Abrir menu principal

Desciclopédia β

Zeitgeist, o Filme

(Redirecionado de Zeitgeist)
McdonaldsAmerica.jpg Powered by Chevrolet

Este artigo é gringo! Não tente usar armas químicas de destruição em massa ou jogar aviões contra ele, Tio Sam agradece.

NewBouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Zeitgeist, o Filme.


Zeitgeist, o Filme é um filme de 2007 lançado por pivetinhos do fliperama ateus que estavam atrás da fama e fortuna. É tipo o que o Dan Brown quis fazer com o Código Da Vinci, só que ao invés de lançar um romance e dizer que tudo não passa de uma coincidência, eles fizeram um documentário dizendo que tudo é verdadeiro.

Zeitgeist, o Filme
Zeitgeist filme.jpg
Por que raios se chama "Zeitgeist, o Filme", se nunca foi uma série ou nada do tipo?
116 minutos
Direção Peter Joseph
Gênero Pseudo documentário
Lançamento 2007
Idioma Inglês(com legendas)
Exibição Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos

Babel fish.gifTraduzindo: Espírito de porco do tempo
Babel Fish sobre Zeitgeist, o Filme
Cquote1.png Teria sido melhor ir ver o filme do Pelé... Cquote2.png
Chaves sobre Zeitgeist, o Filme
Cquote1.png Oi, eu gostaria de agradecer ao documentário Zeitgeist por abrir meus olhos. Cquote2.png
Você sobre Zeitgeist, o Filme
Cquote1.png Bom saber, conte-nos como foi. Cquote2.png
Zeitgeist sobre citação acima
Cquote1.png Bom, eu era ateu. Mas quando vi esse filme virei cristão... Troll3.jpeg Cquote2.png
Você sobre Citação acima
Cquote1.png Jesus é uma assimilação do personagem de God of War. Pense bem, Kratos... parece bastante com Cristo. Cquote2.png
Zeitgesteiro sobre comunidade gamística
Cquote1.png Ah, vá a merda, porra! Cquote2.png
Alborgheti sobre Zeitgeist, o Filme

Índice

Sobre o filmeEditar

É dividido em três partes, a primeira chama-se The Greatest Story Ever Told (A maior história já contada) e, basicamente faz críticas ao cristianismo. A segunda parte chama-se All The World's a Stage (O mundo inteiro é um palco) e fala sobre os ataques de 11 de Setembro. A terceira parte se chama Don't Mind The Men Behind The Curtain (Não se importe com os homens por detrás da cortina) e fala sobre as grandes corporações.

Primeira parte: The Greatest Story Ever Told (A maior história já contada)Editar

 
O Espírito do tempo, segundo os otakus

Nada mais é do que um plágio muito dos sem vergonha de um livro fracassado refutado chamado The Christ Conspiracy, The Greatest Story Ever Sold (A Conspiração Cristo, A Maior História Já Vendida). Basicamente essa parte fala que Jesus é um mito astrológico e que a Bíblia é uma cópia descarada dos mitos de outras culturas, o autor faz uma série de comparações entre Jesus e a figura central de muitas religiões. De modo que, na maioria das vezes, essas comparações são forçadas e podem ser desmentidas com uma mera busca pela desciclopédia ou até mesmo pela wikipédia.

Algumas comparações feitas no vídeo:

Jesus X Hórus(o principal)
Jesus X Krishna
Jesus X Hércules
Jesus X Jaspion
Jesus X Maomé
Jesus X Buda
Jesus X Superman
Jesus X Goku

A primeira parte é o único motivo pelo qual as pessoas assistem o vídeo(pois se fosse apenas a parte um e dois, ninguém daria a mínima para o conteúdo do filme)

Segunda Parte: All The World's a Stage (O mundo inteiro é um palco)Editar

A segunda parte fala sobre ataques de 11 de setembro de 2001. O filme sugere que o governo dos Estados Unidos tinha conhecimento destes ataques e que a queda do World Trade Center foi uma demolição controlada pelo próprio governo norte-americano. Pois naquele tempo questionar os ataques ao WTC estava em alta. Basicamente a segunda parte não passa de um plágio de outros vídeos e documentários de conspiração que falam sobre os ataques de 11 de setembro.

Terceira Parte: Don't Mind The Men Behind The Curtain (Não se importe com os homens por trás do armário da cortina)Editar

A terceira parte é a mais genérica de todas. Fala sobre a economia, a exploração e assuntos semelhantes que são melhor representados pelos filmes do Charles Chaplin. Basicamente não há muito o que dizer sobre isso, apenas que foi colocado para encher linguiça.

RecepçãoEditar

O documentário foi rejeitado pelo restante da população, inclusive ateus. Porém foi muito elogiado por comunistas, posers, gurias retardadas e demais idiotas úteis. De modo que o autor dessa joça conseguiu retirar algum dinheiro de seus telespectadores, de modo que permitisse que ele criasse um site, atualmente ele vive de doações e dízimos de fieis zeitgeisteiros(que nem o Edir Macedo).

Críticas da primeira parteEditar

Como era de se esperar, o filme feito por adolescentes nerds, gordos e suados jogando Counter-Strike dentro de uma Lan House recebeu várias críticas, principalmente por parte de adolescentes nerds, gordos e suados jogando Counter-Strike dentro de uma Lan House cristãos, que ficaram horas xingando muito no Twitter respondendo cada parte do documentário, os fãs do documentário responderam aumentando ainda mais essa briga, resultando em um site chamado Zeitgeist(ou seja, deu no que deu).

CuriosidadesEditar

  • O autor do filme se chama Peter Joseph(ou seja, alguém com dois nomes biblicos);
  • Além do primeiro filme, foi lançado também uma continuação, onde o autor retira o que disse sobre a segunda e a terceira parte;
  • O filme foi lançado no Google Video e no Torrent para encorajar o alcance mundial destes filmes mas não deu em nada;


Ver tambémEditar