Seleção Croata de Futebol

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

Croácia
Croatian handball association.jpg
Lema: Piquenique e futebol juntos!
Local: Zagreb
Confederação: UEFA
MELHOR Resultado: Croácia 10 x 0 San Marino em Rijeka (04/06/2016)
PIOR Resultado: Espanha 6 x 0 Croácia em Elche (11/09/2018)
Fornecedor: Fábrica de panos de mesa
Apelido: Xadrez, Vatreni
Ídolos: Davor Šuker, Luka Modrić, Darijo Srna
Mascote: Cesta de piquenique
Hino:
Títulos: Medalha de prata na Copa de 2018


Seleção Croata de Futebol é um dos orgulhos nacionais croatas, mesmo que tenha ganho míseros 0 mundiais e 0 eurocopas, e nem na época da Iugoslávia dá para dizer que ganhou alguma coisa, mas mesmo assim os croatas amam seu time pelo mero motivo de não haver nada melhor para amar num país arrasado daqueles. O time foi criado oficialmente apenas em 1994, quando surgiu o país, não havia qualquer plano da seleção ser alguma coisa, mas até que rapidamente a Croácia surpreendeu tornando-se a quadragésima-sexta potência no futebol mundial.

Eurocopa 1996Editar

Foi a primeira competição dos croatas como desertores país independente. A euro deles na Inglaterra começou com 1-0 sobre a Turquia (placar que se repetiria 20 anos e 1 dia depois), depois meteu 3-0 na Dinamarca e recebeu 3-0 de Portugal. Nas quartas de final caiu pra Alemanha perdendo de 2-1 fechando o torneio em 7° lugar.

Copa do Mundo de 1998Editar

 
Time da Croácia em 1992, ainda não reconhecido pela FIFA na época, indo para um amistoso contra a Sérvia.

Durante muito tempo foi o mais memorável ano para esta seleção, que na época tinha acabado de sair das fraldas, mas graças a incompetência dos superestimados europeus, conseguiu primeiro se classificar para a copa graças ao uniforme quadriculado, um mal gosto que nunca tinha sido visto antes na história até a camisa roxa do Corinthians ou a camisa rosa do Atlético-MG e constrangia os adversários.

No torneio, num grupo onde está Jamaica e Japão não é difícil classificar-se, pois todos sabem que jamaicanos estão noiados demais e só sabem correr (Usian Bolt) para saciar sua larica e os otakus namorando seus desenhos e personagens fictícias, mas bastou pegar uma equipe sul-americana, mesmo que a pior do continente, no caso a Argentina, para serem derrotados e classificarem em segundo no grupo.

Nas oitavas-de-final enfrentaram o time do Drácula e nas quartas alguns alemães bêbadas, perdendo apenas para os franceses donos da casa, já que aquele ano a copa já estava comprada pelo Zidane.

Copa do Mundo de 2002Editar

Diferente da última copa do mundo, a Croácia decaiu de rendimento indo para o patamar o qual todo mundo espera: Eliminação na primeira fase perdendo novamente para seleções latino-americanas com quem não sabem jogar: México e Equador naquele ano. A única vitória sobre a Itália (todo mundo vence a Itália pelo menos uma vez na vida) não serviu para nada.

Eurocopa 2004Editar

Depois de um 0-0 com a Suíça e um 2-2 com a França, tomou um 4-2 limpo e seco da Inglaterra e terminou a competição de rabo fundo em 13° lugar.

Copa do Mundo de 2006Editar

Seguindo a tendência de ir piorando cada vez mais a cada quatro anos, em 2006 no grupo do Brasil venceu nenhuma, conseguindo a proeza de perder para um Brasil com Adriano gordo e cara inchada de cachaça no ataque e um Ronaldo obeso com joelhos operado, tinha que ser eliminado na primeira fase mesmo.

Eurocopa 2008Editar

Começou vencendo uma das anfitriãs a Áustria com um gol de pênalti de um certo homem que quase nunca marca, depois se vingou dos alemães da derrota de '96 e devolveu no mesmo placar 2-1 e depois venceu a cagada da Polônia por 1-0. Nas quartas de final fez um jogo de matar torcedores do coração contra a Turquia, certamente alguém jogou uma praga das sombras na seleção croata, porque quando Klasnić fez o gol no quase no fim da prorrogação nos acréscimos Semih, a Croácia perdeu nos pênaltis por 3-1 e fechou o torneio em 5° lugar.

Eurocopa 2012Editar

Começou vencendo a Irlanda (seleção mais ruim do grupo) por 3-1, empatou com a Itália em 1-1 e no jogo da classificação perdeu pra Espanha por 1-0 com um gol de Navas perto do fim do jogo e os croatas terminaram a competição em 10° lugar.

Copa do Mundo de 2014Editar

Começou o torneio no Brasil contra a seleção da casa abrindo o placar com Marcelović Marcelo que certamente esqueceu a seleção que ele estava defendendo mas o Brasil virou e venceu por 3-1. No segundo jogo enfrentou o gato morto do grupo, Camarões, venceu sem dificuldade por 4-0 mas na última rodada perdeu de 3-1 pro México terminando em 19° lugar.

Eurocopa 2016Editar

Começou metendo 1-0 na Turquia com um golaço de Luka Modrić (algo raríssimo de acontecer), depois deixou uma vitória de 2-0 escapar pra um empate a 2 contra a República Tcheca e na última rodada da fase de grupos surpreendeu e derrotou de virada a Espanha do grande jogador Álvaro Morata por 2-1. Nas oitavas conseguiu o feito de perder pra Portugal no último lance da prorrogação, num jogo de muita pressão e torcedores com o coração saindo pela boca e quase infartando Quaresma cabeçeou pro gol vazio e Modrić saiu feito um emo choramingando a eliminação, terminando o torneio no 9° lugar.

Copa do Mundo de 2018Editar

 
Modric com o Testículo de Ouro da FIFA em mãos. Reparem no seu semblante de felicidade por ter ganho o prêmio.

Além da polêmica de Domagoj Morte Vida (junto com Vukojević) fazendo um vídeo onde diz "Glória à Ucrânia!", foi nessa copa que a seleção do Croáciant fez história. Contando com um meio-campo mágico entrosado desde os tempos em que jogavam juntos no time da escola, os croatas conseguiram se classificar para a fase eliminatória pois não caíram novamente no grupo do Brasil e sim no grupo da Argentina onde meteram um 3 x 0 nos hermanos quase tirando eles da copa, nas oitavas eliminaram a Dinamáquina, nas quartas eliminaram os donos da casa ambos os jogos nos pênaltis (aí veio a polêmica do vídeo do Vida), daí eliminaram a Inglaterra na semi final chegando pela primeira vez em uma final de Copa do Mundo, mas ai eles amarelaram e tomaram de 4 para a França mas mesmo assim fizeram 2 gols cagados e assim terminaram como Vice Campeão seguindo o exemplo do Vasco.

Grandes jogadoresEditar