Campanário (Minas Gerais)

Campanário (Minas Gerais) é uma cidade-fantasma no vale do rio doce, em Minas Gerais. A cidade foi fundada por padres perdidos,que saíram de Itambacuri a procura de Governador Valadares ao se perderem desistiram e decidiram ficar por aqui mesmo.

Dia-a-diaEditar

 
Prefeito e vice-prefeito fazendo campanha nas ruas de Campanário.

Como não tem o que falar dessa cidade, a história dela é basicamente a emancipação de uma cidade que era pior ainda, só se pode falar do dia-a-dia de um nativo de cidade pequena.

Primeiramente, ele acorda as 5 da manhã para poder pegar o busão e ir estudar na cidade vizinha, a qual é economicamente dependente. Ele come um pão de queijo, pega o seu uniforme que não foi lavado e tá todo empoeirado pois não existe asfalto em Campanário e corre para o ponto de ônibus. A pessoa só volta de tarde para aproveitar a monotonia do resto do dia.

Bem, isso para quem ao menos estuda, já que o nível de desocupados da cidade só vem aumentando e a cidade ganhou o apelido de "capital do desemprego". De tarde, como não existe computador lá, as atividades se dividem entre pegar o balde em que todo mundo caga e jogar no mato e fazer o jantar.

No tempo livre dessas atividades, dá para jogar futebol de rua com as mesmas pessoas de sempre e se ocupar com isso até o fim da tarde. É isso ou assistir os clássicos da sessão da tarde, perfeitos para uma cidade de pessoas milionarias como Campanário. Por fim, para a janta o sujeito passa na prefeitura para comprar um pãozinho e pegar umas gatinhas.

Estranha essa última colocação não? É porque a prefeitura fica na no Motel do Puquinha. Pois a Prefeitura é Motel, Padaria e Self Service.

GeografiaEditar

A cidade se localiza a 20 graus de latitude de lugar nenhum e a 400 graus de longitude de Porra Nenhuma. Não a cidade não é o fim do mundo, é só uma província/depósito de lixo de Minas Gerais. Até hoje os habitantes da cidade não sabem ao certo se o atual prefeito vendeu a cidade por duas Bananas e um picolé de uva.

A população total é de 1 milhão de pessoas,a miss Brasil, Silvio Santos e outros tem residências em Campanário. Há uma montanha invisível no meio da cidade. É a maior montanha imaginária do mundo sabia?

Falando nisso, ontem mesmo a cidade se declarou capital da maior montanha invisível do mundo. É óbvio que poderia ter dado boas risadas se alguém ligasse para as notícias que saem de lá.

Ver tambémEditar