Rafael Silva Paglioli, filho de Ana Isabel e Eliseu Paglioli Neto, nasceu no Hospital São Lucas da PUCRS de Porto Alerge, capital do Rio Grande do Sul, estado brasileiro, às 10:52 do dia 20 de Junho de 1988.

BiografiaEditar

Com um início de vida não muito problemático, Rafael se adaptou ao mundo exterior rapidamente. A primeira palavra que proferiu foi "coi" e, de acordo com o que explicou segundos depois, significava "suco". Sua comida favorita, durante alguns anos, foi arroz, feijão e banana. Sua bebida, Grapete.

Rafael compareceu a diversos estabelecimentos educacionais ao longo de sua vida escolar, incluindo o maternal Bebê Conforto, as creches Juca Travesso e Ceci, e os colégios Província de São Pedro e Leonardo Da Vinci - Alfa. Desde pequeno, apresentou profundo interesse pela Física Quântica e pelo Existencialismo. Era ávido leitor de enciclopédias, dicionários e listas telefônicas; o que contribuiu para sua extrema auto-confiança a respeito do significado de diversos conceitos - não necessariamente corretos.