Doni (futebolista)

(Redirecionado de Doni (jogador))
Futebolista chaves22.JPG Este artigo é sobre um futebolista

Ele é caneleiro, vive levando cacetadas e é melhor que o Eto'o!
Se você torce pra esse perna de pau analfabeto, o problema é seu.

Veja outros futebolistas aqui.

Pele33.jpg
Doni mostrando o tamanho do frango que ele levou.

Cquote1.svg Você quis dizer: Frangueiro Cquote2.svg
Google sobre Doni (futebolista)
Cquote1.svg Você é moleque, MO-LE-QUE!Pede pra sair, 012, pede pra sair, seu fanfarrão! Cquote2.svg
Capitão Nascimento, mandando Doni se retirar da seleção.
Cquote1.svg Meu Rival! Cquote2.svg
Júlio César, Sobre Doni e os grandes confrontos que eles têm na Itália.
Cquote1.svg Ele só me supera nisso... Cquote2.svg
Rogério Ceni sobre se adiantar nas cobranças de pênaltis
Cquote1.svg Eu já fiz gol nele... Cquote2.svg
Rafael Moura, Clodoaldo e Abuda sobre Doni
Cquote1.svg Mal cheguei no elenco, e ele já me abafou. Cquote2.svg
Cicinho e Giuly sobre Doni
Cquote1.svg Você traiu o movimento do reflexo e do bom posicionamento, véio! Cquote2.svg
Dado Dolabella sobre Doni
Cquote1.svg Ele é um grande goleiro e merece a titularidade da seleção brasileira. Cquote2.svg
Dunga, demosntrando seus conhecimentos de futebol
Cquote1.svg Na União Soviética, o Doni chama de frangueiro VOCÊ!!! Cquote2.svg
Reversal Russa sobre Doni
Cquote1.svg Nesse goleiro eu marco sem jogar. Cquote2.svg
Henry sobre Doni
Cquote1.svg Uma vez ele foi bater um tiro de meta e fez um gol contra. Cquote2.svg
Fabio Luciano sobre Doni
Cquote1.svg O melhor goleiro que eu já vi jogar!!. Cquote2.svg
Stevie Wonder sobre Doni

Donirando Frangoso Adiantoleidson da Silva é um ex-goleiro brasileiro nascido em Itapipoca do Norte, no Acre.

Doni já mostrou a incrível habilidade de pegar pênis penâltis antes que os batedores partissem ou o juiz apitasse, se adiantando de maneira inédita na história do futebol, superando a marca de Rogério Huck Luciano Ceni.

Botafogo de Ribeirão PretoEditar

Doni começou sua carreira no Botafogo de Ribeirão Preto, ele era o 3° goleiro reserva do reserva, mas devido a uma epidemia de hepatite que houve em Ribeirão Preto na época, Doni foi convocado a jogar o Paulistão de 2001.

Com o baixo nível do futebol brasileiro e com muitas cagadas, o Botafogo chegou na final daquele campeonato, com uns tais de Luciano Ratinho e Leandro (Posteriormente a Fifa reconheceria esse feito como um dos maiores da história do Futebol).

Na final, o Botafogo perdeu de 3x0 do Corinthians, e o então técnico da equipe da capital, Vanderlei Luxemburgo, contratou Doni para o gol do time do parque São Jorge.

Sport Club Corinthians PaulistaEditar

Em 2002, Doni era o reserva de Dida, ninguém o conhecia, mas ele fez uma macumba para Dida, que recebeu uma proposta milhinaria da Europa e não pensou duas vezes em largar o falido time paulista e ir para o Milan, então o técnico do Corinthians na época, o sr. Pai do Quico, deu uma chance para Doni, que se mostrou um goleiro fraco, estabanado e sem poder de reação.

Em 2003 o Corinthians procurou desesperadamente um goleiro para disputar a Libertadores, mas como ninguém quis aceitar jogar lá, Doni foi o titular naquela campanha medíocre de resulatdo previsível, dado que o Doni estava no gol...

Seu maior feito no Clube foi uma voadora que desferiu em Fabiano, do Santos, em um clássico que acabou em briga. (Depois da voadora ele apanhou até dos gandulas).

Clube de Regatas SantosEditar

Ciente da cagada que fez, o Corinthians trocou Doni por Fábio Costa, e segundo Marcelo Teixeira, presidente do Santos, foi a maior cagada da sua vida foi a maior cagada do futebol brasileiro, então Doni jogou mais uma Libertadores, e o fato do Santos ter perdido para o "poderoso" Once Caldas explica a bosta que o time ficou com ele no gol (porra, os caras do Santos não viram a camapanha do Corinthians na Libertadores em 2003???). Doni foi banido do clube após derrota por 4 x 0 para o São Caetano pelo campeonato paulista e até hoje está proibido de visitar a cidade de Santos.

Clube Atlético CruzeiroEditar

Ainda naquele ano, Doni foi despachado para o Cruzeiro, e foi reserva do Fábio por 2 meses.

Nem o poderoso Google tem registro do Doni nesse time.

Juventude Futebol ClubeEditar

Cansado de ser reserva nos times grandes, em 2005, Doni agora foi despachado para o Sul, para tentar a chance num time menor, o Juventude de Caxias do Sul.

Lá ele conseguiu defender uns 4 chutes em 40 jogos contra os poderosos Caxias, Guarani de Bagé, Interegional, Glória de Vacaria entre outros grandes clubes do sul.

Então os empresários da Roma, da Itália, que passavam férias no Sul, tomaram muito chimarrão com maconha e decidiram levar Doni para o time italiano.

Até hoje Doni diz que não subornou os empresários. (Quem fez isso foi a torcida do Juventude, que quase caiu para a segunda divisão do campeonato Gaúcho.)

A.S. RomaEditar

Em 2006, Doni mudou. Ele continuava tomando frangos como sempre, mas reclamava muito dando a impressão de que podia ser bom, e como agora ele não tomava mais gols de times medíocres como a AA de Ribeirão Preto, e sim de Schevchenko e outro astros que jogavam na Itália.

Ele começou a achar que era bom, e como o técnico, jogador e presidente da Roma, Francesco Totti estava com seu Cone lesionado, decidiu deixar Doni ali, pela falta de outro cone melhor.

Em 2010 Doni subistituiu Julio Sérgio numa partida contra o Milan e catou para caralho e deixou de ser frangueiro.

LiverpoolEditar

Só mesmo os fracassados de Beatleland pra dar um chance pra esse projeto de jogador. Quando chegou no time ele ia ser o reserva do Pepe Reina, aí tudo tranquilo, tudo legal, mais aí o serra pelada sai do clube e Doni é obrigado a substituí-lo. Cagando-se de medo de ser vítima dos hooligans como foi seu ex-companheiro de seleção e perronhice HUErelho Gomes, Doni começou a inventar uns problemas de coração, um sopro aqui, um infarto ali, enfim, aquela velha conversa que a gente dá pro patrão pra conseguir uma licença. Mas como inglês é um povo muito besta os diretores dos Reds acreditaram na lábio do vigarista e o deixaram ficar no DP do clube por dois fucking anos sem fazer porra nenhuma.

Em 2013 foi trocado por dois litros de caipirinha para o Botafogo-SP, clube que o revelou. Lá ele anunciou sua aposentadoria, embora ele nunca realmente tenha jogado para começar.

Seleção (?) BrasileiraEditar

 
Doni velozmente alcançando a bola com os olhos.

Como Ricardo Teixeira recebe dinheiro de jogadores de futebol para obrigar o técnico a convocá-los (isso explica como Josué, Anderson Polga e outros bizarros do futebol já jogaram na Seleção da nike) decidiu dar uma oportunidade a Doni, não por jogar na Roma, e sim por dar mais dinheiro do que qualquer outro goleiro para jogar a Copa América 2007.

Como Dunga não tem moral nenhuma como técnico, Doni jogou e logo na sua primeira partida, contra o México, já mostrou sua principal característca, as cagadas, ele foi como um gatinho no primeiro gol Mexicano e esqueceu de se mexer em um gol de falta, na vitória de 2x0 para o time dos tomadores de tequila.

O Brasil inteiro queria que Doni fosse para reserva, mas antes de iniciar seu Winning Eleven, Dunga esqueceu na segunda partida de trocar Doni por Hélton na hora da escalação (conhecida pelos nerds como "hora de mexer"), então ele pensou "Ah, vai assim mesmo, azar!"

E no jogo contra o Chile, o lateral esquerdo, direito, zagueiro, volante, meia, atacante e craque daquele time Robinho jogou muito, a bola não chegou em Doni, dando a impressão de que ele jogou bem.

Já nos jogos seguintes, contra Equador e Chile, de novo, também foram babas, então Doni continou no gol, ou pelo menos era pra estar lá, já que sempre ficava adiantado.

Na primeira decisão, contra o Uruguai, Doni confundiu a cabeça do zagueiro Juan com a bola e a socou, o que causou o primeiro gol uruguaio naquele jogo. E no segundo gol uruguaio a bola bateu na cabeça dele antes de entrar, mostrando que além de ser frangueiro é um puta pé frio do caralho.

Nos pênaltis, Doni pegou dois pênaltis, sendo que nos dois ele chegou na bola antes do batedor sair do meio-do-campo para ir cobrar, o juiz nada viu.

Já na final, contra a Argentina, todo mundo sabia que ele ia fazer merda, mas como sempre os argentinos pipoqueiros azarados não chutaram uma bola ao gol, o Brasil fez um dos maiores feitos da histórias do futebol: ser campeão com Doni no Gol.

TítulosEditar

  • Copa do Brasil de 2002 (Reserva)
  • Rio-São Paulo de 2002 (Reserva)
  • Campeonato Paulista de 2003 (Titular, e o Corinthians bateu o recorde de ter sido campeão Paulista com a pior média de gols tomados na história, tomou 25 gols em 3 jogos na competição.)
  • Campeonato Brasileiro de 2004 (Era reserva de Júlio Sérgio, um goleiro de 1,40 e ainda foi dispensado no meio da competição.)
  • Copa América 2007 (Onde Doni inventou um novo esporte na hora dos pênaltis, Adiantada Assimétrica.)
  • Campeonato Italiano (Reserva again do Júlio Sérgio.)

Rivalidade com Júlio CésarEditar

Por incrível que pareça, Júlio César, goleiro na Inter de Milão e um dos melhores goleiros do universo, desenvolveu uma rivalidade com Doni, o que causou a divisão da Itália entre Milão e Roma, Sendo Júlio César Imperador da Ala Azul e Doniéber da Ala Rosa! [?] A Geografia da Itália nunca mais foi a mesma:

Fatos sobre DoniEditar

  1. Dizem que no primeiro pênalti que Doni defendeu na carreira, a bola percorreu apenas três centímetros até se chocar com o seu peito.
  2. Doni não se adianta, é a bola que se atrasa.
  3. Enquanto Robinho ainda pedala, Doni já se adiantou e comprou uma moto.
  4. Neste momento, Doni está treinando. Ele acaba de bater o recorde mundial. Percorreu os 5,50m entre a linha do gol e a linha da pequena área em 0,02 segundo.
  5. Dizem que Chuck Norris bateu um pênalti contra Doni. Foi abafado (o Doni).
  6. Jadel Gregório treina salto triplo. Doni, voo livre.
  7. Se Doni estivesse no gol do Brasil em 94, Baggio jamais chutaria aquele pênalti por cima. Doni abafaria.
  8. Doni tem duas sílabas. Mesmo assim, Galvão Bueno grita Doooooooooooooooooooooooniiiii em 42 segundos, 15 a mais do que RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRobinho (três sílabas) e 12 a mais que RRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRonaldiiiiiinho (quatro sílabas).
  9. Michael Schumacher, a bordo de uma Ferrari, perdeu um racha pra Doni, que estava a pé. É que havia uma bola na linha de chegada. Doni correu para abafar.
  10. A trave é uma extensão do braço de Doni.
  11. Doni não faz ponte. Ele tem uma empreiteira.
  12. No futebol, Falcão foi o rei de Roma. Doni quis se adiantar.
  13. Quando nasceu, Doni não chorou. Viu os seios da enfermeira, se adiantou, e os abafou. Os dois.
  14. Doni dá carrinho de peito.
  15. Ana Paula de Oliveira saiu na Playboy de julho. Doni já tinha visto as fotos desde janeiro.
  16. Taffarel defendia pênaltis se adiantando alguns metros. Doni mede seus passos em milhas náuticas.
  17. Riquelme é bom batedor de pênaltis. Quando foi bater um contra Doni, tomou um carrinho de peito e quebrou o pé. A bola ficou com Doni.
  18. Doni já chegou na bola primeiro que o batedor

Fatos do empresário de DoniEditar

Para ter mais sucesso que o Doni, só mesmo seu empresário, que consegue manter ele sempre nos times com mais grana:

  1. O empresário de Doni dá curso de como ganhar dinheiro para judeus
  2. O empresário de Doni vendeu uma cópia do Ubuntu Linux para Bill Gates
  3. O empresário de Doni vendeu um picolé para um urso polar
  4. O empresário de Doni vendeu uma vaga no céu para Edir Macedo
  5. O empresário de Doni vendeu uma ilha que so aparece de dia. Por que de noite ela está submersa

Ver tambémEditar