Abrir menu principal

Desciclopédia β

Yukie Kawamura

ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Morena a toa.jpg

Yukie Kawamura (23 de janeiro de 1986) é mais uma daquelas gravure idols sem personalidade discernível para falar. Graças à obsessão japonesa com tipos de sangue, sabemos que o dela é O. Se ela alguma vez precisar de uma transfusão, nós estaremos prontos para entrar em ação. Além disso, ela é gostosa e fica bem em fotos!

川村 ゆきえ
Yukie kawamura poster.jpg
Nascimento 23 de Janeiro de 1986
Bandeira do Japão Japão
Ocupação Puta paga
Altura 1,58
Signo Aquário
Cabelo Preto

HistóriaEditar

 
Yukie Kawamura, ela é uma gatinha, mas não tente cheirá-la!

Yukie Kawamura nasceu em Hokkaido, considerada a segunda maior ilha do Japão, o que talvez tenha contribuído para o desenvolvimento natural de seus seios, já que ela também é uma das mulheres mais peitudas do país sem adição de silicone. Durante a infância, Yukie Kawamura foi uma guria retardada normal assim como todas as outras de sua idade. Até a metade do ensino médio, só queria saber de fazer parte de grupos de estudo sobre Harry Potter. Quando entrou na adolescência, já começou a se distrair com namorados, que por sua vez se distraíam com seus peitões fora do comum. Por ter uma mentalidade simples, pura e inocente, Yukie Kawamura era facilmente ludibriada pelo sexo masculino e não via o menor problema em dançar o créu na velocidade máxima para seus amigos em troca do último mangá de One Piece. Lógico que, enquanto dançava para um, o outro filmava, e depois todos eles se reuniam para editar os vídeos e colocar no YouTube. Quando soube e assistiu sua própria performance na internet, Yukie Kawamura prontamente largou a escola. Não por sentir vergonha, mas porque viu que estava perdendo tempo ali estudando e que poderia muito bem ganhar um bom dinheiro fazendo aquelas putarias com mais frequencia.

Em 2003, Yukie Kawamura inscreveu-se em um concurso promovido por uma revista cujo prêmio seria o contrato com uma agência de modelos oficial. Ela ficou em terceiro lugar, levando uma coletânea de filmes de terror como prêmio de consolação. A fim de amenizar a dor pela derrota, ela decidiu fazer uma maratona e assistir em sequencia os filmes que havia ganho, um total de mais de 8000. No final, após assistir ao último, Yukie Kawamura estava sentindo-se um tanto mórbida e perturbada, pois nunca havia assistido um filme de terror na vida antes. Consumida por uma personalidade yandere, ela foi atrás das duas primeiras colocadas no concurso e matou-as de rir sem deixar vestígios, tornando-se automaticamente a vencedora e assinando contrato com a agência. A partir de então, Yukie Kawamura passou a estampar diversas revistas, fotos e DVDs.

Tudo corria maravilhosamente bem até 2007, quando o Batman descobriu o crime que Yukie Kawamura havia cometido para ficar famosa. Para a sorte dela, porém, não era o Batman, mas sim o Bátimã, que foi facilmente enrolado e convencido de que ela estava apenas atuando, e não matando de verdade. A notícia gerou controvérsia e espalhou-se por aí. Então, para provar que não era mentira, Yukie Kawamura virou atriz profissional e passou a atuar em doramas e tokusatsus. Os trabalhos mais notáveis de Yukie Kawamura, além de suas fotografias em roupas de banho, foram interpretando hentai girls nos seriados Carranger, Gekiranger e Ultraseven.

Atualmente, Yukie Kawamura mantém seus fãs atualizados sobre suas novidades através do Facebook, Twitter e de um blog, mas como ela só escreve em língua japonesa e você é burro demais para entender, nem vale a pena colocar ligações externas para essas páginas.

Ver tambémEditar