Neurose

Night creature.JPG Neurose surgiu das trevas!!

E adora assustar criancinhas!

Puro osso.gif


Cquote1.png Experimente também: Morte Cquote2.png
Sugestão do Google para Neurose
Cquote1.svg Neurose é uma doença ou uma infecção? Cquote2.svg
Nicole Bahls sobre neurose
Cquote1.svg Cadê meu álcool gel?! Cquote2.svg
Neurótico sobre estar em perigo
Cquote1.svg Quem foi o desgraçado que inventou isso? Cquote2.svg
Você sobre neurose

Neurose é uma doença que mexe com os poucos neurônios de uma pessoa e a faz pensar que precisa de higiene para viver e, acontece quando o sistema nervoso de uma pessoa reage com muito exagero a uma determinada experiência já vivida, quando você já sofreu com algo, tipo a dor no cu, muito comum para quem gosta de brincar. Se refere a qualquer retardadice mental que não interfere com o pensamento racional ou com a capacidade funcional da pessoa. Essa é uma diferença importante em relação à psicose, desordem mais severa e pode trazer sérios problemas como: idiotice excessiva e problemas no seu sistema nervoso.

Exemplo de neurose, pega o que não deve!

O que éEditar

Uma pessoa neurótica passa a ter reações e comportamentos diferentes: fica muito ansiosa, evita sair de casa para ir a determinados lugares, tem medo de certas situações, imagina situações que pode fazer mal, ficam deprimidos mais constantemente, são mais preocupados, querem dar uma de vítima, uma pessoa neurótica sente tudo o que uma pessoa normal sente no seu dia-a-dia mas sempre exageradamente, pois eles são exageradamente exagerados. Em geral uma pessoa neurótica sabe do seu problema, sofre com isso mas se sente incapaz de solucioná-lo, pois quer viver ás custas dos outros só para chamar a atenção.

Como se curar dessa porra?Editar

O tratamento mais adequado para ajudar um paciente neurótico a lidar com esse distúrbio é ajudar essa pessoa a não ser neurótica. Muitas vezes você pode mandar essa pessoa ir para o inferno, esse é um método infalível, porque ninguém é obrigado a viver com uma pessoa que só fica se lamentando que pode morrer se deixar de fazer isso e que vai se contaminar se fizer aquilo, então você pode dizer à vontade para essa pessoa que está cagando e andando para ela e não vai nem levá-la ao psicólogo, que é onde pessoas retardadas vão parar.

Quais são os tipos de Neurose?Editar

  1. Neurose traumática: É aquela que jamais, nunca mais, você vai esquecer, porra!
  2. Neurose obsessiva: É aquela te faz ficar idiota ainda mais.
  3. Neurose fóbica: E quando algo aconteceu e você por algum motivo bizarro jamais esquecerá.
  4. Neurose histérica: É aquela que te tira do sério, mais ainda que as outras.
  5. Neurose do fracasso: Nem precisa eu dizer nada...
  6. Neurose de destino: É aquela que te leva a morte!

SintomasEditar

 
Exemplo de neurose. Não faça isso, PORRA!!!
  • Fobias (Aquelas merdas que você nunca esquece);
  • Ansiedade (Sentimento que te tira do sério);
  • Sensação de vazio e não pertencimento (Você precisa de uma mulher!);
  • Paranoia (Paranoia vem do palavrês picuinhas!);
  • Isolamento social (Então todos temos neurose);
  • Apatia (Necessita ligeiramente levar um soco!);
  • Insônia (Cara, precisa tomar um suco de camomila);
  • Pessimismo (Pessimismo é que nem sonho de pobre, nunca se realiza);
  • Angústia (Sensação do coração no cu);
  • Melancolia (Oh my God!);

Como saber se uma pessoa é neurótica?Editar

A neurose é conhecida como um distúrbio neurótico (Ah vá!), refere-se aos desequilíbrios mentais de angústia e ansiedade, ela pode afetar as emoções e a autoconfiança, causando instabilidade emocional, desordens no sentido e ação, tendo mais uma pessoa retardada no mundo para contar história. Os sintomas variam de pessoa a pessoa, mas normalmente estão ligados ao excessivo e maluquice. Quem tem neurose pode manifestar medo (Pois são um bando de galinha) frente a situações corriqueiras, preocupação constante, alterações de humor, fobias diversas, traços histéricos, medo de ir a determinados lugares, entre outros, como a luta contra as dorgas, sendo que nunca, jamais irão largá-las, por motivos de precaução.

Veja tambémEditar