Seleção Dinamarquesa de Futebol

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

Dinamarca
Escudo-dinamarca.gif
Lema: Brrrr
Local: Copenhague
Confederação: UEFA
MELHOR Resultado: Dinamarca 17-1 França (acreditem se quiserem) (22/10/1908)
PIOR Resultado: Alemanha Nazista 8-0 Dinamarca (16/05/1937)
Fornecedor: Sorveteria do Krohn-Dehli
Apelido: Dinamáquina
Ídolos: Irmãos Laudrup, Poul Nielsen, John Dahl Tomasson, Christian Eriksen, Michael Krohn-Dehli, Daniel Agger e cia
Mascote: Cisne
Hino: Barbie Girl
Títulos: Euro 92


Seleção Dinamarquesa de Futebol é aquela seleção que sempre chega humilde, calada e pouco badalada nos campeonatos, ninguém nunca dá nada pelo time, mas a Dinamarca sempre ferra e elimina alguma seleção tradicional e sempre dá um puta trabalhão. Ninguém deseja ficar no grupo dessa seleção azarona. Seu maior rival é a Armênia, quase sempre caindo em grupos de eliminatórias.

Grandes CampanhasEditar

Apesar de ter surgido lá nas época de 1900, a seleção da Dinamarca durante eras empenhou-se em ser apenas um coadjuvante, só a partir da Copa do Mundo de 1986 que eles começaram a pegar o gosto por aprontar para cima das seleções tradicionais.

Copa do Mundo de 1986Editar

 
Dinamáquina! Unidos em um só objetivo, eliminar algum favorito marrento para depois tomar uma goleada no mata-mata.

Com seus jogadores viciados em cigarros. No grupo atropelou a Escócia, o Uruguai e a Alemanha, ganhando assim o apelido de Dinamáquina devido ao fato de seus jogadores parecerem um bando de robôs loiros automáticos.

Mas só foi passar para as oitavas e tudo voltou à normalidade, a máquina deu defeito, a Dinamarca voltou a ficar fraca, tomou inesquecível balaio de 5 a 1 da Espanha

Eurocopa de 1992Editar

Nesta Eurocopa, nos grupos novamente seguiu a praxe de eliminar favoritos, e mandou para casa as sempre metidas e cagonas França e Inglaterra.

Nas oitavas de final bateu os Países Baixos aquela que derrotou a seleção de um burro do Dunga. Na final derrotou a Alemanha que entrou com um baita salto alto. Tudo isso porque a Iugoslávia desistiu de participar do torneio porque o país não existia mais, e a vaga foi escolhida aleatoriamente para a Dinamarca...

Copa do Rei Fahd de 1995Editar

Torneio de merda que só participou perna de pau. De difícil só a Argentina na final mesmo que aprendeu o que é bom para tosse após perderem para a Dinamarca pelo placar de 2 a 0.

Copa do Mundo de 1998Editar

 
Roberto Carlos comprometendo o Brasil contra a Dinamarca em 1998.

Novamente numa Copa do Mundo, cai num grupo mole cheio de lixos que manipularam a favor da anfitriã França. A Dinamarca classifica em segundo superando África do Sul e Arábia Saudita.

Nas oitavas de final a Dinamáquina envolve a pobre Nigéria os goleando por 4 a 1, com direito a gol mais rápido de um reserva na história das copas, gol de Ebbe Sand aos 16 segundos que entrou no jogo, de tão fácil que foi.

Todavia, a Dinamarca foi eliminada pelo Brasil em um inesquecível jogo onde o Roberto Carlos fez uma cagada em tentar dar uma bicicleta no campo de defesa e quase fodeu a coisa para o Brasil, sorte que o Rivaldo fez a parte dele e a coisa ficou 3 a 2 a favor do Brasil.

Copa do Mundo de 2002Editar

Como já é de praxe, a Dinamarca vence pela milésima vez seus fregueses França (2-0) e o Uruguai (2-1) nos grupos, classificando ao lado do surpreendente Senegal (1-1) o único que deu alguma dificuldade no grupo.

Nas oitavas de final volta a jogar como time pequeno e obviamente leva uma taca da Inglaterra, 3-0 Inglaterra fora o baile. Pois é, essa é a rotina da Dinamarca, surpreender nos grupos e levar goleadas nos mata-matas.

Copa do Mundo de 2010Editar

Pegou nas eliminatórias europeias um grupo com Portugal e Suécia e mais de 8000 lixos como Malta pra baixo. Como é tradição, se deu bem nos grupos e se classificou. Na copa mesmo não fez nada, começou tomando de 2-0 da Holanda, depois fez 2-1 nos cagados de Camarões e perderam de 3-1 pros japas e tchau África do Sul.

Eurocopa de 2012Editar

(Grupo B) de que adianta estrear vencendo a Holanda (sem dúvida a maior decepção do torneio) por 1-0 e depois levar 3-2 dos gajos e perder de 2-1 pra Alemanha e terminar na merda como sempre?

Eliminatórias Copa do Mundo de 2014Editar

Mal sabiam os dinamarqueses, mas nessa eliminatória eles sofreriam a maior humilhação de sua história, não numericamente, mas tecnicamente. Estreou no Grupo B empatando sem gols com a República Tcheca; depois 1-1 com a Bulgária; ainda de pau mole perderam de 3-1 pra Itália; ano novo vida nova e em 2013 venceu a primeira, 3-0 contra a Tcheca (que estava toda aberta como de costume); depois um déjà vu num 1-1 com a Bulgária e no jogo seguinte veio o desastre, o dia 11 de Junho de 2013 ficará marcado para sempre na memória dos dinamarqueses, derrota de 4-0 pra Armênia em pleno Parken, dia que ficou conhecido como "Parkenaço"; depois da tragédia, venceu Malta por 2-1; venceu a Armênia por 1-0 mas muito pouco pra se vingar; estava conseguindo vencer a Itália por 2-1 mas aos 45' pra 46' do segundo tempo Aquilani empatou e acabou com a festa nórdica; no último jogo da chave aplicou uma inútil goleada de 6-0 sobre Malta, terminou em 2° com 16 pontos e não foi à repescagem por ser o pior segundo colocado.

Eliminatórias Eurocopa de 2016Editar

Começou a peleja rumo à França no super clássico com a Armênia, algoz da eliminatória anterior pra Copa de 2014, jogando com as mesmas cores dos uniformes no "Parkenaço", a Dinamarca já foi ameaçando repetir o vexame quando Mkhitaryan abriu o placar num belo chute de fora da área, mas Højbjerg e Kahlenberg trataram de virar e dar a vitória aos nórdicos, se livrando do trauma do ano anterior; no jogo seguinte empatou 1-1 com a Albânia; depois encarou os gajos, e Agger provou que era bruto pra quem ainda duvidava, nocauteou o próprio companheiro, foi afastar a bola num chutão e ela explodiu na fuça de Boilesen, que desmaiou e depois foi levado de maca sob aplausos, e no último lance do jogo aos 49' Cristiano Ronaldo faz o gol da vitória de cabeça deixando os dinamarqueses putaços; no jogo seguinte meteu 3-1 na Sérvia fora de casa e logo em seguida meteu 2-0 e afundou ainda mais os "droneiros"; depois um sonolento 0-0 com a Albânia; outro 0-0 no clássico com a Armênia e no último jogo do Grupo I perde de novo pra Portugal de 1-0, terminando em 3° com 12 pontos e indo pro purgatório pra repescagem, onde encarou a Suécia de Ibrahimović, e se deu mal, derrota de 2-1 fora e 2-2 em casa com Ibra fodendo os dinamarqueses que foram ver a Euro no sofá de casa com a uma temperatura de -23°.

TítulosEditar

Grandes JogadoresEditar

  • Peter Schmeichel
  • Kasper Schmeichel
  • Poul Nielsen
  • Christian Poulsen (o que levou uma cusparada de Totti na Eurocopa de 2004)
  • Jon Dahl Cu Tomasson
  • Michael Laudrup
  • Brian Laudrup
  • Christian Eriksen
  • Michael Krohn-Dehli
  • Nicolai Boilesen
  • Thomas Gravesen
  • Daniel Agger
  • Simon Makienok (jogador de 12 metros de altura)
  • Dennis Rommedahl
  • Andreas Cornelius (o chifrudo da seleção)