Seleção Salvadorenha de Futebol

Este artigo foi feito por quem já ganhou Copa do Mundo

Copa Trofeus.JPG

Morra de inveja MWAHUAHUAHUAH!

El Salvador
El Salvador.png
Lema: Garrafa d'água neles!
Local: San Salvador
Confederação: CONCACAF
MELHOR Resultado: El Salvador 12-0 Anguilla em San Salvador (06/02/2008)
PIOR Resultado: Hungria 10-1 El Salvador em Elche (15/06/1982)
Fornecedor: Indaiá
Apelido: Pipa d'água
Ídolos: Raúl Díaz Arce, Alfredo Pacheco, Luiz Ramírez Zapata
Mascote: Garrafa de água
Hino: Sempre se hidratando
Títulos: Copa Indaiá 6 vezes


A Seleção Salvadorenha de Futebol é um timeco da América Central formado por jogadores de nível patético e sua torcida é formada por vândalos que gostam de causar nas partidas. Conseguiu jogar duas copas do mundo, 1970 e 1982, em ambas apanhou mais do que carne de terceira. Participou de 17 edições da Copa Ouro da CONCACAF, foram vices em 1963 e 1981. O maior jogador foi Raúl Díaz Arce, 39 gols em 68 jogos entre 1987 e 2003. Apesar do nome, ninguém salva essa seleção de derrotas.

Copa do Mundo de 1970Editar

Estreante na copa do mundo no México, fizeram uma campanha horrorosa, perderam as três partidas, 3-0 pra Bélgica, 4-0 pros donos da casa (que fizeram um gol num lance em que a falta era pra ter sido marcada para El Salvador) e 2-0 pra União Soviética, lanterna absoluto do Grupo 1.

Campeonato da CONCACAF de 1981Editar

Jogando no famoso grupão, eis a campanha frustrante: estreou perdendo de 1-0 pro Canadá; venceu o México por 1-0; 0-0 com Cuba; mais um 0-0 sonífero com Honduras e por fim derrotou o Haiti por 1-0 mas o campeão foi Honduras, e os salvadorenhos foram bi-vice.

Copa do Mundo de 1982Editar

Achando pouco a pífia campanha de '70, os salvadorenhos tomaram ainda mais gols, logo na estreia tomaram simplesmente a maior goleada da história das copas, 10-1 da Hungria, e o primeiro gol de El Salvador em copas foi marcado por Luis Ramírez Zapata, que comemorou como se fosse o primeiro gol da vida dele. No segundo jogo a Bélgica pegou mais leve do que em '70, venceu só por 1-0, e no último jogo perdeu também por um magro 2-0 pra Argentina, terminando de novo na última posição no Grupo 3.

Copa Ouro da CONCACAF de 2002Editar

Os salvadorenhos estavam confiantes de que poderiam vencer o torneio, mas no primeiro jogo no Grupo A com o México perdeu de 1-0, e em outro jogo morno venceu a Guatemala pelo mesmo placar. Nas quartas o sonho acabou com a seleção tomando um 4-0 no rabo pelos Estados Unidos.

Eliminatórias Copa do Mundo de 2014Editar

Passou sem nenhuma dificuldade em 1° no Grupo A com 6 vitórias jogando contra grandes equipes como República Dominicana, Suriname e Ilhas Cayman. E na fase seguinte quando as seleções de decentes aparecem, ficou em penúltimo no Grupo B com 5 pontos, não conseguindo superar México e Costa Pobre e ficando à frente apenas da Guiana.

Eliminatórias Copa do Mundo de 2018Editar

Primeiro superou São Cristóvão e Névis no play-off da segunda fase, depois passou por Coração Curaçao na terceira fase, e a quarta fase foi uma decepção somando só 2 pontos contra Honduras e Canadá, mas o que ficou marcado por El Salvador na eliminatória foi a derrota de 3-1 pro México (Jorge Iggor narrou esse jogo), a torcida salvadorenha ficou igual doido jogando garrafas de água no gramado o jogo inteiro, pelo jeito tentando acertar os jogadores mexicanos.

Grandes JogadoresEditar

  • Raúl Díaz Arce
  • Alfredo Pacheco
  • Henry Hernández
  • Mágico González
  • Alexander Mendoza
  • Andrés Flores
  • Óscar Cerén