Política da Guatemala

Guatemala é uma república maia anárquica presidencialista semi-democrática semi-patriarcal feudal que a exemplo de todos países centro-americanos é caracterizada pelo caos político e ausência total de soberania política ou respeito internacional.

Partidos políticosEditar

  • Direita
    • União dos Nacionalistas sem Esperança (UNE)
  • Esquerda
    • Partido Patriota Indígena Maia (PP)
  • Anarquia
    • Partido Mara Salvatrucha (GANA)

PoderesEditar

Executivo

O presidente guatemalteca é eleito democraticamente através de eleições suspeitas e forjadas, e o vencedor desse sufrágio universal é declarado El Rabbito (presidente supremo da Guatemala) com um mandato de míseros 4 anos. O presidente eleito democraticamente torna-se então um mero boneco destinado a iludir uma massa de que em seu país há algum tipo de democracia típica de algum país avançado, porém quem manda mesmo no país é a Lei do Mais Forte.

Legislativo

 
Congresso Guatemalteca, em sessão.

O Congresso da República da Guatemala é formado por 113 caras engraçados de bigode que fazem de tudo para afundar a Guatemala na corrupção. Todavia alguns parlamentares tem bom coração, e algumas boas leis de clamor popular são aprovadas, como por exemplo a Emenda Constitucional número 24, que diz:

  • Emenda Constitucional Guatemalteca número 24
    • I Os direitos dos Estados Unidos da América para fazerem o que bem quiserem na Guatemala não deve ser infringido.
  • II Todos os direitos que não pertençam aos Estados Unidos da América serão concedidos a latifundiários que explore algum tipo de mão-de-obra semi-escrava.
  • III É proibido falar sobre a Guatemala.
  • IV Você não pode falar sobre a Guatemala
  • V O que acontece na Guatemala, fica em Guatemala.

Judiciário

A Suprema Corte da Guatemala passa quase o ano inteiro em folga, recesso ou férias, visto que a Constituição da Guatemala possui apenas um único artigo, e ele costuma ser resolvido nos tribunais eleitorais. Este artigo diz o seguinte:

  • Art 1° e único da Constituição Federal da Guatemala: Os índios indígenas de descendência maia ou indígena, por declararem-se tímidos e místicos, solicitam que não sejam representados em qualquer órgão do Congresso. Nós, os governadores de descendência hispânica da Guatemala respeitamos os desejos dos nossos aborígenes para o anonimato e cuidadosamente tomaremos todas as decisões políticas e monetárias em seu nome.

Relações exterioresEditar

A Guatemala está para o México assim como o México está para os Estados Unidos, ou seja, em condição de submissão plena e uma cultura de exportação de imigrantes ilegais.

Guatemala
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo