Mudanças entre as edições de "Celso Portiolli"

4 bytes removidos ,  16h37min de 1 de março de 2014
sem sumário de edição
m (Adicionando "Apresentadores de televisão do Brasil" (usando HotCat))
Silvio observava que, por trás daquele rapazote excluído e pobre, havia um grande talento. Conversou com Celso, que contou sobre seu sonho. Silvio disse que o trataria como filho número 9 e daria emprego se ele mantesse em dia as 24 mensalidades do carnê de mercadorias do [[Baú da Felicidade]].
 
Celso então disse que não teria condições de pagar as taxas absurdas de Silvio, pois era pobre demais. Silvio, comovido com a história de Celso, resolveu então fazê-lo pagar as mensalidades por meio de serviços prestados no SBT, como limpar os estúdios do SBT, satisfazer os desejos sexuais de [[Gugu Liberato]] vestido de pintinho amarelinho. [[Imagem:Celsobj3.jpg|center|thumb|1000px|Na ordem: a obra ‘Celso’, afresco de 1536; Celso apresentando seu programa em 1952 e Celso, atualmenteem 2008.]]
 
[[Imagem:Cd celso.jpg|thumb|300px|right|Novo CD do Celso Portiolli, mais de 10 bilhões de cópias vendidas, corra para as lojas e garanta já o seu!]]
Enquanto a tiazinha voltava para seu lugar, Sílvio arremessava aviões de notas de cem reais no meio da galera, fazendo as tiazinhas se amontoarem feito galinhas no milho.
 
[[Silvio Santos]] contratou Celso para ser redator do programa. Daí para o comando do lendário Passa ou Repassa foi um saltito, substituindo nossa amiga loira pintuda [[Angélica]] (que nessa hora decidiu que era hora de parar de dançar com crianças e passou a cantar a abertura de Digimon).
 
==Passa ou Repassa==
25 178

edições