Xbox One X

Atenção! Este artigo foi desenvolvido pela Microsoft! Menu canto windows.gif
E seu autor o programou no setor de POG. Por isso, ele pode conter lentidão, travamento, consumo excessivo de RAM, SPAM e BSoD.
Para obter ajuda, acesse o Centro de Ajuda e Suporte da Microsoft.
Process-stop.svg

Cquote1.svg Você quis dizer: Escorpião Cquote2.svg
Google sobre Xbox One X
Cquote1.svg Você quis dizer: 240p Cquote2.svg
Google sobre Xbox One X
Cquote1.svg Você quis dizer: Consolo mais potente da geração Cquote2.svg
Google sobre Xbox One X
Cquote1.svg Este vai ser rosa! Cquote2.svg
Hitler, agora designer de consoles sobre as cores do XOS
Cquote1.svg Sem TV agora povo! Cquote2.svg
Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, sobre o XOS
Cquote1.svg E sem Kinect também! Cquote2.svg
Chefe da divisão Xbox complementando sua frase anterior

O Xbox One X (em português: X Caixa Um X) (ou favelez: Xbosta One X), conhecido anteriormente como Casa Caixa de Escorpião é um upgrade da Caixa Um para jogar em 4k feito pela MAICOSÓFITI que custa os olhos da cara.

HistóriaEditar

Vendo o péssimo lançamento da 1°Caixa (vulgo Xbox One) a MAICOSÓFITI resolveu entrar em contato com a atual rival da produtora de placas gráficas da Não-Entendo, a ABD, ( que se chama assim por que eles não gostam da letra "C"), feito isto eles começaram a desenvolver o projeto do XOS, o Xbox One Scorpio, ou Project Matrix. A ABD junto com a Batatasoft criou um novo conceito chamado de AKBIDKH, que melhorava demais os gráficos do XOS, fazendo com que ele ficasse próximo à um Super Nintendo. Juntas, ABD e Batatasoft mostraram o projeto para Bill Hallen (ou Gates), que adorou o projeto, já que ele funcionava a base de bosta fezes humanas, que eram transformadas em água (para o resfriamento) e energia (para o produto funcionar), sendo assim um console muito eficiente e barato de se manter (além de possuir um baixo consumo de energia). Graças a esta tecnologia, o console ficou conhecido pelo excelente apelido de tolete de bosta, um apelido que se encaixou muito bem ao funcionamento do produto. O Xbox One X foi apresentado primeiramente no ACRE! no Inexistent Place Games Show, os acreanos amaram o produto, que sairá por 900 Moedas Acreanas (A$) o que convertido é menos de 1 centavo, ou seja: é grátis! O único outro lugar que já viu o Xbox One X foi Marte, na Alien Games Show, que contou até com a presença do próprio tio Bill. O lançamento pra todo mundo foi na E3 em junho de 2017 Com isso, encerramos a história do XOS, por aqui. Agora, vamos como sempre falar do resto do Xbox One X, vamos lá.

HardwareEditar

 
Processador do Xbox One X
  • Processador: Batatasoft Batata V2.0® Com conservantes de 33Mhz (beeem mais potente que o Coleco Chameleon e o Nintendo Switch juntos)
  • GPU: AKBIDKH de 10MHz e 2FLOPS
  • RAM: 1MB à 3MHz
  • ROM: 1B
  • HD(sim, HD finalmente!): AGADI de 8MB
  • Mídia: Red-Ray de 5MB
  • Resolução: 120x240
  • Shó
 
Gráficos no ultra rodando no XOS

SomEditar

A MAICOSÓFITI ficou irritada pela Dolby ter apoiado suas concorrentes, então temos o único console de 9°geração que não usa tecnologias Dolby, ele usa o THX, da rival Lucasfilm. A versão que ele usa é o THX 80.0, muito mais potente que o Dolby Pulse Digital Surround Pro-Logic I-II Atmos Vision 1.1.

GuaphicosEditar

Falemos de novo dos guaphicos. Os guaphicos do Xbox One X são feitos pela Batatasoft e ABD, rodando a 240p, muito mais forte que os 10p do Nintendo Switch o nível de detalhamento dele é altíssimo e extremamente próximo da realidade, veja: https://www.youtube.com/watch?v=djMBhwOML-E

ConclusãoEditar

O X é o console mais potente da história! PC feels.

Ver tambémEditar

  Conheça também a versão oposta de Xbox One X no Mundo do Contra: