responsáveis em fazer as pessoas dormirem durante as músicas
  • Rogério Águas - (Voz/Baixo/Alto/Médio) -
  • Ricardo Scerto - (Teclado/Sons espaciais/Coisas de outro mundo) - Principal responsável pelos sons viajantes que causa sonolência
  • Nico Manso - (Baterista) - Principal responsável por acordar a gente no meio da música.

Músicas ou coisas parecidasEditar

Música feita para falar da vida de drogado de Syd Barret, com uma duração de 45 minutos, ocupa o lado A do LP inteiro e mais metade do lado B. Devido a não caber num lado só do disco, foram obrigados a dividir a música em duas partes. Tal hábito masoquista durou até os últimos discos da banda, onde sempre havia ao menos uma ou duas músicas divididas em duas ou até três partes. Mais tarde, com o advento dos CDs, DVDs e Blue Rays da vida, tal maluquisse tornou-se mera enchessão de linguiça, para dar aos álbuns mais quantidade de faixas e assim alavancar as vendas.

  • "Welcome to the jungle Machine"

Sons estranhos, barulhos estranhos, vozes estranhas e sond de peido essas coisas que as pessoas já estão acostumadas ao ouvir Pink Floyd. Música que da boas vindas as máquinas de fazer tabaco

  • "Have a Cigar ou Agora eu tenho cigarro"

Música criada para dizer para Syd Barret que os integrantes tem cigarros de sobra. Com a nova lei, é proibida a execução em locais fechados.

  • "Wish You Were Here"

Música falsa que fala o que eles querem mais na verdade nunca irão querer a volta de Barret.

É a mesma coisa da Shiiiiiiiiiiine on you crazy, you crazy diamoooooond I. O que muda são os barulhos de ventos e as risadas do Roger são retiradas da música. Essa é a parte II que ocupa metade do lado B do LP.