Éder Luiz

Rede Record.jpg Este artigo é propriedade de Edir Macedo, assim como a RecordTV e a Universal, e ele fará de tudo para que você seja roubado pague o dízimo!

Igreja universal.jpg
Conheça seus outros planos de dominação mundial clicando aqui.
Éder Luiz imitando Fred Krueger

Cquote1.svg Queee categoriaaa!!! Cquote2.svg
Éder Luiz sobre qualquer gol

Cquote1.png Experimente também: Bomba Patch Cquote2.png
Sugestão do Google para Éder Luiz
Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: Silvio Luiz Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Éder Luiz
Cquote1.svg Olha aí o grandalhão Píter Curauchi Cquote2.svg
Éder Luiz sobre o inglês Peter Crouch
Cquote1.svg Duracell, a pilha que dura, dura dura, dura (10x) até 8 vezes mais que as pilhas comuns Cquote2.svg
Éder Luiz em uma de suas centenas de merchans na Rádio Transamérica
Cquote1.svg UUUAAAAAUUUU!!! Cquote2.svg
Uma das únicas sonoplastias da Rádio Transamérica
Cquote1.svg Nãããããããããããããm Cquote2.svg
Narrando um gol
Cquote1.svg Não se enrole com outros fios. Fio é Sil!!! Cquote2.svg
Milton Neves não é o único chato que diz isso
Cquote1.svg Olha aí o Showman, Ronaldinho Gaúcho Cquote2.svg
Note, que ao jogar o Winning Eleven com o dentuço no seu time essa frase é repetida 50 vezes
Cquote1.svg Olha aí o Príncipe Kaká! Cquote2.svg
Essa frase também é repetida 50 vezes tendo o Kaká no seu time
Cquote1.svg Tá aí Carlitos Tevez, comemora, e como comemora... essa estrela que também vai brilhar na Eurocopa Cquote2.svg
(Manchester x Chelsea, final da Champions League) Eu não sabia que a Argentina disputava a Eurocopa
Cquote1.svg Partiu Lampard, lá vai ele, bateu, PRA FOOOORAAAA! GOOOOOOOOOOOOOOLLL Cquote2.svg
Em um de seus momentos épicos da final da Champions League de 2008
Cquote1.svg E a zaga entrega a rapadura! Cquote2.svg
Éder Luiz narrando Winning Eleven. O que tem a ver rapadura com futebol?
Cquote1.svg Se ele fizesse esse gol daí, todo mundo tinha que pagar ingresso de novo Cquote2.svg
Mais uma frase chata de Winning Eleven
Cquote1.svg E o placar está assim Cquote2.svg
Todo jogo no Winning Eleven quando está no intervalo
Cquote1.svg Samuel! Cquote2.svg
Éder Luiz sobre toda vez que o Marinho toca na bola na versão Brazukas do Winning Eleven
Cquote1.svg O apito final está próximo Cquote2.svg
Éder Luiz sobre fim de jogo
Cquote1.svg Eles ainda tentam reagir Cquote2.svg
Éder Luiz sobre jogo estar 78x0

HistóriaEditar

 
Éder Luiz na Rádio Transamérica

Éder Krueger Ferreira Neto Galvão do Valle Luiz, ou só Éder Luiz, nasceu em Julho de 1923, em Santa Cruz da Padroeira do Rio Escuro. É filho bastardo de Robert Englund com Hebe Camargo.

Aos 13 anos entrou no rádio como faxineiro e "pau-pra-toda-obra". Aos 14 anos encheu os ouvidos de merda das pessoas pela primeira vez narrando um jogo amador da região. Aos 17 anos foi trabalhar nas várias rádios de Marília.

Logo depois entristeceu-se com o futebol e seguiu outro rumo. Fez os filmes "A Hora do Pesadelo", "A Hora do Pesadelo 2: A Vingança de Éder", "A Hora do Pesadelo 3: Guerreiros dos Sonhos", "A Hora do Pesadelo 4:Mestre dos Sonhos", "A Hora do Pesadelo 5: O Maior Horror de Éder", "Pesadelo Final: A morte de Freddy". E, ainda pensando no sucesso fez mais filmes: "O Novo Pesadelo: O Retorno de Éder Krueger" e o último e mais idiota de todos: "Éder vs O jogador de Hóquei", mais conhecido no Brasil como: "Freddy vs Jason".

 
A dupla mais chata dos jogos de futebol do Playstation, Éder e Neto

Ufa! Que filmografia! Mas daí, Éder voltou a ser locutor na capital paulista na Rádio Bandeirantes e em seguida na TV Band.

Mas como o cachê era uma Porca Miséria, Freddy, digo Éder, decidiu ficar na Rádio Transamérica Pop de São Paulo e na Rede Record.

Éder Luiz também participou de vários jogos da série Winning Eleven, como narrador puxando o tapete de Galvão Bueno, juntamente com Neto onde se imortalizou pelos bordões mais chatos dos Videogames.

 
Éder Luiz fazendo ponta em filme norte-americano

Bordão mais famoso de Éder no cinema:Editar

  Um dois, Freddy vem te pegar,
Três, quatro, é melhor a porta do quarto trancar!
Cinco, Seis, Agarre seu crucifixo,
Sete, oito, Fique acordado até tarde!
Nove, dez, não durma nunca mais
 
Essa adorável canção que não deixava seu filho dormir à noite, foi imortalizada pelo narrador Éder Luiz.

Éder Luiz ainda é casado com Neto (cara imbecil que concorda em número e grau em tudo que Éder Luiz fala) e sua filha é Mille Nacomby Lacombe. Também é irmão de Galvão Bueno, Luciano do Valle e primo de Renata Love Fan.


v d e h
Grande série dos locutores e narradores esportivos

André HenningAlex EscobarÁlvaro JoséCléber MachadoDandanÉder LuizEveraldo MarquesGalvão BuenoGuerrinhaGustavo VillaniIvan ZimmermannJáder RochaJanuário de OliveiraJoão GuilhermeJon KabiraJorge IggorJosé Luiz DatenaJosé SilvérioJota JúniorKeita KakumaKenny BragaLuciano do ValleLuis Felipe FreitasLuiz Carlos FabriniLuiz Carlos JúniorLuís RobertoMarco de VargasMartin TylerMaurício TorresMilton LeiteNarrador do Formula One 06Narrador fanhoNivaldo PrietoOctávio NetoOliveira AndradeOscar UlissesOsmar SantosOswaldo MacielPaulo BonfáPaulo BritoPedro Ernesto DenardinPeter DruryPhil BonneyRoby PortoRogério CorrêaRogério VaughanRômulo MendonçaSérgio MaurícioSilvio LuizTéo JoséTiago LeifertUlisses Costa