Diego Souza


Cquote1.svg Você quis dizer: Diego Showza Cquote2.svg
Google sobre Diego Souza

Cquote1.svg Você quis dizer: Diego Sono Cquote2.svg
Google sobre Diego Souza

Cquote1.svg Você quis dizer: Cauã Reymond Cquote2.svg
Google sobre Diego Souza

Cquote1.svg Você quis dizer: Rebaixado Cquote2.svg
Google sobre Diego Souza

Diego Souza (Contagem, 17 de junho de 1975) era um jogador de Rugby, um esporte mais conhecido como agarra-agarra. Diego cansado de tanto agarrar machos, decidiu jogar um esporte menos macho, que não quebre as unhas da sua mão, então ele entrou para o mundo do futebol.

HistóriaEditar

Diego teve uma infância difícil, jogava bola com pedaços de cascalho que a prefeitura jogava na rua. Campeão do campeonato de handebol da cidade de juatuba, foi visto pelo empresário

Shelkro Desviellys, conhecido por desviar verbas de contratos de talentos na construção civil. Trabalhando como servente na casa do empresário ele lançava telhas há 10 metros de altura, quando Shelkro viu seu talento, logo o levou para a Velha Zelândia para jogar no All Pinks time que chefiava. Lá ele conheceu Brian Habana onde tiveram um lindo romance que gerou um filho, adotado é claro chamado Lazaro Ramos.

Mudança de HábitoEditar

Afim de voltar ao Brasil depois do fim do seu relacionamento com Habana, Diego Souza aceitou uma proposta do palmeiras para voltar ao Esporte Brasileiro. Lá fez um gol de "cubridinha" no Atlético Mineiro em 2009, redendo o prêmio de melhor futebolista Homossexual do campeonato.

Gostando da paulada que tomou de Diego, o Atlético Mineiro o contratou para fazer aquilo que ele mas soube no palmeiras: Fuder, Desclassificar e Humilhar o Atlético.

Diego Souza & ObinaEditar

No departamento médico do Atletico, Diego e seu Amigo Obina durante a fisioterapia prostática tiveram a ideia de criarem uma dupla chamada Diego Souza & Obina. Já que não jogam quase nunca, os dois passam mais tempo cantando que jogando, tendo seu ultimo sucesso chamado "gays don't cry" cantado no festival SWU.

Times em que jogouEditar

  • Juatuba Rendibou, Time em que foi campeão e perdeu o cabaço.
  • All Pinks Time que ele jogou mais que no Atletico Mineiro: 1 partida!
  • Fluminense, onde começou como futebolista, e ainda era um zagueiro.
  • Benfica, sua primeira o-p-or-tunidade na Europa, agora como um esquenta-banco
  • Flamengo, onde voltou a ser zagueiro
  • Grêmio, onde virou um meia, e conseguiu o grande título: Vice da Libertadores, pra quem, pra quem?
  • Palmeiras, onde conseguiu o segundo grande título: ficar fora da Libertadores, apesar de parecer forte e ter aberto uma gordura na competição.
  • Atlético Mineiro, onde ele passou por um bom tempo, mas ainda não estreou.
  • Vasco, chegou pra liderar a caravela rumo a mais um rebaixamento ao título brasileiro, embora ainda não tenha estreado pelo Atlético.
  • Cruzeiro Jogou algumas partidas no clube que, segundo ele, foi onde mais se identificou. Embora tenha entrado em campo e jogado mais de 10 partidas ainda não havia estreado. O jogador mostrou interesse de encerrar sua carreira no guarani de campinas.
  • Metalist, Clube ucraniano formados por metalúrgicos
  • Sport, O Leão da Ilha é tão carente de jogadores bons de verdade, que até Diego Souza foi ídolo lá. Chegou até a ir pra Seleção
  • São Paulo, querendo voltar pra seleção, ele foi pro clube paulista pra ser o camisa 9 fazedor de gols, com certeza vai fazer gol pra caralho dependendo dos cruzamentos pra anão do Edimar e do Éder Militão.