Entidade

Maezena.jpg Zé Pilintra aprova Entidade. Saravá meu pai ê-ê!

Este artigo é piada de macumbeiro.

Nota: Procure uma benzedeira e em uma semana traga seu amor de volta!

Entidade está agora sendo desvendada, tudo por apenas um motivo: A Desciclopédia existe!!! Portanto agora você finalmente poderá entender o que é essa porra de entidade. Sempre se houve falar, mas mesmo quem diz viver cercado (a) das tais entidades não explica do que se trata, apenas faz ar de mãe ou pai de santo e enrola, mas não fica nada às claras, nem as escuras, oras, ás escuras ainda poderia-se apalpar, mas nem isso é possível.

Vamos pensar um poucoEditar

Pensemos em identidade, também conhecido com RG, que serve para identificar um filho da mãe qualquer. Na palavrinha identidade, o prefixo iden deve ser de identificação, se não for também, foda-se, depois eu re-edito essa bagaça. Ficaria então o registro civil, que qualquer desgraçado tem, sendo para identificá-lo, mas como se chama identidade, deve ser identificar a entidade. Desta forma (uh nossa), dá-se a entender que uma pessoa é uma entidade, mesmo estando viva, mas quem disse por acaso que entidade é quem está morto, nada disso: Quem está morto é chamado de ente, que também deve ter haver com parente, mas calma, antes de você ler outro palavrão, eu desfaço essa bagunça.

Entidade descobrimos já que pode ser pessoa, mas claro que tem mais coisa aí, ou você acha que é relacionado à macumba, ocultismo, religião e outras coisa bizarras por quê? Claro que aí tem. O que a identidade faz é informar algo sobre como a pessoa é. as entidades portanto têm formas de se manifestar que são marcantes. Entidades não podem ser, ou ter haver com outros bichos que não sejam os humanos, você já ouviu dizer, se não for um ente surdo, que alguém viu a entidade porco, ou ameba? Não. Por isso só pode ter haver com pessoas mesmo.

Mas como essas coisas são invisíveis, ou apenas se manifestam através de pessoas vivas, que depois em geral nem sabem por que assim agiram? Muito simples: Se entidades são pessoas e elas são invisíveis, se manifestando através de quem é visível, esses troços não têm corpo, ou ao menos não em nossa dimensão, ou então os corpinhos esvoaçantes deles são tipo translúcidos. Se eles não têm corpo são pessoas mortas? Não, ou ao menos não necessariamente, porque essa história de fantasminha se manifestando é muito estranha, além disso as entidades ficam pedindo coisas e em geral quem está morto, pede no máximo comunicação com seus parentes e conhecidos, isso de são mesmo as pessoas que já morreram.

Concluindo antes que baixeEditar

 
Entidade do José Mojica Marins, ou alguém em que ele baixou.
 
Entidade segurando pra não cair... Se não entendeu, não vou explicar.

Eu apenas tentei concluir o que é entidade, mas sem a pretensão de que baixasse nada em mim, principalmente aquelas que dizem gostar de dar a bunda. Continuando: As entidades parecem ser desejos humanos muito fortes (não me refiro a apenas a dar), que se manifestam de alguma forma, porém não se pode garantir que sejam consciências próprias. Seria mais como se as vontades humanas perambulassem pela mãe Terra e, se um humano se propõe a pegar essa coisa ela se manifesta. Algo assim.

Então, entidade seria a energia dos humanos mesmo, que se concentra de alguma forma, mas como é muito concentrada, deixa o humano na qual baixou a entidade, meio sem controle, ou mesmo sem vontade própria... Claro que não é desculpa para quebrar a cara de alguém e dizer que foi culpa de uma entidade, mas claro que seria ótimo se isso livrasse de um B.O. por agressão ;)

Essa noia fodida energia também poderia vir de humanos que viveram há muito tempo e, foram tão fodões que acabaram por deixar a energia deles mesmos, sem que fosse somente a energia humana simplesmente, mas claro que isso, se acorreu foi há muito tempo, já que nos últimos séculos não surge muita coisa que valha tanto assim... Se referindo à entidades boas, claro, não apenas daquelas que fazem merda, daí são só desejos e vontades humanas aglomeradas mesmo, semelhantes à algo bem alegre, solto e uuuuiiii... Pois então... Ainda edito mais para explicar sobre entidade, mas acho que antes vou tirar essa do lombo.