Itatiaia

O brasão da cidade
O motor da economia Itatiense
Seja bem-vindo ao Parque de Itatiaia

Cquote1.svg Povoadinho de merda! Cquote2.svg
Dercy Gonçalves sobre Itatiaia
Cquote1.svg Isto non ecziste! Cquote2.svg
Padre Quevedo sobre Itatiaia
Cquote1.svg É perto de Feira de Santana Cquote2.svg
Bira sobre Itatiaia

Itatiaia uma cidade fluminense criada pelos astecas, tomada pelos babilônicos.

Os babilônicos foram expulsos pelos argentinos (eita racinha chata até aqui eles estiveram) que foram mortos pelos tupis, mas deixemos as épocas pré-cabralinas, era um distrito de Resende que foi fundada por um argentino (alguns resendenses diziam que era americano, mas é birra mesmo) uma cidade imensa, que curiosamente todos seus habitantes tem um certo grau de parentesco. É em Itatiaia que se localiza o Parque Nacional de Itatiaia onde moram Zé Colmeia e Catatau Tem um intenso centro comercial onde se vende desde bois até panelas de barro, a internet ainda é uma tecnologia desconhecida e o correio ou vem por malotes aéreos ou via mamutes (via terrestre). A única forma de saber a hora é o ouvir o sino do Campanário da Igreja Matriz.

AdministraçãoEditar

É governada por um demônio universal ao quadrado, para os íntimos Dudu, ladrão prefeito adepto do modo "Rouba, mas faz" de governar (na prática, só rouba e não faz porra nenhuma).

EconomiaEditar

A economia itatiaiense baseia-se numa da mais produtivas formas de plantio, usando bois para arar as terras, pois os bois aproveitam e fornecem excelente adubo orgânico.

TurismoEditar

Itatiaia recebe turistas vindos até da Europa, mas a maioria são resendenses que dizem ser paulistas para não serem zuados por sua cidade não ter nada de interessante. Aliás as pessoas visitam Itatiaia e saem dizendo como são lindas as belezas naturais de Resende.