Química nuclear

Chumbo.jpg Este artigo é relacionado à química.

Não confunda cloreto de sódio com cianeto de sódio... ou cloreto de césio.

Mantenha distância... ALLAHU AKBAR!!!!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Funny Explosion.jpg
Aula experimental de química nuclear.

Cquote1.svg MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.svg
Osama Bin Laden sobre armas nucleares química nuclear
Cquote1.svg Eu tenho medo Cquote2.svg
Regina Duarte sobre química nuclear
Cquote1.svg Gosto muito dessa matéria Cquote2.svg
Mahmoud Ahmadinejad sobre química nuclear
Cquote1.svg Eu também! Cquote2.svg
Kim Jong Il sobre química nuclear

A Química Nuclear é uma área da química que lida com materiais usados para fins pacíficos (ou não). Ela estuda os elementos radioativos, como o rádio, adamantium e urânio; e seus efeitos em plantas, animais, etc. A química nuclear é uma das matérias mais estudadas em escolas do Irã, Coréia do Norte, Rússia e Estados Unidos, juntamente com a física nuclear e a engenharia nuclear.

HistóriaEditar

 
A química nuclear contribui para a diversidade das espécies na Terra.

Depois da descoberta do Elemento X e suas propriedades estranhas em 1900 e guaraná com rolha, muitos cientistas começaram a estudar a radioatividade para descobrir alguma utilidade para ela. Em pouco tempo com a ajuda da radioatividade foram feitas várias descobertas, desde o Modelo atômico de Rutherford até a fórmula para transformar qualquer elemento em ouro.

Porém, a principal façanha envolvendo a radioatividade foi a descoberta das armas de destruição em massa. Seu poder destrutivo, baseado na radiação emitida na poderosa mistura ovo + repolho + bactérias intestinais, despertou o interesse das nações mais poderosas, que estavam cansadas de jogarem War usando armas convencionais. Foi assim que a química nuclear se tornou realmente importante (ou não).

Estudo das reações nuclearesEditar

 
Especialista em física/química/engenharia nuclear no trabalho.

Uma das áreas mais importantes da química nuclear é o estudo das reações nucleares. Os otários pesquisadores que se dedicam a analisar a quebra ou a fusão dos átomos são conhecidos por serem bastante corajosos (ou burros), já que é muito comum durante o estudo alguém morrer por causa de um "pequeno" acidente, ou ser afetado pela radiação.

Ciclo do combustível nuclearEditar

O ciclo dos combustíveis nucleares é outra parte importante da química nuclear. É a preparação do material nuclear usado nas bombas atômicas. Envolve a reação entre as bactérias presentes em grande quantidade no intestino e alimentos como feijoada e ovo.

Especialistas em química nuclearEditar

Ver tambémEditar

Campos de abrangência da química
Orgânica (Bioquímica) - Inorgânica (Coordenação) - Analítica - Ambiental (Verde) - Polímeros - Físico-química (Nuclear - Termoquímica - Eletroquímica - Fotoquímica)