La Toba

La Toba é uma cidade espanhola, famosa pelas suas restritivas leis anti-peido e anti-cuspe. Isso mesmo, naquelas bandas, peidar e/ou cuspir em público é um crime grave, que garante ao porcalhão alguns bons anos na cadeia.

No caso da flatulência, se no momento do crime algum cidadão de bem for pêgo desprevenido, com a boca aberta, o peidorreiro é condenado à execução sumária na câmara de gás, para ele provar do próprio remédio.

PopulaçãoEditar

 
Produto mais vendido nas farmácias de La Toba, após a aprovação das leis.

Antes da criação dessas rígidas leis, La Toba era uma cidade bastante movimentada. Sempre tinha gente entrando e saindo de La Toba. De noite, o entra e sai era tão grande, que o prefeito foi obrigado à colocar uma placa na entrada da cidade, que dizia: Na minha La Toba ninguém entra!. Porém, as pessoas ignoraram esse aviso, e continuaram com seus movimentos sistemáticos, em especial o Rambo, que considera essa pacata cidade sua área de lazer.

Porém, após a criação dessas leis, a história mudou de figura. Todos os machos de La Toba abandonaram a cidade, afinal, qual é a graça de ir passear na praça se não puder dar aquela catarrada pegajosa e amarela nas plantas, ou então, levantar a perna para soltar aquele peidão matador de pombas?

Após a debandada geral, sobraram apenas pouco mais de 100 pessoas na cidade. Acredita-se que eles sejam gays, ou então, professores de etiqueta (apesar de ser tudo a mesma coisa).

Para não dizerem que estamos sendo parciais, defendendo os peidorreiros, vamos dizer que também existe um lado bom nessa lei. Pelo menos, os moradores de lá não vão mais precisar ficar aguentando aquelas "bombas tóxicas" disparadas pelas vizinhas gordas que ficam o dia todo fofocando na frente de suas casas

FiscalizaçãoEditar

Para garantir que as leis sejam cumpridas à risca, e que nenhum malandro solte aquela bufa cheiroumatou ao ar livre, o prefeito de La Toba transformou os antes inúteis guardinhas de trânsito em fiscais de boas maneiras.

Esses bravos homens, que antes apenas acompanhavam o pacato movimento das carroças da cidade, agora se dividem em dois grupos: O primeiro passa o dia inteiro apenas cheirando bundas alheias, e indo em casa de hora em hora para colocar Rinosoro no nariz. O segundo, tem como função ficar com uma lupa, conferindo se ninguém deu aquela catarrada amarela na calçada.

ClimaEditar

Após a aprovação da lei, o ar de La Toba passou a ser considerado um dos melhores do mundo. Todos os cidadãos de lá podem sair de casa livres, leves e soltos, sem ficar se preocupando com os gordinhos que empesteam o ar com suas bufas que soam como betoneiras.