Guerra Mundial Z (filme)

Desinopselogo2.png

Este artigo faz parte do DesFilmes, a sua coletânea de filmes rejeitados.
Enquanto você lê, gente feia e peluda transa em uma pornochanchada

GeorgeHomero.jpg

Huuââ... CÉÉÉREBROOOS!!!

Este artigo se refere a mortos-vivos ou algum morto-vivo em particular.
E pode ser um resultado de um experimento da Umbrella Corporation.


Cquote1.svg Você quis dizer: O Resgate do Soldado Gerry? Cquote2.svg
Google sobre Guerra Mundial Z.
Cquote1.svg Um pimentinha cabeludo vai arranjar altas confusões em meio de zumbis do barulho. Cquote2.svg
Narrador da Sessão da Tarde sobre Guerra Mundial Z.
Cquote1.svg Mas, mas zumbis não correm! Isso está errado, irei processar o criador desse lixo! Cquote2.svg
Walker sobre Guerra Mundial Z.
Cquote1.svg Como eles escalam? Cquote2.svg
Qualquer um sobre zumbis bizarros de Guerra Mundial Z.
Cquote1.svg Tem uma família mexicana nesse filme, achei abusivo Cquote2.svg
Americano sobre Guerra Mundial Z.

Gerry aprecia a vista enquanto o mundo é destruído.

Guerra Mundial Z (ou World War Z, para muricanos e britânicos) foi um filme baseado no livro de Max Brooks, e ficou uma bela duma bosta, irritando os fãs idiotas do gênero de zumbi. Além de fugir de quase tudo do livro, o filme ainda conta com Brad Pitt para o mocinho. Quem raios convidaria o Brad Pitt para fazer um filme de terror? O diretor deste filme, que nem merece ter o nome listado. Agora parando com a rage sobre a péssima qualidade do enredo e da computação gráfica desse filme, vamos logo ao assunto.

EnredoEditar

Tudo começa em uma manhã feliz na casa dos Lanes, onde vivem Gerry Lane, um gostosão cabeludo e rico, sua esposa e suas duas filhas, cujo os nomes foram citados somente 0,5 vezes. Gerry trabalha pra ONU como sabe-se lá o que, e vê o noticiário com atenção pra ver se não está acontecendo nenhuma merda no mundo, enquanto suas filhas te enchem o saco perguntando o que é lei marcial, que nem mesmo ele sabe o que é. Quando ele sai de carro com sua família para ir pra sabe-se lá aonde, um trânsito infernal digno de Marginal Tietê na hora do rush aparece do nada em uma avenida, fazendo Gerry ir perguntar pro flanelinha presente na rua o que estava acontecendo, mas antes que pudesse chegar lá foi abordado por um policial feio que veio gritando até o carro e depois atingido por uma carreta descontrolada, provavelmente dirigida por Pedro e Bino. Depois disso tudo vira um caos com gente idiota correndo pra todo lado e Gerry fica puto e dá uma arrancada no seu Fiat Uno velho até que é atingido por outro carro e é obrigado a sair do seu carro (incrivelmente, sem nenhum machucado) e pegar uma van ignorada pelas milhões de pessoas desesperadas. No meio de tudo isso, Gerry vê alguns zumbi-macacos pulando e desafiando a gravidade para morder outros retardados, e em vez de correr, o idiota do Gerry fica contando quantos segundos que o infectado demora pra virar um zumbi, sendo que ele nem sabia o que estava se passando, no fim, deu 12 segundos e uma lasquinha.

Depois de ir de van até um lugar longe pra cacete, a gasolina acaba e a filhinha fica com ataque de asma (nem é clichê isso), então eles vão embora e aparecem magicamente em um mercado cheio de gente desesperada (Porra, de novo! Esse pessoal não se controla), pegam alguns suprimentos e saem correndo enquanto um mendigo toma cerveja em um beco que em alguns segundos estaria infestado de retardados mentais e zumbis estupradores. Os Lane conseguem abrigo em uma casa de uns mexicanos qualquer, e Gerry usa seu espanhol horrível para dialogar com o pai de família mexicano, e o pior é que ele entende e ainda responde em inglês. Depois de darem uma relaxada no cafofo cheio de tacos, os Lane acordam com zumbis já atacando o local, e são obrigados a fugir enquanto os mexicanos se fodem. Quando chegam ao topo do prédio, lá está o helicóptero da ONU, magicamente esperando os Lane entrarem, junto com o garotinho mexicano que deixou seus pais morrerem e nem ligou.

Quando chegam em segurança ao porta aviões americano no meio do pacífico, são maltratados e obrigados a comer pão com ovo e um copo de café velho em todas as refeições, já que o local não tem muitos suprimentos. Gerry é avisado pelo negão supervisor do porta aviões que o mundo tá fodido e os Zs anti-gravidade estão por toda a parte, e que ele vai ter que ajudar a parar essa bosta ou vão jogar ele e a família dele no meio do mato pra morrer com o Bear Grylls, então Gerry aceita a proposta de ir até a Coréia do Sul onde "supostamente" o surto começou (Olha a malandragem! No livro, o surto começa na China, mas os chineses ficaram putos e queriam ser os heróis do filme, mas ninguém gostou da proposta e deixaram eles de fora mesmo). Lá, ele chega e já é atacado por zumbis campers, e o médico nerd que podia ter a chance de salvar o mundo morre, nem mesmo de uma maneira descente, como ser mordido tentando salvar seus compatriotas, mas não! Ele morreu correndo igual uma marica, quando tropeçou e caiu no chão de aço do avião de guerra. Quando Gerry e seus colegas chegam numa casa mofada onde os únicos 5,5 sobreviventes do exército sul-coreano estavam com um preso desdentado, o filme nem explicou direito o que fazia ele lá, ele só disse que o governo coreano mandou desdentar a população pra ninguém morder ninguém (é a ideia de jerico mais brilhante que eu já vi) e que Israel sabia que esse surto tava rolando debaixo dos panos e construiu um muro em volta de Jerusalém.

 
Brooks ao ver sua obra ser transformada em um cocô.

Gerry foi lá imediatamente, mas não antes de ser fodido por sua própria esposa ligando pra ele enquanto voltava para o avião quietinho pra os zumbis não ouvirem, o que custou a vida de alguns moribundos. Chegando em Israel, Gerry fala com o presidente sobre como ele sabia das caralhas todas e ele disse que algum demente sul-coreano mandou um "socorroa os zubi tá atcanoa ajuda pls" no WhatsApp dele, então ele acreditou profundamente naquilo e fez um muro gigante em volta da capital em algumas semanas sem ninguém ver nada (porra Estados Unidos, cadê os binóculos?). Quando passavam nas bordas do muro, Gerry e o presidente viram uns judeus cantando e uns helicópteros rodando e chamando atenção, até que conseguiram mesmo, a gritaria tava tão alta que os zumbis fizeram o favor de fazer uma pirâmide nas vigas do muro e chegar do outro lado! É possível isso?! NÃO! Então, começou o desespero de novo! Mas como sempre, Gerry sai ileso, e ainda leva uma sargento israelita bonitinha com ele, deixando o presidente lá pra se foder.

Quando os dois chegam no aeroporto onde o avião em que Gerry veio deveria estar, e não estava! Então pegaram um avião aleatório que estava de saída e partiram. Quando a aeromoça ia soltar um barro, um zumbi escondido sai do banheiro e causa aquele desespero de sempre na parte de trás do avião, sendo a parte da frente totalmente ignorara, enquanto eles fazem uma barreira de malas pra ninguém passar, quando um jumento colocava a última mala, ela cai no chão e chama a atenção de todos os zumbis recém-transformados que fodem todo o avião, até que Gerry tem a ideia brilhante de jogar uma granada e explodir o avião, que cai todo despedaçado no chão, mas ainda assim Gerry e a israelita sobrevivem (PUTA QUE O PARIU) e percebem que estão no País de Gales, exatamente ao lado de uma filial da Organização Mundial de Saúde, onde Gerry é tratado por um treco que furou a barriga dele e a isralita pela sua mão que Gerry decepou por ter sido mordida. Depois de baterem um papinho com o pessoal, Gerry diz que viu uns doentes sendo ignorados pelos zumbi, e decidiu ir pro meio de uma área infectada do estabelecimento pra pegar uma doença qualquer e autoinfectar-se pra os zumbis não o verem. Enquanto isso, o negão expulsa a família Lane por Gerry não ter voltado e os manda prum refúgio zoado qualquer. Gerry tem sucesso na sua missão retardada e volta em segurança, avisando o mundo que os doentes não são atacados e iniciando um combate aos zumbis em massa, que provavelmente deu 7x1 pros humanos, enquanto ele voltava com a israelita pra o refúgio onde sua família e o garoto mexicano estavam, tudo acabando maravilhosamente bem...

CríticasEditar

Mesmo pelo fato do filme carecer de um enredo com criatividade, foi bem recebido pelos críticos por aí, vendo que no dia da estréia eles estavam altamente embriagados, ou estavam sobre o efeito de um boa noite cinderela do diretor do filme quando foram assistir a pré-estréia, parece uma boa teoria da conspiração. Não acham? Não né... Também outro motivo do filme ser tão ruim é porque os criadores estavam querendo que os zumbis quebraçem o cabaço(num sentido mais cinematográfico, ou não).

A propósito. O cineasta Diny e sei lá mais o que, queria fazer o Guerra Z 2, o que ficou uma porcaria, então ele resolveu investir em Mortal Day Zumbie 7.
v d e h
Guerra Mundial Z (filme) quer dizer GUERRA!!!
Batalha de Waterballoon | Grande Guerra Israel-Japão | , , , 3ª + 0,5, , , , , e Guerras Mundiais | Guerras Black-Folk Metal | N-ésima Guerra Mundial | Zerésima Guerra Mundial | Guerra Fria | Guerra Quente | Guerra da Cisplatina | Guerra Bolivo-Brazuca | Guerra de Canudos | Guerra de Canutos | Guerra da Wikipédia | Guerra do Facebook | Guerra do Futebol | Guerra da Cereja | Guerra dos Cem Anos | Guerra dos emos à Desciclopédia | Guerra Mineiro-Fluminense | Guerra do Norte Paranaense | Guerra do Pão-de-Queijo | Guerras Clônicas | Guerras Genpei | Guerra de Travesseiros | Guerra Japão - Irã | Guerra das Malvinas | Guerra dos Seis Dias | Guerra de Troia | e Guerras Cartoonísticas | , e Guerras Gamísticas | Grande Guerra Suwa | Guerra do Pacífico | Guerra Tucano-Petista | Guerra do Balde | Guerra de Pneus | Guerra dos Inscritos | Guerra intergaláctica | Guerra dos Farrapos | Guerra do Paraguai | Guerra dos Imundos | Primeira Guerra Mesozóica | Guerra nas Estrelas | Guerra dos Emboabas | Guerra dos Mascates | Guerra de Bolas de Neve | Guerra de Póing | Guerra do Golfo | Guerra do Ópio | Guerra do Infinito | Guerra dos Trinta Anos | Guerra de Hogwarts | O Grande Crash dos Videogames | Segunda Guerra da Cereja | Guerra do Vietnã | Guerra de comida | Guerra dos Cogumelos | Quarta Grande Guerra Ninja (Naruto) | Guerra Oz-País das Maravilhas | Guerra do Iraque | Guerra da Crimeia | Guerra Mundial Z | Guerra Coxinhas-Mortadelas

Guerras Civis: Guerra de Secessão nos EUA e sua continuação | Roma | Inglaterra | Iugoslávia | Rússia | Espanha | China | Grécia