Bambuí

Carroca1.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!


Cquote1.svg Esse ons tá escrito que vai pro Bambuí pr'eu achá que êl vai p'Tapiraí é porque êl tá querendo me enganá mas eu sei que êl vai é pro Bambuí mêmo! Cquote2.svg
desconfiança (silenciosa) do bambuiense esperando o "Alinão" na estrada a respeito do ônibus que se aproxima
Cquote1.svg Ser humano perfeito, não tem mesmo não Cquote2.svg
Racionais Mc's sobre Bambuí
Cquote1.svg Onde? Cquote2.svg
Coragem sobre sobre comentario acima.
Cquote1.svg ÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔ, coitaaaaadooo!!! Cquote2.svg
Filomena sobre o povo de Bambuí
Cquote1.svg Galoooooo!!! Cquote2.svg
Torcedor sobre Atletico Mineiro
Cquote1.svg Cidade Idiota Cquote2.svg
Eustácio sobre Bambuí
Cquote1.svg Cidade Trouxa Cquote2.svg
Harry Potter sobre Bambuí
Cquote1.svg Rua do comércio deveria se chamar "Rua das Zonas" Cquote2.svg
Eu sobre uma rua de Bambuí
Cquote1.svg Agora é hora de escalar... Cquote2.svg
Eu, no pé do morro "Tira Prosa"
Cquote1.svg Chega aí "De Menor"... Cquote2.svg
"Manos" chamando um integrante da "gangue"
Cquote1.svg Ainda dizem que eu só fiz coisa boa pra humanidade. Cquote2.svg
Deus sobre Bambuí
Cquote1.svg Vamos entrar na Mangueira??? Cquote2.svg
"Playboy" de Bambuí no centro da "cidade"
Cquote1.svg PA,PA,PA,PA,PA,PA,PA,PA,PA,PA,PA, PAAAAAA[FOGUETES]... Cquote2.svg
Chegada do produto no "Lava Pé"
Cquote1.svg Vamos tesouro, não se misture com essa gentalha! Cquote2.svg
Dona Florinda sobre Bambuienses
Cquote1.svg Já comi todas! Cquote2.svg
Chuck Norris sobre mulheres de Bambuí
Cquote1.svg Vagabundo! Vagabundo! (x42) Cquote2.svg
Prefeito mostrando seu amor por um cidadão.
Cquote1.svg Isso non ecziste Cquote2.svg
Padre Quevedo sobre Bambuí - MG
Cquote1.svg Existe sim, eu vi Cquote2.svg
Stevie Wonder sobre Bambuí - MG
Cquote1.svg Isso é uma vergonha !!! Cquote2.svg
Boris Casoy sobre Bambuí - MG
Cquote1.svg Sinto muito, mas aí já é fora da minha jurisdição. Cquote2.svg
Deus sobre Bambuí
Cquote1.svg Continua no próximo episódio. Cquote2.svg
Mapa-Múndi sobre Bambuí
Cquote1.svg o Tempo passa e o Bode fica Cquote2.svg
Portão de entrada do Estádio do Bambuí F.C. sobre BAmbuí F.C.
Cquote1.svg Fim de mundo a 1KM, Bambuí a 2KM Cquote2.svg
Sinalização de rodovia sobre Bambuí
Cquote1.svg Quem consegue morar num lugar tão escroto?! Cquote2.svg
habitante de Capitório sobre Bambuí
Cquote1.svg Cadê as gatinhas? Cquote2.svg
Estão estudando em Belo Horizonte sobre Bambuí
Cquote1.svg Depois que eu perdi minhas botas não consegui chegar lá. Cquote2.svg
Judas sobre Bambuí
Cquote1.svg Quem nasce em Bambuí é babuíno? Cquote2.svg
Carla Perez sobre Bambuí
Cquote1.svg For Fun não é uma bandinha emo! É uma bandinha playsson! Cquote2.svg
DuLe$k sobre For Fun
Cquote1.svg Ô Lugarzinho bom pra pegar mulher feia!! Cquote2.svg
Cefetianos sobre Bambuí
Cquote1.svg Eu me se viro!!!! Cquote2.svg
Pelota sobre Demonstrando Independência
Cquote1.svg A Volta dos que lá foram Cquote2.svg
Filme mais visto em Bambuí DEOSDE alguma coisa CONCORRE AO OSCAR ...vocês teram oportunidade de conferir esse grande marco histórico em 2009, mas tenham PACENÇA

Bambuí foi criada por um antigo traidor dos membros da inconfidência mineira, mas isso não tem importância nenhuma porque brasileiro tem memória curta mesmo.

O mais importante é que a cidade tem descendentes espalhados por todo o Brasil, principalmente em Bambuí. Em segundo lugar Belo Horizonte, e em terceiro lugar, não se sabe ao certo ainda.


PopulaçãoEditar

Bambuí é uma das cidades mais populosas e importantes do centro-oeste mineiro, sede da Região Metropolitana, que abriga Divinópolis, Formiga, Nova Serrana, Piumhi, Arcos, Luz, Bom Despacho, Lagoa da Prata e outras que não estou lembrando agora.

O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ADVERTE, MORAR EM BAMBUÍ CAUSA DANOS A NORMA CULTA DA LINGUAGEM BRASILEIRA!

 
Meio de transporte típico em Bambuí.

O único problema é que o IBGE nunca foi lá fazer um recenceamento,daí ninguém sabe ao certo quantos milhões de habitantes tem a região.

EconomiaEditar

7 5% da população se dedica à produção de etanol(Porém, 97,528% da produção é consumida na própria cidade..).Os outros 45% são funcionários públicos da Prefeitura ou do IFMG.

Expo-bi - exposição agropecuáriaEditar

É o principal evento artístico e cultural da cidade. Centenas de milhares de pessoas e andorinhas migram para o município em julho, para negociar gado. Nas horas vagas, porém, os expositores e expositoras aproveitam para beliscar petiscos, experimentar etanol e namorar. Eventualmente, viram a noite praticando esses passatempos. É possível também observar um burburinho à noite, em meio os estábulos, algo como gados desconfiados e pessoas com serragem em lugares insólitos e aparência de total satisfação. Tudo pelo evidente contentamento de se poder ter contato com criaturas tão "interessantes" em lugares tão escuros e de difícil observação.

Dizem que Ang Lee, ao criar O Segredo de Brokeback Montain, se inspirou numa história acontecida na Expo-bi, ha muitos anos atrás, quando dois amigos, Vacão e Vaqueiro se conheceram, passaram a noite num estábulo e depois foram para a Serra da Canastra catar gabirobas, e lá ficaram por um inverno inteiro.

 
Para não misturar os negócios agropecuários com os passatempos, muitos expositores só tomam um copo de cerveja na EXPO

DocumentárioEditar

Bambuí ficou famosa mundialmente em 2005 quando os canais de tv Discovery Channel, History Channel e Animal Planet foram à cidade investigar porque 86,50 % dos bambuienses nascem nos primeiros dez dias do mês de abril.

Os pesquisadores concluíram que esse fenômeno homossexual ocorre porque a concepção de todos esses rebentos se dá na época da EXPO-BI, no início de julho. Segundo essa teoria, expositores e expositoras ficariam propensos a copular nesse período, o que resultaria em muitas reproduções simultâneas em uma única semana. Essa característica peculiar do bucólico município desmente a teoria elaborada em Montes Claros que relaciona a época de maturação do pequi (aquela frutinha com cheiro estranho e que parece dois testículos amarelos dentro de um saco duro e verde) com o aumento da libido dos mineiros do interior, já que o Pequizeiro encontra-se extinto pelas bandas do Centro-oeste mineiro devido à implantação da monocultura de etanol, supracitada.

As pesquisas apontaram ainda que na década de 70, quando a maior parte dos habitantes da cidade era atleticana, nasciam cerca de 123 bebês no início de abril, todos os anos. Agora, como os torcedores do Cruzeiro se tornaram maioria, nascem em média 6,02x10^23 bebês nesse período. Com isso, surgiu um mito sobre a suposta relação entre preferências futebolísticas e preferências sexuais na cidade. Porém, tem-se percebido que a variação nos números de nascimentos nos primeiros 10 dias de abril não está ligada ao aumento dos números de cruzeirenses na cidade, mas sim na readaptação (ou evolução) apresentada pelas fêmeas dos bambuienses que, em um ambiente com poucos machos, desenvolvem o poder de autofecundação (afinal, é cientificamente comprovado que tanto atleticanos quanto cruzeirenses são humanos assexuados e anencéfalos).

Assim, ficou definido ontem que o programa caçadores de mitos irá à cidade em julho para desvendar se realmente esse é o motivo da queda da natalidade de crianças em Bambuí.

Festa do pretoEditar

Foi criada para celebrar as vésperas do nascimento de dezenas de crianças na cidade no mês de abril, fenômeno atribuído à reprodução em massa de pessoas que ocorre na EXPO-BI.