Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA EX-GOSTOSA!!

Se você acha que ela está enrugada, gorda ou morta e enterrada, é porque o Tempo, o grande comedor, também traçou esta. Respeite os veteranos e não vandalize este artigo! Gerações passadas já homenagearam na intimidade do banheiro esta

EX-GOSTOSA

Marianne detalhe.jpg
A própria fazendo os punheteiros à votarem nela propaganda eleitoral na Itália.

Cicciolina (nome artístico de Ilona Staller) foi uma atriz pornô iugoslava que o seu pai ou seu avô a conhecem com a palma da mão é deputada do parlamento italiano.

Como assim???

Tá, se o Barack Obama que é um muçulmano queniano e pode se tornar presidente dos Estados Falidos da América, porque uma puta não pode entrar para um lugar onde só tem filhos da puta?


PornoBiografiaEditar

Cicciolina foi protagonista de vários filmes pornográficos nos anos 1970 e 1980. A atriz e puta gostosa fazia de tudo nos filmes: chupava pau, chupava xota, dava o cu, a busanha, dava pra dois machos ao mesmo tempo, era descabaçada, gritava como uma vaca parideira...

Um dia, enquanto estava participando de uma dupla penetração enquanto fazia sexo oral, alguma porra ideia entrou no cérebro dela, e ela pensou:

Poxa, estes políticos filhos da puta fazem sacanagem o tempo todo, enchem o cu de dinheiro e ainda são aclamados como heróis. Porque uma puta não pode fazer isso também, e melhor?

Então ela fundou o Partido Radical, que abrigava atores pornôs, anarquistas, ecologistas (sim, naquela época ecologista era tudo porra-louca), feministas e traficantes de drogas, velhas virgens, tias solteiras, pedófilos, zoófilos, gagamaníacos e tudo mais que há de tosco no mundo e se candidatou ao Parlamento Italiano.

A sua campanha eleitoral se caracterizava pela exibição pública de suas enormes tetas - naquela época, nos países conservadores, esta conduta não era considerada normal.

Obviamente, ela foi eleita com uma enorme votação dããã, e aproveitou pra dar os buracos pros deputados e fazer ploc ploc com o Silvio Berlusconi.

Cicciolina no BrasilEditar

Como o povinho brasileiro adorava uma putaria, tinha que aparecer alguma TV pra chamar a eterna biscatona pra fazer uma meretriz (óbvio) numa novela cheia de mulépelada e trepação que se chamava Xica da Silva.

Ver tambémEditar

  • Cameron Brasil, uma versão brasileira da Cicciolina que NÃO conseguiu seguir os passos da mestra...