Manual do Escoteiro Mirim

O Manual do Escoteiro Mirim apresentado pelo General Huguinho.

O Manual do Escoteiro Mirim também conhecido como Manuale delle Giovani Marmotte ou Junior Woodchucks Guidebook ou Oráculo do mundo moderno é um livro que contém todo tipo de conhecimento produzido em mais de 5.000 anos de humanidade. É publicado pela Fundação do Escoteiro Mirim. O livro é um dos cinco livros sagrados da humanidade, juntamente com a Bíblia, Guinness Book of the Cabulosus Records, Paginarum Fulvarum e o Death Note.

Existem correntes de pesquisadores que afirmam que a Desciclopédia é o equivalente digital do Manual do Escoteiro Mirim.

HistóriaEditar

 
Cipriano entrega a primeira versão do Manual à primeira tropa dos Escoteiros Mirins

O livro foi originalmente escrito pelos guardiões da perdida biblioteca de Alexandria, compilando a essência de todo o conhecimento original da biblioteca. O livro ficou perdido por milhares de anos até ser encontrado por Cornélio Patus, fundador da cidade de Patópolis, estado da Calisota. O livro foi passado as mãos de Cipriano Patus, filho de Cornéio.

Cipriano, tendo conciência do que o livro poderia representar a humanidade, funda a organização Escoteiros Mirins, que fariam a guarda e posse do livro.

ConteúdoEditar

 
Algumas páginas do manual no capítulo "O Codigo Secreto do Manual Do Escoteiro Mirim"

Pouco se sabe do conteudo exato do Manual do Escoteiro Mirim, pois apenas os membros da tropa dos Escoteiros Mirins estão autorizados a ler o tomo. O que se sabe é que ele é INFALIVEL contendo apenas VERDADES ABSOLUTAS. Se algo não está descrito no manual, não existe.

Exemplos de conteudo conhecidoEditar

 
Achados na minha estante

Segundo o Manual do Escoteiro Mirim (portanto verdades absolutas):

v d e h